O prazo de vencimento em um investimento é a data em que ele vai “acabar” e o dinheiro voltará para você (com os rendimentos, é claro). Na hora de compor um portfólio de investimentos completo e rentável, é importante se atentar ao prazo das aplicações para que seja compatível com todo o seu planejamento financeiro.

Neste artigo, a equipe do Yubb, o buscador de investimentos online, vai te mostrar 10 passos para você escolher o melhor prazo de vencimento nas suas aplicações para ganhar mais dinheiro no futuro.

Prazo-de-investimento

1. Entenda a importância dos prazos

Alguns investidores “menosprezam” o prazo de vencimento dos investimentos e só prestam atenção na rentabilidade. Ou seja, o primeiro passo é que você entenda a importância dessa estratégia! Escolher o prazo certo é essencial para que você monte uma carteira adequada para realizar todos os seus objetivos pessoais. Inclusive, em muitos casos, é o prazo que determina a rentabilidade (normalmente, quanto maior o prazo, maior a rentabilidade), e não o contrário. Já começou a perceber a importância do prazo?

2. Defina seus objetivos

Quais são os seus objetivos financeiros? Casar? Pagar a faculdade dos filhos? Trocar de celular? Comprar uma casa na praia? Passar as férias nos Estados Unidos? Defina exatamente quais são as suas metas de vida. A dica aqui é que você escolha três objetivos: um de curto prazo, um de médio prazo e um de longo prazo. A partir disso, fica mais fácil escolher os investimentos que mais se encaixam no planejamento. Afinal, não faz sentido escolher um investimento com prazo muito longo (por exemplo, de 5 anos) se o seu objetivo é viajar daqui a 6 meses.

3. Entenda qual tipo de liquidez é necessária

Além dos seus três objetivos para curto, médio e longo prazo, é importante ter uma reserva de emergência para não ter nenhum imprevisto negativo no futuro. Para criar uma reserva de emergência, é importante que o investimento tenha liquidez diária (possibilidade de resgate a qualquer momento). Tendo parte do seu dinheiro separado para eventuais emergências, você poderá destinar o restante dos recursos para investimentos com outros prazos de vencimento.

Já nos objetivos mais longos, a liquidez no vencimento (sem possibilidade de resgate antecipado) pode ser uma melhor opção, porque normalmente tem uma rentabilidade maior. Por isso, é importante que você defina qual tipo de liquidez vai precisar em cada investimento e cada objetivo definido no item #2.

4. Escolha os investimentos para curto prazo

Quer comprar um computador novo daqui a 4 meses? Quer fazer uma viagem de férias daqui a um ano? Esses são exemplos de objetivos de curto prazo. No mundo das finanças, curto prazo é um período de, no máximo, 2 anos. Para realizar esses objetivos, você precisa escolher investimentos seguros (conservadores). Algumas opções:

  • Tesouro SELIC: título público do Tesouro Direto em que você tem a possibilidade de resgatar a quantia antes do prazo final sem perder dinheiro.
  • CDB: é possível encontrar bons Certificados de Depósito Bancários (CDBs) com liquidez diária e também com prazos mais curtos.
  • LCI e LCA: >existem Letras de Crédito Imobiliárias (LCIs) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs) com prazos de vencimento bem curtos (a partir de 3 meses) com o benefício de serem títulos sem tributação do Imposto de Renda.

5. Escolha os investimentos para médio prazo

Médio prazo é um período entre 2 e 5 anos - é aquele meio-termo entre os objetivos que estão próximos e os que estão longe. Na hora de escolher os investimentos, isso significa que você precisa de segurança (já que não é um período tão longo assim), mas também pode aceitar um prazo mais longo para tentar ganhar mais dinheiro. Algumas opções:

  • LCI e LCA: a maioria das LCIs e LCAs tem prazos de vencimento entre 2 e 5 anos e podem ser uma boa oportunidade.
  • LC: As Letras de Câmbio (LC) são investimentos emitidos por financeiras e os prazos normalmente estão entre 2 e 5 anos. Como são menos conhecidos, costumam render mais.

6. Escolha os investimentos para longo prazo

Você tem o sonho de se aposentar tranquilamente e viver de renda? Isso é longo prazo! Nas finanças, longo prazo é um período acima de 5 anos. Normalmente, as pessoas não dão muita atenção ao longo prazo porque são imediatistas, mas é muito importante se preparar para o futuro. Nos investimentos de longo prazo, as opções podem ser mais arriscadas, porque você tem mais tempo para se planejar em caso de perda. Confira:

  • Tesouro IPCA ou Tesouro prefixado: os títulos do Tesouro Direto com prazos longos são uma ótima oportunidade para quem quer garantir a segurança.
  • Renda variável: desde ações da bolsa de valores até COEs, os investimentos em renda variável são bons para quem quer arriscar e ganhar mais a longo prazo.

7. Fique atento ao seu perfil-investidor.

Nos tópicos acima, nós mostramos algumas opções muito boas para você aplicar o seu dinheiro de acordo com o prazo que deseja. Mas a verdade é que você também precisa levar em conta o seu perfil-investidor. Você é conservador, moderado ou arrojado? Não adianta escolher investimentos arriscados para o longo prazo se você é muito conservador, por exemplo. Respeite o seu perfil na hora de escolher os seus investimentos! Caso contrário, você se preocupará com o investimento e pode até querer tirar antes da hora, correndo o risco de perder dinheiro.

8. Faça projeções de rentabilidade

“Quanto eu vou ganhar ao final desse investimento?” é uma pergunta que recebemos muito dos usuários do Yubb. Na hora de escolher os melhores prazos para as suas aplicações, faça as contas de quanto realmente você vai receber de rendimento. Se for um pós-fixado indexado ao CDI, por exemplo, vale a pena fazer o cálculo com DI Futuro para ter uma projeção melhor. Tenha cuidado para ter uma expectativa próxima da realidade e não se frustrar ao final do prazo.

9. Crie uma carteira com diferentes prazos

Agora que você já escolheu todos os investimentos, é a hora de compor a sua carteira! Decida quanto dinheiro você vai precisar para concretizar os seus objetivos (R$) e em quanto tempo você precisa juntá-lo (meses ou anos) para realizar os três sonhos (curto, médio e longo prazo). Ao escolher diversos prazos de investimento em diferentes aplicações, consequentemente você estará criando um portfólio diversificado.

Dica: fique atento para não perder os prazos de vencimento! Assim que os investimentos forem vencendo, use o dinheiro para realizar o seu objetivo ou invista novamente em outra aplicação. Nada de deixar dinheiro parado!

10. Continue investindo

Esse é, sem dúvidas, o ponto mais importante para qualquer investidor. Ter disciplina para economizar dinheiro todos os meses e investir é um passo essencial para seguir ganhando dinheiro. Realizou um objetivo? Crie outro! Acumulou patrimônio? Pense em acumular mais! Continuar investindo é muito importante para ter uma vida financeira tranquila.

Como muitas coisas na vida, a parte mais difícil é começar a investir e criar uma rotina e uma mentalidade de investimentos recorrentes. Conseguindo fazer isso, será muito mais fácil para você investir sempre que tiver uma sobra de capital. Tenha foco que o resultado chegará!


Você já tem os seus objetivos definidos para criar uma carteira com diferentes prazos? Gostou das nossas dicas? Deixe a sua experiência aqui embaixo nos comentários.


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Esse artigo foi escrito pela equipe do Yubb:

Débora DuarteDébora é produtora de conteúdo no Yubb e formada em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Bernardo Pascowitch Bernardo é fundador e CEO do Yubb, buscador online de investimentos totalmente gratuito. Bernardo é formado em direito pela Universidade de São Paulo (USP).