Você sabe o que é e como funciona o dólar futuro? Apesar de ter nome um pouco estranho, ele pode ser uma excelente alternativa para ganhar com a cotação do dólar. Neste texto, mostraremos quais são as vantagens do dólar futuro e como investir nesse tipo de ativo. Continue lendo até o fim para saber mais a respeito do assunto.

O que é dólar futuro?

Em termos bastante resumidos, ele é uma commodity financeira negociada na Bolsa de Valores. Ou seja, o dólar futuro tem um funcionamento diferente de quando você adquire a moeda norte-americana em uma casa de câmbio para viajar.

O mercado de finanças entende o dólar futuro não como uma moeda física — que podemos utilizar para fazer compras, mas como algo que pode valorizar ou desvalorizar futuramente.

Assim, saiba que as transações envolvendo esse tipo de dólar não consideram apenas a cotação do dólar hoje, pois se tratam de contratos de compra ou venda em que você negocia na data presente o valor do dólar em uma data futura.

Aliás, ele não é negociado ou convertido em espécie. Nessas operações, as pessoas que investem negociam contratos.

Agora que explicamos o que é dólar futuro, à primeira vista pode até parecer complicado, mas no próximo tópico mostraremos como ele funciona.

Aprenda a investir na Bolsa de Valores em menos de 1 hora. Assista grátis

Como funcionam os contratos de dólar futuro?

Esse tipo de ativo é negociado na Bolsa de Valores, em um ambiente chamado Mercado Futuro. O nome já indica como funciona o dólar futuro: você pode adquirir um contrato hoje, por exemplo, e negociá-lo mais para frente, de acordo com o vencimento determinado no ato da compra.

A ideia é contar com as oscilações da moeda para obter um rendimento satisfatório com as suas operações. Os contratos de dólar futuro são disponibilizados pela B3, com vencimento em todos os meses do ano, assim você pode tentar ganhar com a valorização (compra) ou com a desvalorização (venda) desta commodity em diversos prazos.

O preço do contrato é definido no momento da negociação, porém o pagamento será apenas na data de vencimento.

Esses contratos são divididos em duas categorias distintas: contratos cheios de dólar (DOL) e minicontratos de dólar (WDO). Os primeiros são voltados a quem deseja movimentar grandes quantias de dinheiro. O segundo, por sua vez, é mais indicado às pessoas que preferem movimentar montantes menores.

Isso porque um contrato cheio (DOL) corresponde a uma movimentação de US$50 mil. Geralmente, o lote mínimo negociado é de 5 contratos, isto é, um valor equivalente a US$250 mil. Os minicontratos (WDO) equivalem a 20% do contrato cheio. Dessa forma, cada minicontrato vale US$10 mil e não há um mínimo necessário para operá-lo.

Apesar de serem quantias altas, tenha em mente que você não precisa ter todo o valor negociado em conta. Para negociar contratos de dólar futuro, você pode utilizar a alavancagem. Ela possibilita que você invista em contratos de preços elevados oferecendo apenas uma parte do valor, conhecida como margem de garantia, que pode ser constituída por títulos de renda fixa, ações ou dinheiro.

Como funciona a cotação do dólar futuro?

No tópico anterior, mostramos como os contratos funcionam — eles são mais acessíveis do que parece, concorda? Vamos conversar, agora, sobre como é a cotação do dólar futuro.

Embora sejam índices diferentes, aquela cotação que podemos acompanhar diariamente nos jornais serve para entender melhor as variações do dólar futuro.

Lembre-se: os ativos da Bolsa estão
sempre sujeitos a inúmeras oscilações.

Diversos fatores podem influenciar: eleições presidenciais, alterações na economia, dados relacionados à inflação e assim por diante. O cenário econômico dos Estados Unidos também deve ser considerado, já que esse é o país responsável pela emissão da moeda.

Caso você opte por adquirir um contrato de US$50 mil, por exemplo, é preciso pensar qual será o preço desse montante — na moeda brasileira, o real — em uma data futura. Esse é o pensamento que deve guiar todas as operações de compra e venda de contratos futuros de dólar.

Aprenda a criar o seu futuro com investimentos. Curso grátis

Como investir no Mercado Futuro?

Como adiantamos, a negociação de dólar futuro é feita no Mercado Futuro. Para começar a operar esse tipo de contrato, o primeiro passo é ter conta em uma corretora de valores. Portanto, capriche na escolha da instituição financeira.

Dessa forma, você contará com suporte, recomendações e análises de quem realmente entende do assunto. Antes de se decidir, não se esqueça de também verificar as taxas cobradas (corretagem, permanência, liquidação, etc.) e a reputação da empresa no mercado, ok? Os contratos são negociados por meio da plataforma de sua corretora.

Na Toro, você pode comprar e vender contratos futuros com poucos cliques.

Nossa equipe está sempre de olho no mercado para recomendar as melhores oportunidades do momento. Se você se interessar por alguma, basta inserir o valor que deseja investir, checar o ganho e o prejuízo estimados, e então enviar a ordem. E o melhor: seguindo nossas recomendações, você só paga taxa de corretagem na Toro se tiver lucro.

Um detalhe importante: lembra quando falamos sobre a margem de garantia necessária para negociar altos valores? Nos minicontratos, ela, atualmente, gira em torno de R$430,00 por cada contrato. Nos contratos cheios, os valores se aproximam de R$45.000,00, sendo que o lote mínimo é 5 contratos.

Vamos fazer um exercício prático? Se você pretende operar com 10 minicontratos de dólar futuro, basta multiplicar esse número pelo valor mínimo exigido pela margem de garantia (R$430,00). Assim, você precisaria oferecer um total R$4.300,00 como garantia.

Você também pode alavancar seu capital, potencializando suas operações sem pagar nem receber pelos valores dos contratos.

Nesse caso, tanto o lucro quanto o prejuízo são apenas o que oscilou durante a operação. Ou seja, se você movimentou R$ 50 mil e recebeu R$ 52 mil de volta, o valor que cairá na sua conta será R$ 2 mil. Da mesma forma, se ocorre perda, você terá que pagar os R$ 2 mil e não o total.

Embora alavancar represente um aumento em suas possibilidades, esse ato também implica no crescimento dos riscos que você corre ao investir. Desse modo, não deixe de contar com o auxílio de profissionais e análises bem estruturadas, certo?

Aprenda a investir na Bolsa de Valores em menos de 1 hora. Assista grátis

Investir em dólar futuro é mesmo uma boa ideia?

Depois de ler todas essas informações você, provavelmente, está se perguntando se aprender como investir em dólar futuro é realmente uma boa opção. Assim como outras aplicações financeiras, ele oferece benefícios e riscos como você pode perceber.

Uma das principais vantagens do dólar futuro é a possibilidade de conseguir uma rentabilidade muito alta em poucos minutos.

Como se trata de um mercado repleto de mudanças, você pode obter lucros elevados em pouquíssimo tempo. No entanto, para que isso de fato aconteça, é fundamental conhecer o mercado, ter disponibilidade e saber lidar com as baixas.

Considere que essa alternativa, assim como outros investimentos, tende a trazer melhores resultados se estiver de acordo com o perfil de quem investe. Por isso, antes de investir em dólar futuro, descubra qual é o seu perfil e quais são seus objetivos para saber se essas operações são adequadas para você.

Monte grátis sua carteira de investimentos. Teste grátis