As ações do setor de educação disponíveis para investir na Bolsa de Valores são: Ânima (ANIM3), Cogna (COGN3), Cruzeiro do Sul (CSED3), Ser Educacional (SEER3) e YDUQS (YDUQ3).

Educação, saúde e segurança são serviços essenciais na vida de qualquer pessoa. De tão importantes, por vezes, recorremos a serviços privados para ter melhor qualidade ou não ficar sem acesso a eles, não é mesmo? 

De acordo com dados do Censo da Educação Superior de 2019, 88,4% das instituições de ensino superior são de natureza privada no Brasil e totalizam 2.608 unidades.

Ou seja, se um aluno ingressa no ensino superior no Brasil, é mais provável que ele o faça pela rede privada. Por isso, as empresas desse segmento são tão relevantes para a economia.

SAIBA MAIS:
• Ações de energia: descubra todas as companhias do setor elétrico
Ações de shoppings: veja as melhores empresas para investir
• Ações de seguradoras: já pensou em investir no setor de seguros?

No artigo de hoje, você conhecerá quais são as ações de empresas de educação listadas na nossa Bolsa de Valores, seus destaques e como investir nelas. Vamos lá?

Nova call to actionAproveite o jeito mais fácil de investir agora mesmo Faça seu cadastro grátis na Toro

Como é o setor de educação no Brasil?

O setor de educação está em pleno crescimento no Brasil. Uma pesquisa do IBGE de 2019 revelou que o setor de educação cresceu 37,5% entre 2013 e 2017. No período, o segmento, passou de 1,3 milhão de empresas ativas para quase 1,8 milhão. Além disso, o mercado observa divisão mais igualitária entre alunos à distância e presenciais, sobretudo no ensino superior.

Em 2020, o Brasil tinha 8,6 milhões de universitários, sendo 56% no presencial e 44% na modalidade EaD, mostram os dados do Censo da Educação Superior.

Por outro lado, do ponto de vista da educação pública, o país não aumentou os gastos no setor, mesmo diante de crises. Em 2018, o gasto público com educação equivalia a 4% do PIB e se manteve no mesmo percentual nos anos seguintes, mostra levantamento da OCDE.

Além disso, a educação brasileira vem perdendo em competitividade pela falta de investimentos e políticas de universalização, aponta ranking do IMD World Competitiveness Center

Vale a pena investir em ações de empresas do setor de educação?

Em um setor que recebe menos recursos públicos, abre-se espaço para que as empresas privadas possam prosperar. Devido a esse fato, as ações de empresas de educação estão atraindo investidores também como uma forma interessante de composição e diversificação de carteiras de investimento.

Nas redes privadas de ensino, há também um número maior de vagas, o que facilita o ingresso de novos estudantes aos cursos superiores de forma paga, ou seja, fazendo as receitas das empresas privadas crescerem.

Os dados do Censo da Educação Superior de 2019 revelam um total de 15,59 milhões de vagas de graduação na rede privada contra 837 mil na rede pública. 

Ou seja, como vimos, a educação superior brasileira é majoritariamente privada. Desse modo, as empresas que atuam nesse setor tem amplo espaço de crescimento, justamente pela demanda crescente e pela deficiência do investimento público. 

SAIBA MAIS:
Empresas de saúde na Bolsa: conheça quais ações comprar no setor
Ações do setor de varejo: veja as melhores empresas varejistas da B3
Ações de empresas de tecnologia: está na hora de investir neste setor?

Além disso, com o investimento em ações de educação, é possível aumentar a diversificação de sua carteira de ações por meio da inclusão de mais um setor econômico, reduzindo o risco geral do portfólio e ampliando as chances de ganho no longo prazo.

Por falar em carteira de ações, confira um vídeo especial sobre o assunto com a Analista da Toro Investimentos, Stefany Oliveira:

Saia na frente e aproveite as ações mais promissoras do momento Invista como um Pioneiro da Bolsa

Quais são as ações de empresas de educação na Bolsa de Valores?

Gosta do segmento de educação e deseja ter esse tipo de ativo na sua carteira? As melhores ações de empresas de educação listadas na Bolsa de Valores (B3) são:

Empresa Código Ramo de atuação
Ânima Educação ANIM3 Ensino Superior, transformação tecnológica, formação de executivos, entre outros.
Cogna Educação COGN3 Educação básica ao ensino superior (B2B), além de serviços B2C.
Cruzeiro do Sul Educacional CSED3 Ensino superior, educação infantil e básica (fundamental e médio).
Ser Educacional SEER3 Ensino superior (presencial e EaD).
YDUQS YDUQ3 Ensino superior, escola de negócios, preparação para concursos, entre outros

Fontes: B3 e Relações Com Investidores das companhias
*Dados dos RIs das empresas

Lembrando que as ações de educação acima não são recomendações de compra nem necessariamente expressam a opinião dos Analistas da Toro.

As companhias citadas são as mais destacadas no setor de educação listadas na Bolsa de Valores. Além dos ramos de atuação pontuados, vamos conhecer um pouco mais sobre elas:

1. Ações da Ânima Educacional (ANIM3)

A Ânima é uma das empresas mais relevantes no segmento da educação privada no Brasil. Recentemente foi premiada na 2ª posição do ranking setorial de educação no Anuário Época Negócios 360º

Quem se tornar sócio por meio de aquisição de ações da Ânima também será dono de instituições presentes em 12 estados brasileiros que contam com 330 mil estudantes e 18 mil educadores, de acordo com dados do RI da empresa.

Entre as instituições da Ânima, destacam-se: UNA, UNIBH, Anhembi Morumbi, UniCuritiba, Faculdade Milton Campos, Faseh, Gama Academy, HSM, UniSul, entre outras.

2. Ações da Cogna Educação (COGN3)

A Cogna Educação é dona das marcas Kroton, Platos, Saber e Vasta/Educação. A empresa é, segundo o departamento de Relações com Investidores, uma holding que visa oferecer serviços nos segmentos B2B e B2C.

Recentemente, anunciou a fusão à Anhanguera e a aquisição do grupo Somos, um dos principais nomes entre as instituições de educação básica. De acordo com dados da empresa, tem mais 1,3 milhão alunos na rede Vasta, o principal braço do seu negócio.

Quem detiver ações da Cogna Educação também será dono de centenas de unidades, escolas parceiras e polos educacionais. 

3. Ações da Cruzeiro do Sul Educacional (CSED3)

De acordo com números do RI da companhia, a Cruzeiro do Sul é o quarto maior grupo de ensino do Brasil em número de alunos ativos (341 mil) em 14 instituições de ensino superior e 5 instituições de educação infantil e básica (infantil, fundamental e médio). 

Quem desejar se tornar sócio da Cruzeiro do Sul, também será dono de instituições como: Universidade Cidade de São Paulo, Universidade Positivo, Universidade Cruzeiro do Sul, Colégio Cruzeiro do Sul, Centro Universitário João Pessoa (Unipê), entre outros além da Cruzeiro do Sul Virtual.

4. Ações da Ser Educacional (SEER3)

Companhia educacional com atuação nas regiões Sudeste, Norte e Nordeste do Brasil. Dados do RI da empresa indicam cerca de 185 mil alunos matriculados, sendo a maioria deles na graduação superior presencial.

A Ser Educacional é dona de marcas como: UniNassau, Faculdades Joaquim Nabuco, Universidade da Amazônia, Universidade de Guarulhos, UniVeritas, entre outras. Por fim, faz parte da estratégia da empresa desenvolver suas vantagens competitivas em regiões com alto potencial de crescimento.

5. Ações da YDUQS (YDUQ3)

Os acionistas da Yduqs são donos de marcas como: Estácio, Wyden Educacional, Ibmec, Athenas Educacional, CursoClio, UniToledo, entre outras. A empresa é uma holding que se consolida como uma das maiores instituições de ensino privado do Brasil.

Conforme o Relações com Investidores da empresa, já passam dos 1.000 polos e reforçando o EaD por todo o país, estando presente em mais de 700 municípios brasileiros. Seus principais ramos de negócio, hoje, são a Estácio e o Ibmec, empresas de destaque nas suas áreas de atuação.

As ações da Yduqs estão entre as recomendações de nossos Analistas para o investimento a longo prazo na Bolsa de Valores.

Todas as ações apresentadas, com exceção da Cruzeiro do Sul Educacional, fazem parte do Índice Small Caps na Bolsa de Valores, isto é, as empresas com menor capitalização de mercado e com grande potencial de valorização. Entenda mais sobre esse conceito no vídeo a seguir:

Invista nas ações com maior potencial para crescer e surpreender Tenha a carteira exclusiva dos Pioneiros da Bolsa

Como analisar e escolher ações de educação?

Afinal, entre várias alternativas entre empresas de educação, como escolher as melhores para incluir compor seu portfólio de investimentos?

Logo abaixo, destacamos alguns itens que devem ser considerados na sua Análise Fundamentalista do longo prazo, isto é, para se você tem o interesse de levar o investimento por mais tempo do que simplesmente comprar e vender:

  • Entenda quais são os ramos educacionais e os serviços que a empresa vende.
  • Compreenda como é a concorrência do setor, especialmente com escolas públicas e demais instituições privadas.
  • Estude o impacto do Ensino à Distância no faturamento dessas empresas e se elas estão preparadas para vender isso com qualidade.
  • Observe o crescimento da companhia, analisando número de alunos, receita, ticket médio por aluno, patrimônio, lucro e margens.
  • Entenda a gestão do endividamento e alavancagem da empresa frente a seus concorrentes.
  • Pesquise se a empresa adquire outras marcas, oferece novos produtos e expande seu market share.
  • Analise como a empresa se comporta quanto à política de pagamento de dividendos.
  • Estude a reputação da empresa no mercado e como os clientes avaliam seus produtos e serviços.

Para este setor, os itens acima são iniciais para definir se uma empresa é boa ou não para se tornar sócio. Para saber como fazer a Análise Fundamentalista completa, veja o artigo especial que preparamos no link abaixo:

ARTIGO ESPECIAL • Análise de ações: checklist completo para o método fundamentalista

Como comprar ações de empresas de educação?

Para finalizar, descubra como comprar ações de empresas do setor de educação na Bolsa de Valores sem grandes dificuldades. Veja, no infográfico a seguir, o tutorial simplificado para incluir os ativos na sua carteira. 

Como investir na Bolsa de Valores

Caso precise de mais algum de apoio, assista ao vídeo abaixo e veja como comprar ações na plataforma da Toro Investimentos, a mais moderna do mercado e com Corretagem Zero:

Invista na Bolsa com taxa Zero de verdade Abra sua conta grátis