Cadastre-se grátis

O que é tokenização? Entenda tudo sobre o termo!

Se você quer começar a investir em criptoativos, precisa saber o que é tokenização. Afinal, este termo será mais comum quando você passar a ler e estudar mais sobre o tema.

Podemos até dizer que a tokenização é o que torna os investimentos em criptoativos muito mais acessíveis.

Isso porque o processo de tokenização possibilita que você transforme um ativo físico em ativo virtual para negociá-lo no mercado.

Ficou um pouco confuso sobre o que é tokenização? Calma que vamos te explicar tudo sobre o termo ao longo deste artigo. Confira!

O que é tokenização?

A tokenização de ativos nada mais é do que transformar um ativo físico em virtual. Sendo assim, quando se fala que um ativo foi tokenizado, significa que ele recebeu um certificado ou representação digital.

E essa representação é chamada de token, que é uma pequena unidade de código. 

Vale destacar ainda que um ativo não precisa ter apenas um token, ele pode ser dividido em vários tokens.

E o que é um token?

Aprender sobre tokenização também te faz conhecer outros termos, como: token. E saber sobre ele é fundamental neste universo de criptoativos.

Mas afinal, o que é um token? É um sistema de segurança que tem como objetivo registrar os itens e/ou produtos nas redes digitais.

Além disso, é por meio de um token que é possível criar a representação virtual de um item desejado, seja ele qual for.

E é importante destacar que quando o certificado do token é gerado, os bens registrados acabam ganhando uma autenticação virtual. Sendo assim, eles são tokenizados.

E quais são os tipos de tokens? As opções são inúmeras, sendo os mais comuns: tokens utilitários, de segurança, de pagamento e os NFTs (tokens não-fungíveis).

Para que serve a tokenização?

Agora que você já entendeu melhor o que é tokenização e token, deve estar se perguntando para que ele serve na prática, certo?

Então, vamos lá: após transformar o ativo físico em virtual, ele poderá ser transferido, apropriado e até mesmo armazenado digitalmente. E isso é feito sem ter a necessidade de ter um intermediário legal.

Outra informação importante é que o blockchain e o DLT (Distributed Ledger Technology) – tecnologia de registro distribuído – são o que garantem a validade da operação de tokenização.

Sendo assim, são eles que vão dar a garantia que, ao comprar um token, ele seja de seu proprietário de maneira imutável.

Como funciona a tokenização?

A esta altura, você já está bem mais familiarizado com a tokenização, correto? 

Por isso, chegou o momento de entender como ela funciona na prática. Até porque todos estes termos podem parecer confusos, mas quando colocamos isso na prática fica mais fácil de entender.

Digamos, de forma ilustrativa, que você queira dar início ao processo de tokenização, para isso precisa criar uma oferta inicial de token para um ativo.

Caso tenham pessoas interessadas em comprar as unidades criptografadas do ativo, será possível adquiri-las e ganhar lucros futuramente.

Por exemplo, se você tem um apartamento no valor de R$5 milhões, quando ele passar pelo processo de tokenização será possível dividi-lo em 25 mil tokens. E estes tokens podem ser vendidos a um valor de R$200.

Isso, é claro, se for um token conhecido como Initial Coin Offer (ICO), que significa a representação de uma oferta inicial de uma determinada moeda.

Talvez você até tenha reparado que este tipo de token seja parecido com a venda e compra das ações da Bolsa de Valores e, de fato, é parecido. Porém, vale ressaltar que o mercado financeiro tradicional é, na prática, bastante diferente e mais consolidado que o mercado de ativos virtuais.

Além disso, como também já explicamos acima, existe o token que é indicado para sistema de segurança.

Sendo assim, ele é uma opção para a tokenização de dados de empresas, contas bancárias ou qualquer outro dado que você queira proteger.

Quais ativos podem ser tokenizados?

Se você está pensando em transformar algum ativo em token, mas não sabe se isso é possível, sem problemas.

Nem todos sabem, principalmente aqueles que estão entrando neste mercado agora, mas existem muitos itens que podem passar pelo processo de tokenização.

Existe uma série de itens que podem ser transformados em ativos virtuais. Veja uma lista abaixo com algumas possibilidades:

  • Metais preciosos.
  • Artes gráficas.
  • Commodities.
  • Instrumentos financeiros.
  • Itens de jogos.
  • Imóveis.
  • Propriedades intelectuais.

Passo a passo para tokenizar um ativo

Se você chegou até aqui é porque tem interesse no processo de tokenização e nada mais justo do que aprender a tokenizar um ativo.

Primeiramente, precisamos destacar que, para que você consiga tokenizar um ativo, precisa ter um conhecimento técnico sobre o assunto.

Isso porque as operações são realizadas em uma rede descentralizada, e entender melhor sobre isso é fundamental.

Mas caso ainda não saiba ou somente tenha curiosidade para saber como é o processo de tokenização de um ativo, veja o passo a passo:

1º passo: é preciso fracionar na blockchain o ativo que será tokenizado.

2º passo: depois será necessário desenvolver e criar o token.

3º passo: agora será preciso determinar a instituição que você vai vincular o seu projeto.

4º passo: feito isso, também será preciso escolher a plataforma.

5º passo: agora você deverá apontar as regras de como funciona o sistema de transação.

6º passo: por fim, será preciso determinar a quantidade de tokens a emitir e a forma de distribuição.

Após finalizar todo este processo, será possível começar a oferecer os tokens na modalidade ICO para que outras pessoas possam comprar, vender e transferi-los.

Existem benefícios na tokenização de ativos?

Sim, existem benefícios de realizar a tokenização de ativos e alguns deles são:

  • Maior liquidez: os processos são mais simplificados, oferecendo mais autonomia para os usuários, permitindo que eles criem contratos inteligentes.
  • Mais eficiência: isso acontece por conta da automatização dos processos, diminuindo os esforços de regulação e administração do processo.
  • Redução de custos: diminui a função de intermediários, o que acaba reduzindo os gastos.
  • Maior transparência: essa é uma característica da blockchain oferecer segurança e reduzir os riscos aos investidores.

A tokenização de ativos é regulamentada no Brasil?

Outra dúvida muito recorrente é se a tokenização de ativos é regulamentada aqui no Brasil, afinal ninguém quer focar em algo que não é legal e acabar perdendo o dinheiro, certo?

Bom, é preciso que você saiba que o processo de regulamentação sobre tokenização de ativos ainda está em andamento.

O Diretor de Regulação do Banco Central, Otávio Damaso, em entrevista para o site Exame em abril de 2023, mencionou que essa era uma discussão prioritária na autarquia.

Além disso, nem todos sabem, mas já existe uma lei que regulamenta o mercado de criptoativos, tanto que elas precisam ser declaradas no Imposto de Renda.

Com a lei em vigor, as instituições financeiras de ativos só podem funcionar aqui no Brasil se o Banco Central ou a entidade da administração pública Federal autorizar.

Outra informação importante é que o BC é quem estabelece as regras, condições e prazos do projeto de lei.

E como forma de proteger quem investe em ativos virtuais, a legislação também adicionou um novo tipo de estelionato no Código Penal.

Sendo assim, organizar, gerir, ofertar ou distribuir carteiras ou intermediar operações envolvendo criptoativos para obter vantagem ilícita é considerado crime.

Com isso, foram incluídos na Lei nº 9.613/98, sobre lavagem de dinheiro, todos os crimes cometidos por meio do uso de ativos virtuais são um agravante.

E o que isso significa? Simplesmente no aumento de um terço a dois terços na pena de reclusão de três a dez anos, se praticados de forma reiterada.

Quais os riscos de investir em tokens?

Se você está considerando comprar e investir em tokens, precisa saber se existem riscos neste tipo de transação.

Assim como qualquer operação neste mercado, comprar tokens também oferece riscos e considerá-los é fundamental.

O que nem todos sabem é que os principais riscos de comprar tokens são a liquidez e a especulação.

Por exemplo, os NFTs ganharam muito destaque em 2022 quando diversos famosos, inclusive o Neymar, compraram esses ativos.

Na época, o jogador comprou três artes gráficas da coleção considerada mais valiosa do NFT do mundo, a Bored Ape Yacht Club, pelo valor de R$6,48 milhões.

Mas no meio do ano, para ser mais exato em junho, o mesmo ativo estava valendo R$1,45 milhão.

E isso aconteceu por conta da desvalorização do ativo virtual, que no caso era o Ether.

Por isso, precisamos destacar que não existem garantias de rentabilidade quando se compra um ou mais tokens e oscilações dos preços podem ocorrer.

Isso mostra a importância de estudar bem o mercado antes de comprar tokens, além de conhecer as empresas que estão envolvidas no projeto, pois em todos os casos de compra de token pode ocorrer a perda total ou parcial do valor investido.

É seguro investir em tokens?

Mas quando o assunto é a segurança do sistema de compra os tokens, saiba que sim, ele é seguro.

E isso se dá pelo fato do sistema de validação acontecer em uma blockchain, sob forte criptografia, e também por estar vinculado a um contrato inteligente.

É importante lembrar que os tokens têm o objetivo de oferecer mais segurança para transações online e também para proteger dados de usuários e empresas.

No entanto, precisamos ressaltar que investir em tokens pode não fazer sentido dentro de uma estratégia de investimentos personalizada para você. Para tomar decisões acertadas sobre seu dinheiro, conte com a ajuda de um especialista em investimentos.

Invista em criptoativos com a Toro Investimentos

Agora, investidores com perfil adequado podem diversificar sua carteira investindo em criptoativos com a segurança de uma corretora de valores de verdade.

Além de negociar os ativos com maior liquidez do mercado, você contará com o suporte de uma corretora de alto padrão certificada pela B3, Anbima, Banco Central e Comissão de Valores Mobiliários.

Entre na lista de espera para ser um dos primeiros a investir com a Toro. É só clicar abaixo:

Este é um educacional. Não é uma recomendação de compra ou venda de ativos e não representa a opinião da Toro e de seus Analistas de Investimentos.