Cadastre-se grátis

[Morning Call] Leia as principais notícias da abertura do mercado financeiro

O Morning Call da Toro Investimentos traz para você, logo no começo do dia, as principais notícias que vão mexer com os mercados e serão úteis para investidores e traders. Saiba como foi o dia anterior na Bolsa de Valores, a agenda econômica do dia e o que está na pauta nas cenas local, financeira, corporativa e internacional.


📅 Quarta-feira, 29 de maio de 2024.

📈 Como foi o último pregão?

Ontem (28), o Ibovespa caiu 0,58% e fechou o pregão a 123.780 pontos. O índice registrou uma leve alta, puxada essencialmente pelos ganhos das ações da Petrobras. A nova presidente da estatal, Magda Chambriard, afirmou que a empresa deve ser lucrativa e atender a todos os acionistas.

Além disso, os investidores avaliam a prévia da inflação de maio (IPCA-15). O IPCA-15 subiu 0,44% em maio, abaixo da expectativa de 0,49%.

No cenário corporativo, as ações da Vale caem 1,59%, devido à baixa do minério de ferro, mas as altas de 2,14% e 3,11% nas ações da Petrobras compensam.

Em uma semana de baixa liquidez, devido a feriados em Nova York, Londres e Brasil, investidores observam o futuro dos juros locais e globais. No exterior, o mercado acompanha a divulgação de diversos indicadores nos EUA e na Europa, além de possíveis declarações de dirigentes do Fed.

No último pregão, entre as maiores altas e baixas do índice, os destaques foram:

Maiores altasVar. (%)Maiores baixasVar.(%)
MRVE3+2,20%MGLU3–6,54%
PETR4+2,13%AZUL4–4,84%
PETR3+1,76%CMIN3–3,93%
SMTO3+1,66%CVCB3–3,32%
FLRY3+1,33%NTCO3–2,95%

Fechamento das Bolsas Internacionais

No pregão anterior, os principais índices globais tiveram o seguinte fechamento:

Bolsa (Índice)Var.(%)
EUA (S&P 500)+0,02%
EUA (Nasdaq)+0,59%
EUA (Dow Jones)–0,55%
Londres (FTSE100)–0,76%
Frankfurt (DAX)–0,52%
Paris (CAC 40)–0,92%
Europa (STOXX 600)–0,60%
Austrália (ASX 200)–1,30%
Tóquio (Nikkei 225)–0,77%
Hong Kong (Hang Seng)–1,83%
China (Xangai SSE Composite)+0,05%

Mercado de câmbio

No mercado de câmbio, tivemos os seguintes valores finais:

MoedaCâmbioVar. (%)
Dólar comercialR$ 5,1534–0,35%
Dólar turismoR$ 5,3503–49%
Euro comercialR$ 5,5971–33%
Euro x dólarUS$ 1,0881+0,17%

Confira, no gráfico abaixo, a oscilação do dólar frente ao real neste ano:

📅 Calendário econômico e abertura de mercado

Na agenda de hoje, o mundo observa os seguintes eventos e indicadores abaixo:

🎥 Morning Call e Day Trade ao Vivo

Agora ficou mais fácil acompanhar toda a programação ao vivo da Toro no YouTube, com tudo em um único lugar. De 8h45 às 9h, você confere o Morning Call, com informações de abertura do mercado e, de 9h às 17h, o Day Trade e Mercado Ao Vivo para operar ao lado dos nossos experts:

📍 Notícias nacionais

📰 [G1] Contas públicas têm superávit de R$ 11,1 bi em abril, pior resultado para o mês em quatro anos

Em abril, o governo federal teve um superávit primário de R$ 11,08 bilhões, o pior desde 2020. Esse resultado foi impactado pelo aumento de despesas previdenciárias. No acumulado do ano, o superávit é de R$ 30,6 bilhões, abaixo dos R$ 46,85 bilhões do ano passado. As receitas aumentaram 8,9% e as despesas 12,6%.

📰 [G1] Câmara e governo aceitam tributar em 20% compras no exterior de até US$ 50

A Câmara dos Deputados e o governo federal fecharam acordo para votar uma nova regra de taxação para compras em sites internacionais de até 50 dólares. O imposto será de 20%, menor que os 60% para valores acima de 50 dólares. Atualmente, essas compras são isentas de imposto federal, pagando apenas ICMS estadual de 17%.

📰 [Seu Dinheiro] FMI piora projeção para o PIB do Brasil em 2024 e melhora para 2025, mas impacto das chuvas no RS ainda não está na conta

O FMI prevê que o PIB do Brasil crescerá menos no curto prazo, mas melhorará no médio prazo. As estimativas são de 2,1% em 2024 e 2,4% em 2025. O FMI destaca a resiliência econômica do Brasil, a queda da inflação e a importância da reforma tributária. Os efeitos das enchentes no Rio Grande do Sul ainda são incertos.

💰 Notícias da economia e commodities

📰 [FGV/IBRE] IGP-M sobe 0,89% em maio

Em maio, o IGP-M subiu 0,89%, acelerando em relação a abril (0,31%). No ano, acumula alta de 0,28% e queda de 0,34% em 12 meses. O IPA subiu 1,06%, impulsionado por matérias-primas e bens intermediários. A gasolina e a passagem aérea também contribuíram para a alta. O IPC aumentou 0,44%, com destaque para educação e transporte.

📰 [Valor Investe] Petróleo fecha com alta de até 2,7% com expectativa por extensão de cortes da oferta

O petróleo fechou em alta nesta terça-feira, com a retomada dos negócios após feriados nos EUA e Reino Unido. A expectativa de que a Opep+ estenda os cortes de oferta impulsionou os preços. Os analistas destacam a resiliência do mercado, citando ampla capacidade ociosa e investimentos em infraestrutura. O petróleo WTI subiu 2,71% e o Brent, 1,28%.

📰 [IBGE] Índice de Preços ao Produtor (IPP) é de 0,74% em abril

Em abril de 2024, os preços da indústria subiram 0,74% em relação a março, marcando o terceiro aumento consecutivo. Vinte das 24 atividades industriais registraram alta. No ano, a variação acumulada foi de 0,99%, mas nos últimos 12 meses, caiu 3,08%. O setor de alimentos teve grande influência, contribuindo com 0,19 pontos percentuais.

🏗️ Notícias corporativas e investimentos

📰 [Estadão] Juros: aumento da cautela nos Treasuries esfria reação ao IPCA-15 e taxas zeram queda

Os juros futuros pararam de cair, pressionados pelo aumento dos Treasuries, fechando em alta. O ambiente externo negativo reduziu o impacto positivo do IPCA-15 de maio e do discurso do diretor do BC, Gabriel Galípolo. O DI para janeiro de 2025 subiu para 10,38%, e para janeiro de 2026 ficou em 10,71%. A incerteza externa e riscos fiscais continuam influenciando o mercado.

📰 [Valor Investe] ‘Termômetro de recessão’ é alerta para quem investe na bolsa americana

A “curva de rendimentos invertida”, onde os rendimentos dos títulos do Tesouro americano de curto prazo superam os de longo prazo, historicamente indica uma recessão. Essa inversão reflete expectativas de que o Fed reduzirá as taxas de juro. Apesar da inversão recorde de mais de 400 dias, a economia dos EUA permanece resiliente, sem sinais claros de desaceleração.

📰 [FGV/IBRE] Confiança da Indústria sobe 1,2 ponto em maio

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) do FGV IBRE subiu em maio, refletindo melhorias na situação atual e expectativas estáveis. Destaca-se a percepção positiva sobre a demanda e o nível de estoques. Houve aumento da confiança em 8 de 19 segmentos industriais, com destaque para a produção nos próximos meses. O ímpeto de contratações, porém, apresentou queda.

🌎 Notícias internacionais

📰 [CNBC] FMI eleva previsão de crescimento da China para 5% com primeiro trimestre “forte” e medidas políticas

O Fundo Monetário Internacional elevou na quarta-feira a sua previsão para o crescimento da China este ano para 5%, face aos 4,6% anteriores, devido aos números “fortes” do primeiro trimestre e às recentes medidas políticas. A economia da China cresceu 5,3%, melhor do que o esperado, no primeiro trimestre, apoiada por fortes exportações.

📰 [CNN] Banco Central Europeu quer cortar juros gradualmente devido à desaceleração da inflação

O Banco Central Europeu planeja cortar gradualmente os juros devido à desaceleração da inflação. Knot, do banco central holandês, sugere focar em reuniões trimestrais para decisões. Autoridades debatem velocidade dos cortes, com ênfase em reuniões de junho, setembro e dezembro. Prevê-se até três cortes este ano, com o BCE buscando retornar à meta de inflação de 2%.

📰 [Estadão] Na Alemanha, índice GFK de confiança do consumidor para junho sobe a -20,9

A confiança do consumidor na Alemanha deve melhorar ligeiramente em junho, segundo pesquisa do instituto Gfk. O índice subirá para -20,9 pontos, acima da expectativa de -22 pontos. O Gfk usa dados do mês atual para prever a confiança do consumidor no próximo mês.

🤝 Toro e Santander: mais vantagens para você

Se você busca estratégias para alocação de alto patrimônio, bem como os melhores serviços bancários e cartões de crédito black, a parceria entre Toro e Santander é a melhor alternativa para você.

A partir de 2023, a Toro passou a fazer parte integralmente do Grupo Santander, após a aquisição completa da corretora pelo banco.

Com a sinergia entre esses grandes nomes do mercado financeiro, os clientes da Toro agora têm acesso aos benefícios exclusivos oferecidos pelo Santander, incluindo a conta Select que dispõe de vários benefícios, tais como:

  • Acesso a mais de 850 salas VIP Mastercard e mais de 1.000 salas VIP Visa.
  • Atendimento personalizado e assessoria com especialistas.
  • Chat exclusivo disponível 24h por dia.
  • Isenção de tarifas em transferências internacionais, saques, compra e venda de moedas.
  • Pontuação no programa Esfera ou Membership Rewards (dependendo do cartão).
  • Mais de 200 espaços de atendimento com conforto e privacidade.
  • 50% de redução na anuidade dos cartões de crédito elegíveis.

Clique no botão abaixo para saber mais e abrir a sua conta:

🔴 Calendário de lives da Toro

Aqui na Toro, temos um calendário com todas as nossas lives de trading. Além do Morning Call e Day Trade ao Vivo, você pode adicionar outros eventos à sua agenda e acompanhar semanalmente as novidades e os encontros online com o nosso time de experts.

Você pode adicionar o calendário abaixo à sua própria agenda, para não perder nenhuma live de trading. Veja só:

Deixe um comentário

Gostou do artigo? Deixe um comentário sobre o que achou do conteúdo!