O mercado de investimentos é composto de alguns termos e siglas que, a princípio, podem te confundir na hora de começar a investir. Porém, aprender sobre o mercado não é tão complicado assim. Termos, como ROE, possuem explicações simples e é importante que você entenda para ter sucesso em seus investimentos.

Na hora de começar a investir, é natural que a primeira pergunta seja qual a rentabilidade de um investimento, não é mesmo?

Para chegar a essa resposta, são necessárias algumas fórmulas, além de levar em consideração alguns elementos importantes, entre eles o próprio ROE.

Dessa forma, nossa proposta aqui é esclarecer para você o que é ROE, a relevância deste termo para o mercado e, principalmente, para o sucesso de suas aplicações financeiras.

Portanto, ao longo deste artigo, você vai encontrar respostas para as seguintes perguntas:

  • O que significa ROE?
  • Por que o ROE é importante para os investimentos?
  • Como calcular o ROE?
  • Quais cuidados você deve ter ao utilizar o ROE para decidir onde investir?

O que é ROE

Quando falamos em ROE, estamos usando a sigla em inglês para Return On Equity, termo que pode ser traduzido para o português como Retorno sobre o Patrimônio Líquido.

De uma forma bem direta, podemos dizer que ROE é um indicador que tem como objetivo analisar e medir a capacidade que uma empresa tem para gerar valor para o negócio e para investidores, a partir dos recursos que a própria empresa possui.

O ROE pode ser entendido como uma forma de determinar o retorno total do lucro líquido de um investimento em uma empresa.

Se você está pensando em investir em ações de uma determinada empresa, especialmente no longo prazo, o ROE é um dos fatores que você pode considerar para saber qual a possível rentabilidade do investimento, analisando o lucro gerado aos acionistas que já investem nessa empresa.

Assim sendo, o ROE é um dos indicadores que devem ser analisados para que você veja qual a melhor forma de aplicar seu dinheiro. Afinal, quando o assunto é investir, sabemos que para, ter bons resultados com seus investimentos, é preciso que ter planejamento e observar do mercado.

Na hora de investir na Bolsa de Valores e nas ações de empresas disponíveis nesse ambiente, a lógica é a mesma. Quanto mais você sabe sobre o mercado de financeiro e sobre a empresa escolhida, mais chances você tem de obter bons rendimentos e ter sucesso com seus investimentos.

Aprenda como se tornar um investidor de sucesso na Bolsa
Acesse o curso gratuito

Para que serve o ROE

Como falamos, o ROE é um indicador que é fundamental na hora de escolher o melhor investimento para aplicar seu dinheiro. Afinal, por meio deste número, é possível comparar a rentabilidade da empresa, e a possibilidade dela apresentar bons resultados, e assim valorizar o investimento de quem aplicou dinheiro em suas ações.

O ROE te permite entender o rendimento da empresa, além do lucro líquido apresentando por ela ao longo do ano.

Em um mercado financeiro cada vez mais dinâmico e que pode apresentar bastante volatilidade, você deve procurar análises que são baseadas no desempenho real das empresas, evitando análises superficiais.

Podemos dizer, então, que o ROE é o caminho para você medir a performance da empresa, identificando se os investidores que possuem ativos dela conseguem ter bons rendimentos com suas ações.

Mas se você ainda não entendeu a função do indicador para o seus investimentos, vamos te apresentar um exemplo muito comum.

Digamos que, analisando as empresas que possuem ações disponíveis na Bolsa de Valores, você identificou que o ROE de uma delas é maior do que as das suas concorrentes em questão. Dessa forma, podemos dizer que você encontrou uma possível boa oportunidade.

Investir nas ações dessa empresa pode ser uma boa ideia porque, quanto maior o ROE de uma empresa, maiores são as chances de valorização dos seus ativos. Se transformando em boas opções para composição de uma carteira de investimentos equilibrada.

Isso significa que, muitas pessoas que conseguem bons resultados em investimentos, analisam o ROE das empresas para descobrirem quais são os melhores ativos do mercado.

Descubra as ações mais interessantes do momento
Explore o mercado

Como calcular o ROE

Existe uma fórmula bem simples para determinar o ROE de uma empresa. Este indicador é expresso em uma porcentagem que determina qual foi o lucro líquido acumulado nos últimos 12 meses dividido pelo valor do patrimônio líquido da empresa.

Parece complicado? Podemos simplificar ainda mais e apresentar a fórmula exata para determinar o ROE:

ROE = Lucro líquido ÷ Patrimônio líquido

Ao calcular o ROE, você deve considerar o lucro líquido relativo ao ano fiscal completo. Isso quer dizer que deve considerar o valor antes do pagamento dos dividendos aos investidores que possuem ações ordinárias, mas depois dos dividendos pagos para ações preferenciais.

Para ficar mais claro: para saber o lucro líquido necessário para calcular o ROE você deve considerar o período de tempo escolhido pela empresa para sua prestação de contas, tendo como base o intervalo de pagamento dos dividendos a investidores com ações preferenciais e ordinárias.

Quando falamos em patrimônio líquido, você deve considerar o valor que os acionistas da empresa possuem em ações da organização.

Uma outra forma simples de entender o patrimônio líquido de uma empresa é buscar os balanços financeiros fornecidos por ela e encontrar a diferença entre os ativos e passivos obtidos em determinado período.

Quando falamos em ativos, estamos falando sobre os investimentos que a empresa possui e que contribuem para aumentar o poder aquisitivo da própria empresa. Títulos financeiros, ações e imóveis, são alguns exemplos de ativos de organizações.

Por outro lado, os passivos são as obrigações financeiras que a empresa precisa se preocupar, isso é, o que a faz gastar sem que aconteça um retorno direto e significativo. Contas a pagar, impostos e hipoteca são alguns exemplos de passivos.

Diferença entre ROE e ROIC

Essas siglas parecidas, podem confundir muitos investidores desatentos. O ROIC (Return On Invested Capital) ou Retorno Sobre Capital Investido, é um outro indicador que faz parte do mercado de investimentos, mais precisamente a parte que mede o retorno dos investimentos.

Apesar de serem parecidos, ROE e ROIC são bem diferentes. Enquanto o ROE diz respeito ao retorno sobre o patrimônio líquido da empresa, o ROIC tem a função de medir o capital total investido. Isso quer dizer que este indicador contabiliza o capital da empresa e o que vem de fora, considerando financiamentos e empréstimos, por exemplo.

Para ficar mais fácil seu entendimento, vamos resumir cada um:

  • ROE: indica o valor que uma empresa consegue gerar a partir do que é aplicado pelos acionistas, que representa o patrimônio total.
  • ROIC: indica qual é a capacidade da empresa em gerar lucro a partir do capital total investido.

Cuidados com o Retorno sobre o Patrimônio Líquido (ROE)

Como você aprendeu, o ROE é um dos indicadores fundamentais para que você identifique quais são as melhores oportunidades de investimento. Estudando este e outros dados, você consegue entender como é o histórico da empresa em relação ao seu patrimônio e assim realizar projeções.

O ROE é um importante indicador que você deve avaliar para escolher o melhor investimento, mas não deve ser o único.

Essa análise deve fazer parte de um grupo de outros fatores ligados a uma empresa, que possibilita que você tenha um conhecimento mais aprofundado sobre ela.

Um exemplo que você pode encontrar no mercado é o caso de determinada empresa que possui a porcentagem referente ao ROE elevada, porém, apresenta dívidas que comprometem suas atividades.

Dessa forma, podemos destacar a importância da análise de ações, seja ela análise técnica para o curto prazo ou seja a análise fundamentalista para o longo prazo, para encontrar boas opções de investimentos.

Pensou que investimento era feito na base da sorte? Nada disso. Todas as suas decisões devem estar muito bem embasadas antes de aplicar seu dinheiro. Dessa forma, você consegue aumentar suas chances de sucesso.

É por isso que a análise de ações é tão valorizada por investidores inteligentes.

Esse tipo de estudo tem como base diversos fatores, inclusive o ROE, que são analisados para estabelecer dados mais completos sobre a saúde financeira e perspectiva de crescimento da empresa.

Para que você consiga perceber as melhores oportunidades é importante conhecer o mercado, ter atenção quanto ao movimento das empresas na Bolsa de Valores e ter sempre atenção ao que acontece para conseguir investir corretamente e no momento certo.

Conheça as melhores oportunidades da Bolsa agora
Explore o mercado