Cadastre-se grátis

Dividendos da Petrobras: veja o histórico e se vale a pena investir

Os recentes anúncios de pagamento de dividendos da Petrobras têm chamado a atenção dos investidores.

Por ser uma empresa estatal, está constantemente nos noticiários sobre as decisões políticas e financeiras, sobretudo do ponto de vista de como reparte o lucro com seus acionistas.

Inclusive, a empresa teve seus resultados e geração de caixa favorecidos pela recente alta do petróleo. 

Neste artigo, você conhecerá qual é o histórico atualizado dos proventos da petrolífera, quanto a empresa lucra anualmente e qual cifra distribui aos acionistas. Vamos lá?

Quem são os acionistas da Petrobras?

Antes de falarmos do lucro líquido e dos dividendos da Petrobras, precisamos conhecer quem são seus acionistas.

Afinal, somente tem direito aos dividendos quem for detentor dos papéis da empresa, sejam as ações listadas na Bolsa de Valores do Brasil ou os ADRs negociados no exterior.  

Atualmente, segundo o departamento de Relações com Investidores da companhia, os principais acionistas da Petrobras são:

AcionistaAções(%)
Grupo de controle
Governo Federal3.740.470.81128,67%
BNDESPar900.210.4966,90%
BNDES135.248.2581,04%
Investidores não-brasileiros
NYSE – ADRs2.661.510.98020,41%
B33.317.278.22825,43%
Investidores brasileiros
Investidores institucionais994.544.9617,62%
Fundos FMP-FGTS/FIA192.061.0481,47%
Demais pessoas físicas e jurídicas954.568.1797,32%
Total12.895.892.96198,86%
Ações em tesouraria148.603.9691,14%
Free float8.119.963.39662,25%
Dados de maio de 2024 – Fonte: Relações com Investidores – Petrobras

Por ser o acionista com o maior número de ações, o governo forma o grupo de controle da empresa.

O free float, isto é, as ações que estão em livre negociação no mercado, passa dos 60%. Assim, além de ser uma das empresas mais negociadas no mercado, isso contribui para aumentar a liquidez do papel. 

Lembrando que a Petrobras negocia tanto ações ordinárias (ON) quanto preferenciais (PN) e ambas dão direito ao recebimento de dividendos. 

SAIBA MAIS
➡️ Quais são as maiores pagadoras de dividendos da Bolsa?
➡️ Agenda de dividendos: quais empresas pagam proventos este mês?
➡️ Está na hora de comprar ações da 3R Petroleum (RRRP3)?

Qual é o histórico de lucros da Petrobras?

Os acionistas que citamos acima terão direito a uma parcela do lucro gerado pela companhia, de acordo com a política de distribuição de dividendos que conheceremos à frente.

Então, para quem detém ações da Petrobras, é essencial saber qual é a lucratividade da empresa, uma vez que isso vai afetar diretamente o retorno em proventos

Nos últimos anos, a empresa surpreendeu com lucros recordes, assim como o valor distribuído. Observe na tabela a seguir: 

AnoLucro/prejuízo líquidoProventos
2023R$93,563 bilhõesR$57,229 bilhões
2022R$188,328 bilhõesR$287,417 bilhões
2021R$106,668 bilhõesR$100,721 bilhões
2020R$7,108 bilhõesR$10,272 bilhões
2019R$40,137 bilhõesR$10,577 bilhões
2018R$25,779 bilhõesR$7,009 bilhões
2017R$377 milhões
2016– R$35,171 bilhões
2015– R$13,045 bilhões
2014– R$21,924 bilhõesR$0,00
2013R$23,570 bilhõesR$9,301 bilhões
2012R$21,182 bilhõesR$9,002 bilhões
2011R$33,313 bilhõesR$12,001 bilhões
2010R$35,189 bilhõesR$13,436 bilhões
Fonte: Status Invest e Petrobras

Em 2021, o lucro obtido pela Petrobras (R$106 bilhões) foi, até então, o maior já registrado por uma empresa de capital aberto no Brasil. Já em 2022, os R$188,3 bilhões representaram o maior resultado líquido da história da empresa.

Diante disso, a empresa seguiu confirmando a boa fase na geração de resultados, o que proporcionou o anúncio de enormes dividendos. 

Antes de passar ao próximo tópico, assista a um vídeo especial em que nosso Head de Research, Lucas Carvalho, fala sobre como ganhar dinheiro mais rápido com as melhores ações de dividendos

Qual é o histórico dos dividendos e JCP da Petrobras?

Por falar nos proventos, vamos agora conhecer qual é o histórico de remuneração dos acionistas da estatal.

Considerando o dividend yield (valor do dividendo ÷ cotação atual) e o Payout (valor em proventos ÷ lucro líquido), o histórico de dividendos da Petrobras é o seguinte:

AnoDividend YieldPayout
202319,48%61,17%
202268,48%152,62%
202119,87%94,43%
20200,00%144,51%
20193,12%26,35%
20183,97%27,19%
20170,00%
20160,00%
20150,00%
20149,96%0,00%
20134,57%39,46%
20122,69%42,50%
20114,14%36,02%
Fonte: Status Invest

Calendário: quando a Petrobras vai pagar dividendos?

Para esmiuçar a análise acima, também podemos observar qual é a frequência com que a Petrobras distribui proventos e como eles são divididos entre as ações ordinárias e preferenciais.

Ações ON (PETR3)

Para as ações ON, ou seja, aquelas com o final 3 e dão direito a voto nas assembleias da empresa, o calendário dos últimos proventos anunciados é:

Data do pagamentoValor líquido por açãoTipo
20/06/2024R$0,5494Dividendos
20/05/2024R$0,5494Dividendos
20/03/2024R$0,6850Dividendos
20/02/2024R$0,4291JCP
20/03/2024R$0,6722Dividendos
20/02/2024R$0,2431Dividendos
15/12/2023R$0,5747Dividendos
21/11/2023R$0,5747Dividendos
20/09/2023R$0,9468Dividendos
18/08/2023R$0,9468Dividendos
19/05/2023R$1,4407Dividendos
27/12/2023R$0,5187Dividendos
16/06/2023R$0,9269Dividendos
19/01/2023R$1,6745Dividendos
20/12/2022R$1,6745Dividendos
31/08/2022R$0,4271JCP
31/08/2022R$2,9389Dividendos

Fonte: Relações com Investidores – Petrobras

Ações PN (PETR4)

Já as ações preferenciais (PN), aquelas com o final 4 e com preferência na distribuição dos proventos, seguiram o seguinte calendário de pagamento:

Data do pagamentoValor líquido por açãoTipo
20/06/2024R$0,54947Dividendos
20/05/2024R$0,54947Dividendos
20/03/2024R$0,6722Dividendos
20/02/2024R$0,4291JCP
20/03/2024R$0,6722Dividendos
20/02/2024R$0,2431Dividendos
15/12/2023R$0,5747Dividendos
21/11/2023R$0,5747Dividendos
20/09/2023R$0,9468Dividendos
18/08/2023R$0,9468Dividendos
19/05/2023R$1,4407Dividendos
27/12/2023R$0,5187Dividendos
16/06/2023R$0,9269Dividendos
19/01/2023R$1,6745Dividendos
20/12/2022R$1,6745Dividendos
31/08/2022R$ 0,4271JCP
31/08/2022R$ 2,9389Dividendos

Fonte: Relações com Investidores – Petrobras

Qual é a política de dividendos da Petrobras hoje?

Afinal, como a Petrobras define qual será o valor distribuído em forma de proventos? Como toda empresa listada na Bolsa, ela aprova em sua assembleia-geral um documento chamado Política de Remuneração aos Acionistas.

A atual Política de Dividendos da Petrobras, aprovada em novembro de 2021, visa definir a previsibilidade do fluxo de pagamentos dos dividendos e juros sobre o capital próprio pela empresa, sem comprometer a sustentabilidade financeira.

Entre as diretrizes, destacam-se:

  • Valor mínimo: o documento estabeleceu a remuneração mínima anual de US$4 bilhões quando o preço do petróleo tipo Brent for superior a US$40/bbl, independentemente do nível de endividamento.
  • Endividamento como limite: se a dívida bruta for igual ou inferior ao máximo definido no plano estratégico atual e houver resultado positivo acumulado no último trimestre aprovado pelo Conselho de Administração, a Companhia deverá distribuir aos acionistas 45% do fluxo de caixa livre, desde que seja superior ao valor previsto no item 4.1 e não comprometa a sustentabilidade financeira da Companhia. Remuneração aos acionistas = 45% x Fluxo de Caixa Livre.
  • Valores excepcionais: a Petrobras poderá pagar dividendos extraordinários superando o mínimo legal obrigatório, desde que respeite a sustentabilidade financeira.
  • Frequência: a política determina que os proventos sejam pagos trimestralmente.
  • Mesmo se houver prejuízo: por fim, a companhia poderá distribuir dividendos mesmo que não verifique lucro líquido, desde que atenda as regras da lei das estatais. 

Lembrando que as informações acima são uma síntese da política da Petrobras. Para ver todas as regras e determinações contábeis, consulte o documento completo. 

A Petrobras paga dividendos mensais ou trimestrais?

Como vimos no calendário anterior, a Petrobras não paga dividendos mensais como os bancos Itaú e Bradesco, por exemplo.

A política de proventos da petrolífera determinada que a distribuição ocorra trimestralmente, salvo exceções e dividendos excepcionais. 

A Petrobras é a maior pagadora de dividendos?

Em 2022, segundo dados da 37ª edição do Índice Global de Dividendos da gestora Janus Henderson, a Petrobras se posicionou como a 2ª maior pagadora de dividendos do mundo ao distribuir US$21,7 bilhões em proventos.

A petrolífera brasileira aumentou os valores frente ao ano anterior, quando pagou US$12,6 bilhões em proventos. No ranking, ela foi a única empresa latino-americana entre as 20 maiores companhias em termos de remuneração aos acionistas. 

A líder do levantamento foi a mineradora BHP da Austrália, companhia que distribuiu US$23,5 bilhões em dividendos. A Petrobras só não superou a australiana pela diferença de políticas de dividendos nos dois países. 

Vale a pena investir na Petrobras para receber dividendos?

Para finalizar, vale a pena investir na Petrobras apenas para receber dividendos? A resposta é não. Nenhum investidor deve comprar ações quando a empresa anuncia que vai pagar dividendos.

Afinal, o valor pago em proventos será descontado no preço da ação no dia seguinte.

Então, pela lógica, se a ação custa R$10 e a empresa paga R$1 em dividendos, ela passa a valer R$9 na abertura do pregão seguinte.

Uma estratégia para montar uma carteira voltada ao recebimento de dividendos não deve considerar a compra do papel, receber o provento e vender a ação.

Além disso, é preciso lembrar que o dividendo é uma consequência da boa gestão e lucratividade da empresa.

Portanto, construir uma carteira analisando apenas indicadores de dividendos pode esconder muita coisa sobre a qualidade da empresa, seus produtos e administradores.

É preciso também avaliar o histórico de lucros, receitas, geração de caixa e controle do endividamento, além de diversificar o portfólio.

Dessa maneira, você garante que estará selecionando as melhores pagadoras de dividendos constantes, especialmente quando carrega essas ações para o longo prazo.

A Petrobras pagou excelentes valores em dividendos recentemente, mas ganha mais quem está há mais tempo posicionado no papel, uma vez que recebe os valores acumulados, além de ver seu investimento subir com a valorização das cotações.

Confira um vídeo especial em que nosso especialista, Lucas Carvalho, fala sobre viver de renda passiva corretamente:

Para finalizar, confira as dicas de nossos especialistas para ganhar mais com dividendos:

Deixe um comentário

Gostou do artigo? Deixe um comentário sobre o que achou do conteúdo!