Já pensou em passar o dia realizando operações na Bolsa de Valores, comprando e vendendo ações? Acompanhar as tendências do mercado e as oscilações nos gráficos para fazer as melhores negociações? Isso tudo é possível se você seguir a profissão trader.  

Segundo uma pesquisa recente realizada pelo Linkedin, traders conquistaram a 9ª posição no quesito "profissões emergentes". Essa é uma tendência que vem crescendo desde 2020, no início da pandemia, já que muitas pessoas começaram a trabalhar remotamente.

Para te ajudar a entender tudo sobre a profissão trader, elaboramos este conteúdo para mostrar como seguir essa carreira no mercado financeiro. Vamos lá?

CTA Curso Day Trade para Iniciantes

Vença no Day Trade com ajuda de experts Acesse o curso gratuito para iniciantes 

O que é a profissão trader?

Trader é a profissão voltada para pessoas que trabalham com operações financeiras de curto prazo na Bolsa de Valores.

Traders buscam as melhores oportunidades de rentabilidade na Bolsa, podendo trabalhar de modo autônomo ou em empresas do setor.

Em inglês, trade significa "troca". No mercado de ações, isso significa que esse profissional irá realizar negociações de compra e venda de ativos, sempre com foco no curto prazo.

Traders precisam entender a volatilidade do mercado, como funcionam as linhas de tendências, conhecer a fundo os conceitos de Análise Técnica e saber como fazer um bom gerenciamento de riscos, seja para si mesmo ou para terceiros.

Para ter uma boa rentabilidade na carreira, é necessário saber tomar decisões rápidas, balanceando os lucros e prejuízos nas operações.

É fundamental que traders consigam acompanhar as flutuações diárias para comprar e vender ações, ETFs, contratos futuros ou qualquer outro ativo negociado em Bolsa. 

Para seguir a profissão trader, contudo, é necessário bastante estudo, treinamento e acompanhamento do mercado, sem contar as certificações obrigatórias. Em resumo: ser um trader de sucesso exige bastante esforço, conhecimento e dedicação.

Seja um trader de sucesso e domine a Bolsa todos os dias.

Descubra os 3 pilares de um trader de sucesso Aprenda grátis agora

Quais são as certificações necessárias para ser trader profissional?

A formação acadêmica específica não é obrigatória, isto é, você pode ter formação em Economia, Administração, Finanças ou outras áreas relacionadas e ainda assim seguir a carreira de trader.

Porém, algumas certificações financeiras ajudam a comprovar seu conhecimento, garantindo mais qualificação e especialização na área. Sem contar que operações de trading requerem muito estudo, dedicação e esforço, lembra?

Entre as principais certificações, podemos citar:

  • CGA: a Certificação de Gestores ANBIMA habilita profissionais a atuarem com a gestão de recursos de terceiros em diversas modalidades: Fundos de Investimentos, ações, Fundos de Índices etc. 
  • CNPI: a Certificação Nacional do Profissional de Investimento é considerada obrigatória pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para quem deseja atuar como analista de valores mobiliários. É possível tirar a certificação nas modalidades de analista fundamentalista, analista técnico e analista pleno. 
  • Agente Autônomo de Investimentos: Para ser Agente Autônomo de Investimentos e realizar a  intermediação entre investidores e produtos financeiros do mercado (inclusive de Renda Variável), é obrigatório ser aprovado no exame da Ancord, instituição autorizada pela CVM.
  • Prova da Ancord: como vimos, para ser Agente Autônomo de Investimentos é necessário passar no exame da Ancord. Entretanto, essa prova também é essencial para quem deseja se profissionalizar como trader e trabalhar em uma corretora de valores, por exemplo.

Entretanto, se você deseja começar em casa e estudar por conta própria, você pode ser trader do mesmo jeito. As certificações são um extra, mas não impedem que você siga a profissão trader, ok?

Agora você sabe o que é trader e como tirar as certificações para se especializar na área. Mas afinal, quanto ganha esse profissional? Veja mais no próximo tópico.

Melhores oportunidades de day trade ao vivo

Quanto ganha um trader?

Essa pergunta é bastante relativa, visto que dependerá se o trader é profissional autônomo ou se trabalha em uma instituição financeira. 

Esse é um fator importante porque existem diferenças na remuneração de quem trabalha por conta própria e de quem está atrelado a uma organização. 

  • Um trader autônomo pode aplicar e movimentar seus ativos da forma como preferir, não é necessário experiência de mercado ou certificação obrigatória. Logo, é mais difícil estabelecer qual é a faixa salarial desse profissional, já que os números podem variar bastante.
  • Por outro lado, o trader que trabalha para uma instituição financeira precisará de certificações, um bom tempo de experiência e reputação positiva no mercado. Além disso, é necessário considerar bônus e outras remunerações extras.

Segundo o Guia Salarial 2022 da consultoria Robert Half, a média salarial de um trader profissional iniciante no Sudeste é de R$9.650. Lembrando que esse valor pode mudar conforme a região do país, a senioridade do profissional e a empresa contratante.

Embora muitos traders lucrem bastante, há uma parcela que devolve tudo ao mercado por falta de controle emocional.

Sem estabelecer um bom gerenciamento de risco, os prejuízos podem ser grandes. Por isso, é importante estudar o funcionamento do mercado para evitar que o medo ou a ganância tomem conta das operações.

Enfim, para saber se você prefere seguir como autônomo ou colaborador de uma empresa, antes é fundamental saber se você tem o perfil para seguir no trading como profissional. Veja mais no tópico seguinte.

Planilha de gerenciamento de riscos

Você tem perfil para seguir a profissão trader?

A profissão trader requer resiliência, estudo e acompanhamento do mercado. Não existe fórmula mágica ou caminho fácil para ter sucesso na profissão, mas sim bastante esforço.

Em primeiro lugar, considere seu perfil de investidor para saber se você é do tipo arrojado e sabe lidar com riscos maiores.

Afinal, com o mercado de Renda Variável, é necessário ter controle emocional e saber aproveitar as oportunidades da Bolsa.

⚠️Vale esclarecer que trading não é a mesma coisa que investimento. Realizar operações diárias na Bolsa de Valores não é igual a acumular patrimônio no longo prazo, mas sim obter lucro com arbitragem dos preços.

 

Por isso, você pode considerar as seguintes questões antes de começar a se especializar na área:

  1. Você tem tempo disponível para acompanhar as oscilações da Bolsa?
  2. Você quer ser autônomo ou trabalhar para uma instituição financeira?
  3. Qual é o limite de perda para suas operações?
  4. Quanto você pretende ganhar por mês?
  5. Você tem tempo para tirar as certificações necessárias?
  6. Pretende estudar quantas horas por semana?
  7. Prefere fazer Day Trade ou Swing Trade?

Pense bastante antes de começar e liste todos os prós e contras. Lembre-se que, assim como em qualquer outra profissão, é necessário muito empenho para obter os melhores resultados.

Por fim, se você quiser saber mais detalhes sobre como ser um trader de sucesso, assista ao vídeo com o nosso Analista de Investimentos, Victor Lima:

CTA Curso Day Trade para IniciantesSeja um trader e domine a Bolsa, todos os dias. Ver aulas grátis