Investir em ações na Bolsa é uma ótima forma de conseguir rendimentos maiores para o seu dinheiro. Quem compra uma ação, compra uma parte de uma empresa: se essa empresa crescer, suas ações se valorizam, aumentando também os lucros do seu investimento. Porém, não é apenas com o crescimento das empresas que é possível ganhar dinheiro na Bolsa.


As empresas que encerram o ano com lucro distribuem parte desses ganhos para seus acionistas na forma de dividendos. Ou seja, se você possui ações, você é também sócio da empresa e tem direito de receber parte dos seus lucros.

O valor não distribuído pode ser reinvestido na empresa para garantir o crescimento futuro da companhia. A decisão de quanto do lucro será distribuído aos acionistas e quanto será reinvestido é tomada em assembleias periódicas.

Apesar do mínimo obrigatório, cada empresa distribui volumes diferentes de dividendos seguindo sua própria estratégia de negócio. Por isso, na hora de investir, é importante saber quais as empresas que pagam dividendos com frequência e com valores mais atrativos.

Quais são as melhores ações que pagam dividendos? Acesse grátis e descubra agora

Quais são as principais empresas que pagam dividendos?

Como o pagamento de dividendos depende do lucro conseguido em cada ano, esse valores variam ao longo do tempo. Mesmo assim, há empresas já maduras, com lucros relativamente estáveis e que não necessitam de tanto reinvestimento de capital. Ou seja: sobra mais para distribuir aos acionistas.

Um dos indicadores mais utilizados para determinar empresas que pagam dividendos interessantes é o Dividend Yield (DY), que é uma relação entre o valor distribuído e o preço da ação. A seguir falaremos um pouco melhor como este cálculo funciona.

5 principais empresas que pagam dividendos:

  • Cesp (CESP6) - Energia elétrica. 
  • Cyrela Realt (CYRE3) - Construção Civil. 
  • Taesa (TAEE11) - Energia elétrica.
  • Bradespar (BRAP4) - Mineração.
  • Vale (VALE3) - Mineração.

Confira abaixo um passo a passo de como comprar ações na Bolsa de Valores, inclusive das empresas que pagam dividendos:
Como investir na Bolsa de Valores

Aproveite os melhores investimentos com corretagem Zero Comece agora na ToroLista das principais empresas que pagam dividendos:

Veja na tabela a seguir as principais empresas que pagam dividendos frequentemente:

Código Empresa Setor
ABEV3 Ambev S/A Bebidas
BBDC3 Bradesco Intermediários financeiros
BBDC4 Bradesco Intermediários financeiros
BRAP4 Bradespar Mineração
BBAS3 Brasil Intermediários financeiros
BRKM5 Braskem Químicos
CCRO3 CCR SA Transporte
CMIG4 Cemig Energia elétrica
CESP6 Cesp Energia elétrica
HGTX3 Cia Hering Tecidos vestuário e calçados
CSMG3 Copasa Água e saneamento
CPLE3 Copel Energia elétrica
CYRE3 Cyrela Realt Construção civil
DIRR3 Direcional Construção civil
ENAT3 Enauta Part Petróleo gás e biocombustíveis
ENBR3 Energias BR Energia elétrica
ENGI11 Energisa Energia elétrica
EGIE3 Engie Brasil Energia elétrica
FESA4 Ferbasa Siderurgia e metalurgia
FLRY3 Fleury Serviços médico-hospitalares análises e diagnósticos
GGBR4 Gerdau Siderurgia e metalurgia
GOAU3 Gerdau Met Siderurgia e metalurgia
GRND3 Grendene Tecidos vestuário e calçados
GUAR3 Guararapes Comércio
HYPE3 Hypera Comércio e distribuição
ROMI3 Inds Romi Máquinas e equipamentos
MYPK3 Iochp-Maxion Automóveis e motocicletas
ITSA4 Itausa Intermediários financeiros
ITUB4 ItauUnibanco Intermediários financeiros
KLBN11 Klabin S/A Madeira e papel
LCAM3 Unidas Diversos
POMO4 Marcopolo Material de transporte
LEVE3 Metal Leve Automóveis e motocicletas
MRVE3 MRV Construção civil
PSSA3 Porto Seguro Previdência e seguros
RAPT4 Randon Part Material de transporte
SAPR4 Sanepar Água e saneamento
SANB11 Santander BR Intermediários financeiros
SMTO3 São Martinho Alimentos processados
SHUL4 Schulz Máquinas e equipamentos
SLCE3 SLC Agrícola Agropecuária
SULA11 Sul América Previdência e seguros
TAEE11 Taesa Energia elétrica
TGMA3 Tegma Transporte
VIVT3 Telef Brasil Telecomunicações
TIMS3 Tim Telecomunicações
TRPL4 Transmissão Paulista Energia elétrica
TRIS3 Trisul Construção civil
TUPY3 Tupy Material de transporte
UNIP3 Unipar Químicos
VALE3 Vale Mineração
VLID3 Valid Serviços diversos
WIZS3 Wiz S.A Previdência e seguros
YDUQ3 Yduqs Part Diversos

 

Um detalhe importante: não há como ter certeza de que as empresas acima irão pagar bons dividendos todos os meses. Ainda, por se tratarem de ações, todas essas empresas estão sujeitas a se desvalorizarem durante o tempo, o que pode comprometer o rendimento alcançado com os dividendos.

Por falar em desempenho mensal, não deixe também de conferir quais são as ações da carteira recomendada da Toro. Nela, os Analistas sugerem quais são os papeis com o maior potencial de valorização. 

Além disso, uma boa rentabilidade passada não garante que a empresa continue apresentando boa rentabilidade daqui para a frente. Por isso é essencial basear suas decisões de investimento em análises e recomendações profissionais e atualizadas.

Veja um vídeo especial sobre como encontrar boas empresas que pagam dividendos na plataforma da Toro:

filtro-dividendos

O que escolher: dividendos mensais ou valores maiores?

Quando pensamos em investir na Bolsa de Valores e viver de dividendos, a primeira ideia que temos é de investir em empresas que distribuem o lucro com frequência. Contudo, ainda que seja sempre desejável a maior frequência possível, normalmente é mais importante pensar no volume distribuído ao longo do ano, mesmo que seja todo distribuído apenas uma vez.

Itaú (ITUB4) e Bradesco (BBDC4), por exemplo, são notórias por serem empresas que pagam dividendos mensais, em valores próximos de R$0,015.

Contudo, a maior parte dos dividendos do Itaú e do Bradesco são pagos em outras duas ocasiões: no meio e no final do ano. Os dividendos mensais, por mais atraentes que pareçam, no fim são uma fatia muito menor do que os valores pagos no final do ano.

Na hora de escolher boas pagadoras de dividendos, um dos indicadores mais usados é o Dividend Yield (DY) da ação. O Yield é o valor pago em dividendos em relação ao preço da ação:

dividend-yield-1

E como saber se o valor é bom ou não? A comparação mais comum é com a taxa Selic, a taxa de juros básica do mercado. Qualquer um pode investir em títulos públicos que remuneram de acordo com a Selic, então, se vamos investir em ações em busca de dividendos, é importante que essas ações paguem uma taxa maior que a que ganharíamos ao investir no Tesouro Direto.

Isso não significa, contudo, que empresas que não atingem esse patamar não são bons investimentos.

Há muitas empresas que combinam yields satisfatórios, mesmo que menores que a Selic, e ainda apresentam perspectiva de valorização do preço de suas ações, possibilitando ao investidor ganhar duplamente com elas.

Por isso, para escolher as melhores empresas que pagam dividendos, é importante observar não só o Dividend Yield, mas uma análise completa sobre a ação. Dessa maneira, você poderá saber a hora certa de comprar e vender, além de investir de forma inteligente e com uma estratégia bem definida.

Invista nas melhores oportunidades da Bolsa com poucos cliques. Veja agora

Por que empresas pagam dividendos?

Uma das obrigações das empresas que abrem o seu capital na Bolsa de Valores é compartilhar parte dos lucros com os seus acionistas. Isso faz parte do prêmio de risco que aquelas pessoas e empresas que adquirem frações da companhia ganham por acreditar no negócio e nos seus resultados.

Abrir capital no mercado é uma forma de captar recursos para fazer a empresa crescer sem fazer dívidas, como faz ao tomar um empréstimo no banco, por exemplo. 

Em outras palavras, ao negociar suas ações na Bolsa, a companhia deixa de ter uns poucos sócios para ter milhares de novos acionistas, cada um com uma parcela da propriedade da empresa. Então, o risco do empreendimento fica diluído no mercado, concorda?

Assim sendo, as empresas, assim que vendem parte de suas ações, ficam com dinheiro em caixa para investir na sua operação, nas vendas dos seus produtos e expansão do negócio. O resultado obtido com o bom desempenho do negócio será então compartilhado com os sócios, de acordo com a percentual de participação de cada um. 

Portanto, o pagamento dos dividendos é uma forma não apenas de remunerar os sócios da companhia, mas também uma maneira de tornar as ações da empresa mais atrativas no mercado, favorecendo a sua valorização pelo conceito de oferta x procura. Afinal, no longo prazo, os investidores tendem a procurar as empresas mais lucrativas, não é mesmo?

Pagamento de dividendos e Payout: qual é o percentual mínimo dos lucros?

Ao contrário do que muitas pessoas tendem a acreditar, a Lei 6404, também conhecida como lei das SA, não determina um percentual do lucro líquido que as empresas são obrigadas a distribuir como forma de dividendos.

A legislação orienta que as empresas devem definir em estatuto qual o percentual do lucro será distribuído aos sócios.

Então, a critério da administração e ao definir o estatuto, isto é, as regras que vão guiar a gestão do negócio, é que será definido o percentual dos lucros que chegará aos bolsos dos sócios. Esse percentual também é chamado de Payout, ou seja, qual proporção dos lucros do exercício será distribuído como forma de proventos. 

Portanto, empresas com Payout alto distribuem a maior parte dos seus lucros e as com Payout baixo retém a maior parte do resultado para reinvestir na empresa, como mencionamos. É importante dizer que não existe bom e ruim nessa esfera. Distribuir ou reter os lucros devem estar alinhados com os objetivos de crescimento da empresa.

Dessa maneira, ao analisar quais empresas que mais pagam dividendos, é preciso avaliar o payout associado ao dividend yield, combinado?

Reforma Tributária e os dividendos: o que preciso saber?

Em 2021, o Ministério da Economia enviou ao Congresso Nacional uma proposta de Reforma Tributária que prevê, entre outras coisas, a taxação dos dividendos, assim como acontece no exterior e vigorou no Brasil até 1995.

Atualmente, os dividendos distribuídos pelas empresas e os rendimentos dos Fundos Imobiliários são isentos de pagamendo de Imposto de Renda. Isto significa que, hoje, o valor por ação/cota que a companhia ou Fundo decidem pagar é o mesmo que chega à sua conta, sem descontos.

O plano do governo é que os dividendos sejam tributados em 20% no pagamento aos acionistas. O intuito é aliviar parte da carga tributária que recai sobre as empresas. Então, ao receber os dividendos, eles já viriam descontados em 20% referente ao valor da nova alíquota de imposto. No entanto, esse é um assunto que ainda está em avaliação nos outros poderes.

O texto da Reforma Tributária que prevê também a extinção dos Juros Sobre o Capital Próprio está em análise do poder legislativo. Então, para quem investe na Bolsa, vale a pena acompanhar as possíveis mudanças que ocorrerão após as discussões da proposta.

Empresas que pagam dividendos: melhores ações para viver de renda

Investir em dividendos pode ser uma excelente oportunidade de viver de renda, e é por isso que muitos investidores montam suas carteiras com este objetivo. Mas na hora de investir, é muito importante entender o momento atual de cada companhia para não atirar na direção errada.

Para fazer boas escolhas e encontrar as melhores ações para comprar hoje, é preciso analisar:

  • Mercado em que a empresa atua.
  • Os indicadores de cada empresa.
  • As perspectivas futuras da companhia.
  • Taxa de endividamento.
  • Riscos de mercado.
  • Outros fatores.
Esta pode parecer uma tarefa complexa e que toma muito tempo do investidor. Mas este caminho pode ser mais fácil.

Para facilitar para você que quer investir nas melhores ações de empresas que pagam dividendos, a nossa equipe de Analistas aqui na Toro estudou o mercado e fez todo este trabalho por você. Tudo o que você precisa fazer é abrir sua conta gratuita, escolher quais ativos deseja e começar a investir agora mesmo.

Antes de fechar essa página, veja um passo a passo simplificado de como comprar ações na Toro:

Quais são as melhores ações que pagam dividendos? Acesse grátis e descubra agora