Aprenda tudo sobre a Bolsa de Valores com a série da Toro: Como começar a investir na Bolsa

Uma das principais dúvidas de quem está pensando em começar a investir na Bolsa de Valores é: “qual o valor mínimo para começar?”. Você também tem esse questionamento? Sem problemas.

Por ser uma questão bastante comum, já vamos direto ao ponto: não existe valor mínimo para investir na Bolsa de Valores. Isso significa que a B3 não tem uma regra estabelecida que diga que você só pode começar a investir a partir de X reais.

Quer saber mais sobre como você pode começar a investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro? Continue lendo e aprenda com a gente no quinto artigo da série: Como começar a investir na Bolsa.

Investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro funciona?

Muitas pessoas ainda acreditam que só investe em ações, e em outros ativos da Bolsa, quem tem várias cifras na conta corrente. Só que não é bem assim. Atualmente, esse mercado está muito mais aberto e acessível, e você não precisa mais ter um iate e um jatinho particular para poder fazer parte dele.

Se pensarmos numa questão de proporção, quanto mais dinheiro investido, maior poderá ser o retorno que você vai receber.

Só que você, e vários outros investidores interessados, não precisam desistir por causa disso.

Investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro é possível sim. Indo de pouco em pouco, você também consegue construir uma trajetória positiva e chegar lá na frente aproveitando os bons resultados que conquistou pelo caminho.

Bem, então se a Bolsa não exige um valor específico para começar, quer dizer que com R$0,50 você vai comprar uma ação? Não necessariamente, porque há algumas variáveis que precisamos levar em consideração.

Uma delas, por exemplo, é o preço
da ação naquele momento, que pode
estar bem acima dos R$0,50.

Para entender melhor como investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro, veja duas dicas fundamentais:

Faça boas escolhas

Antes de tudo, você precisa contar com um parceiro que vai estar do seu lado para o que der e vier. É por isso que a escolha da sua corretora de valores é tão importante. É ela que fará a ponte entre você e os investimentos na Bolsa.

Então, escolha uma instituição que te ofereça tecnologia, segurança e atendimento diferenciado para tirar suas dúvidas e resolver seus possíveis problemas com rapidez.

Além disso, essa decisão quando
é bem feita te ajuda a fugir de algumas armadilhas, como as taxas abusivas.

De nada adianta ter um rendimento de R$100 com um investimento na Bolsa, se metade dele for embora pagando taxa de corretagem e outros custos administrativos, concorda? Portanto, verifique as taxas cobradas pela corretora do seu interesse antes de começar a investir.

Considerar os custos dos investimentos é algo imprescindível, mas muitas pessoas deixam de lado, deslumbradas com a possibilidade de ganhar dinheiro em pouco tempo investindo em ações.

Não aja por impulso

Outra dica muito importante para saber como investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro é ter uma estratégia clara. Isso significa que, em vez de sair por aí aplicando seu dinheiro em qualquer oportunidade que aparecer, você deve traçar uma estratégia de acordo com o seu perfil de investidor e seus objetivos.

Essa visão estratégica é fundamental para que você trace um caminho coerente com seus investimentos.

Isso quer dizer que você vai saber onde e quando e investir para alcançar o que deseja, sem se deixar levar pelo impulso.

Sabe aquela velha história que insistem em contar do fulano que perdeu tudo na Bolsa de Valores? Todo mundo culpa a Bolsa, mas quase ninguém questiona quais foram os passos que a pessoa deu para tudo ter dado errado.

É claro que há momentos em que o cenário que se esperava não acontece, mas é nessas horas que a estratégia pode ajudar bastante, te dando poder de reação para evitar grandes prejuízos

Por isso, uma atitude essencial é manter a cabeça fria e fugir da histeria coletiva.

Nada de decidir investir sem nenhuma boa justificativa, baseando-se apenas em “achismos”. Se você já sabe o que é a Bolsa de Valores, então entende que esse mercado é ordenado pela lei da oferta e da demanda.

Ou seja, a Bolsa acaba mostrando, em seus movimentos de sobe e desce, tendências e padrões de comportamento, refletindo as atitudes dos investidores que estão ali comprando e vendendo ativos.

E esse movimento é que faz os
preços das ações subirem ou caírem.

É possível observar essa movimentação toda através de gráficos das ações e de outros dados que o próprio mercado oferece (por exemplo, as perspectivas de longo prazo e os resultados corporativos divulgados frequentemente).

Mas não precisa se preocupar achando que vai ter que fazer tudo isso por conta própria. Aqui na Toro, nós oferecemos uma plataforma inovadora onde você pode acessar as melhores oportunidades do momento, identificadas pelo nosso time de especialistas, e aproveitá-las com poucos cliques.

Conheça as melhores oportunidades da Bolsa agora
Explore o mercado

Agora que você entendeu alguns fatores essenciais para começar a investir na Bolsa, vamos te mostrar bons motivos para investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro.

Vantagens de investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro

Você já sabe como investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro, então é legal entender por que começar com uma quantia menor pode ser interessante. Veja só:

Rendimento maior que na Poupança

Uma das principais vantagens é, sem dúvidas, a chance de ganhar mais que o rendimento da Poupança. A caderneta ainda é uma opção buscada por muitas pessoas. Mas essa popularidade está ligada especialmente à falta de informação sobre o baixo rendimento que ela oferece.

A Poupança, além de entregar um retorno muito abaixo do que todos gostariam, ainda pode perder para a inflação.

Isso significa que, enquanto seu dinheiro está parado na caderneta, ele pode perder poder de compra.

Então, quando você resgatá-lo, há chances de não conseguir comprar o que gostaria com esse valor como imaginava, porque depois de um tempo aquele produto (ou serviço) ficou mais caro por causa da inflação.

Na Bolsa de Valores, por outro lado, as chances de sucesso podem ser bem maiores.

Mas é claro que isso também envolve riscos. Só que, o que nem todo mundo sabe, é que você não precisa abrir mão da segurança do seu dinheiro totalmente.

Existem mecanismos e ferramentas que te ajudam a suavizar os riscos, enquanto você aproveita as oportunidades que a Bolsa oferece.

Bom para quem está começando

Lembra quando falamos mais no começo deste artigo de que, aos poucos, você pode ir construindo uma trajetória de sucesso? A ideia é essa mesmo. Investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro é uma boa ideia para quem ainda não tem muita experiência.

Assim, você pode ir conhecendo e aprendendo gradualmente, sem precisar desembolsar muito dinheiro. E aí, se a falta de conhecimento ou de experiência acabarem entrando na frente da sua estratégia, e algo der errado, você poderá ter prejuízos menores justamente porque investiu menos.

Mas vale lembrar aqui que esse prejuízo menor está diretamente ligado à forma correta de proteger seu dinheiro.

Lembre-se: investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro, ou com muito, não depende de sorte e sim de planejamento.

Com o tempo, você poderá se sentir mais confiante e acumular um bom aprendizado. Então, você pode aumentar a quantia investida, podendo até mesmo utilizar os lucros que conquistou nesse tempo.

Possibilidade de ter prejuízos menores

Até já entramos nesse assunto logo aqui em cima. A lógica é clara: se você investe menos dinheiro, então poderá ter um prejuízo menor do que quem investiu muito mais. É óbvio que isso também depende das decisões que você tomar e se usa as ferramentas adequadas para proteger seu dinheiro.

E que ferramentas são essas afinal?
Uma delas, bastante usada e muito importante, é o stop loss.

Muito complicado? Relaxa, porque você também pode chamá-lo de prejuízo estimado. Pode parecer estranho definir quanto você tem interesse em perder, mas essa atitude é fundamental para travar seu prejuízo.

É como se as perdas fossem uma torneira aberta e o prejuízo aproximado é o momento em que você vai decidir fechar a torneira, com o objetivo de parar o vazamento. Mas por que definir o momento de fechar a água?

Simples: se você não fechá-la, há grandes chances de tudo transbordar e inundar o lugar. E aí você vai perceber que foi melhor fechar a torneira, mesmo antes do que gostaria, em vez de deixar tudo à mercê da própria sorte, correndo o risco de ganhar uma baita dor de cabeça.

É por isso que sempre ressaltamos a importância do aprendizado constante.

Dessa forma, você ganha a experiência necessária para evitar armadilhas que vão prejudicar seu dinheiro. Conte com a Toro para te ajudar a caminhar rumo ao sucesso.

Aprenda a investir com quem realmente entende do assunto
Veja cursos gratuitos

Como investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro

Já falamos sobre a possibilidade de investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro e também nas vantagens de fazer isso. Então, que tal mostrar as opções para você poder colocar o que aprendeu aqui em prática?

Confira abaixo 3 alternativas que a Bolsa oferece para que você comece a investir e que não exigem altos valores:

Fundos de Investimento

Esse é um tipo de investimento bastante buscado por quem está começando a investir. Isso porque, além de oferecer opções com preços camaradas, a gestão do fundo fica a cargo de alguém que entende do assunto. Então, a sua responsabilidade como investidor é menor.

Podemos pensar no fundo como uma modalidade coletiva de aplicação.

Então, você adquire uma ou mais cotas de um fundo e participa dos lucros que ele entregar, junto com outros investidores.

Imagine como acontece em um prédio em que morem várias pessoas, cada uma em um apartamento, e todas elas pagam um valor para o síndico organizar as pendências do condomínio. Essa é mais ou menos a dinâmica de um fundo de investimento.

Mas antes de correr para comprar uma cota, lembre-se de verificar quais são os termos que o fundo do seu interesse exige e também qual é o valor da taxa de administração. Se ela for muito alta, pode atrapalhar bastante os rendimentos que você espera receber.

Outra questão para ter atenção é aos tipos de fundos existentes. Alguns focam apenas em ações, outros em títulos de renda fixa, e tem até os que estão ligados ao câmbio. Portanto, faça uma pesquisa para entender qual deles realmente faz seu tipo.

Ações

Sabia que é possível comprar ações de uma empresa sem precisar desembolsar muito dinheiro? Muitas pessoas ainda acreditam que só quem investe dessa forma são milionários. Mas isso já ficou lá no passado.

Atualmente, você pode comprar e vender ações também com pouco dinheiro.

E nós vamos te mostrar no próximo capítulo como você pode fazer isso com a Toro.

Agora, lembra quando falamos que o valor necessário vai depender do preço da ação no momento? Essa é uma informação que você precisa ter em mente.

Existem ações baratas, que custam menos de R$1 e tem aquelas que são mais caras. Mas o valor delas flutua bastante. Por isso, é tão importante observar o mercado e as suas tendências.

Outra dica para investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro é saber quais ações realmente valem a pena. Não é simplesmente o preço que conta, e sim todo o contexto em que a ação está inserida. Na hora de investir, você precisa entender se ela tem grandes chances de se valorizar, por exemplo.

Parece muito trabalhoso? Não se preocupe, porque nós da Toro te ajudamos nessa tarefa. Nosso time de analistas está sempre de olho no mercado em busca de ótimas oportunidades para você aproveitar com apenas um clique.

Descubra as ações mais interessantes do momento
Explore o mercado

Contratos futuros

Outra opção para saber como investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro é explorar o Mercado Futuro. Esse é um ambiente da Bolsa que nem todo mundo conhece a fundo, mas que direta ou indiretamente já ouviu falar.

Sabe quando ouvimos no jornal que a Bolsa caiu ou subiu? Na verdade, o indicador que mostra esse movimento é um índice, o Ibovespa.

E você pode investir nele, se quiser,
através de contratos futuros de índice.

A dinâmica do Mercado Futuro é muito parecida com o mercado de ações: dá para lucrar com a valorização e também com a queda de um ativo. Só que, nesse mercado, são negociados contratos de compra ou venda de ativos para uma data futura.

Também há uma grande variedade. Você pode negociar contratos futuros de índice, de dólar, de café, de boi gordo etc. Além disso, existe a possibilidade de comprar e vender minicontratos.

A diferença desse tipo de ativo para os chamados “contratos cheios” é que os minicontratos permitem aplicar menos dinheiro. Eles correspondem a uma fração da modalidade “cheia” e, portanto, permitem que investidores de todos os bolsos possam investir também.

Como começar a investir com 100 reais

Quem quer aprender como investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro constantemente tem essa dúvida: “será que é possível começar a investir com 100 reais?”. Como mostramos, dar os primeiros passos no universo dos investimentos em Bolsa com pouco dinheiro é uma boa ideia, especialmente para quem ainda é iniciante e está começando a explorar esse mercado.

Como você viu, as ações podem
ter valores bastante variados,
que mudam constantemente.

Existem ações que custam dezenas de reais e também tem aquelas que custam somente alguns centavos. Por isso é que dissemos que não existe um valor mínimo para investir na Bolsa de Valores.

É claro que existem outros custos atrelados a este investimento, além do preço da ação. Mas a boa notícia é que, na Toro, a partir de aproximadamente R$200,00, você já pode começar a investir na Bolsa. Nossos especialistas estão de olho no mercado durante todo o pregão em busca de excelentes oportunidades para indicar.

Veja só como é fácil investir na Bolsa de Valores com a Toro:


Na Toro, oferecemos as oportunidades para investir na Bolsa em forma de cards e neles colocamos as informações que realmente são importantes para você, sem economês. No card, apresentamos o valor em reais, o prazo e o potencial de lucro daquele investimento.

Você também pode ajustar o valor, se quiser investir mais naquela oportunidade. Além disso, para te ajudar a suavizar os riscos, todas as nossas recomendações vêm com lucro e prejuízo estimados.

Assim, os investimentos são feitos com risco limitado e mais segurança. Confira como é uma oportunidade recomendada da Toro:

 Recomendações Bolsa de Valores

É claro que vamos te lembrar que essa recomendação é apenas um exemplo e pode não ser mais válida hoje. Até porque você já sabe: ganhos passados não são garantias de ganhos futuros. Por isso, o indicado é sempre observar as tendências do momento.

Conhece outra vantagem legal da Toro? Além de te dar recomendações de investimento na Bolsa, para aproveitá-las com um clique, nós também te oferecemos outro benefício. Seguindo nossas recomendações, você só paga taxa de corretagem quando tiver lucro.

Essa taxa é apenas um pequeno percentual sobre o seu ganho com aquele investimento, independentemente do valor investido.

Você já sabe que os riscos estão presentes nos investimentos da Bolsa, certo? É por isso que oferecemos o ganha-ganha, porque queremos estar do seu lado seja nos ganhos e também nas perdas.

Seguindo nossas recomendações, nós só ganhamos quando você ganha. E também estamos disponíveis para tirar todas as suas dúvidas e explicar algum detalhe específico que não tenha ficado tão claro para você. Queremos ser a ponte para você alcançar seus grandes sonhos.

Converse com nossos assessores certificados
Tire suas dúvidas agora



Leia outros artigos da nossa série: