HASH11 é o ETF de criptomoedas da Bolsa de Valores do Brasil. Essa é a alternativa para quem deseja investir em ativos digitais contando com todo respaldo da B3 e dos principais órgãos regulamentadores do Brasil.

Desde que passou a ser conhecido, o investimento em criptomoedas chama atenção de pessoas do mundo todo. No entanto, aqui no Brasil, para muitas pessoas, essa modalidade ainda é considerada complicada e, principalmente, arriscada.

Porém, com a chegada do HASH11 na Bolsa de Valores do Brasil, o primeiro ETF referenciado a criptomoedas, esse cenário mudou. Agora, você, como investidor, tem uma alternativa para aproveitar os rendimentos de uma categoria de ativos muito procurada no mercado: os criptoativos

No entanto, sempre ressaltamos que é necessário muita cautela e conhecimento para investir nesse mercado, principalmente entendimento sobre os riscos.

Além disso, reforçamos que o ideal é que essa modalidade seja apenas uma pequena fração com compõe sua carteira de investimentos diversificada. 

Mas, para simplificar e te mostrar como investir em HASH11, nesse conteúdo você vai entender desde o conceito até os passos necessários para realizar esse investimento. 

Entenda nesse artigo:

  • O que é HASH11;
  • Composição do HASH11;
  • Como funciona o investimento em HASH11;
  • Como comprar ETF HASH11;
  • Vantagens de investir em HASH11.

O que é HASH11?

HASH11, ou Hashdex Nasdaq Crypto Index Fundo de Índice, é o ticker de negociação do ETF de criptomoedas negociado na B3, a Bolsa de Valores do Brasil. O objetivo desse ETF é permitir que os investidores aproveitem as oportunidades do mercado de criptomoedas. 

Antes de avançarmos no conceito de HASH11, precisamos ter certeza de que você sabe o que é um ETF. ETF é a sigla para Exchange Traded Funds. Na prática, os ETFs são Fundos de Investimento que replicam índices de alguns dos mais importantes mercados. Um dos principais exemplos de ETF é o IVVB11, que replica o desempenho das ações da bolsa americana conforme o índice S&P 500.

Por meio dos ETFs é possível investir em mercados fora do Brasil e agora, com o HASH11, também em criptomoedas.

No caso do HASH11, a gestora responsável por ele é a Hashdex, que no início de novembro de 2021 alcançou a marca de US$1 bilhão (R$5,60 bilhões) em ativos sob sua gestão.

Este ETF de criptomoedas estreou na Bolsa de Valores do Brasil no dia 26 de abril de 2021 e sua oferta pública inicial (IPO) movimentou R$600 milhões. Com esse sucesso, rapidamente o ativo entrou na lista dos investimentos mais procurados por investidores. 

O interesse por esse mercado e a segurança de investir em ETF possibilitou que, 2 meses após seu lançamento, o HASH11 já ocupava o posto de quinto maior ETF da B3, atrás apenas de alternativas mais conhecidas como BOVA11, SMAL11, IVVB11 e XINA11.

Tem interesse em investir em bons ETFs? Na plataforma na Toro, você encontra um filtro exclusivo com os principais ETFs da Bolsa e consegue investir nos principais mercados do mundo com poucos cliques e sem pagar taxa de corretagem.

Veja quais são os melhores ETFs para investir agora Acesse grátis

Qual a composição do HASH11?

Como falamos, um ETF tem como objetivo replicar o desempenho de algum índice do mercado financeiro. Nesse caso, o HASH11 replica o NCI, ou Nasdaq Crypto Index.

Esse índice é desenvolvido pela Nasdaq em conjunto com a Hashdex, sendo composto pelos principais criptoativos do mercado.

É preciso destacar que, da mesma forma como acontece com outros índices, periodicamente acontece um processo de análise dos ativos e rebalanceamento da composição dessa carteira teórica. 

No caso do HASH11, esse processo é realizado 1 vez a cada três meses. Para você ter uma ideia, no segundo trimestre de atuação deste ETF de criptomoedas a composição era a seguinte:

  • Bitcoin (63,3%)
  • Ethereum (33%)
  • Litecoin (1,00%)
  • Chainlink (0,80%)
  • Bitcoin Cash: (0,50%)
  • Uniswap (0,50%)
  • Stellar Lumens (0,40%).

Com essa composição, destacamos que esse investimento em HASH11 pode ser uma boa oportunidade para quem procura ativos para composição de uma carteira diversificada. Investir em ETFs, BDRs, FIIs e outros ativos variados é uma das melhores práticas quando o assunto é gerenciar riscos por meio de uma carteira balanceada. 

No entanto, sempre ressaltamos a importância de entender exatamente o funcionamento dessa composição de carteira e, sobretudo, das formas de acompanhar e balancear sempre que necessário. Além disso, conte com uma carteira diversificada, ou seja, não invista todo seu dinheiro em um mesmo ativo. 

Veja como montar uma carteira diversificada com ETFs, BDRs, FIIs  Assista aulas grátis

Como funciona o investimento HASH11?

O primeiro ponto necessário a se levantar sobre o funcionamento do HASH11, é a taxa de administração. Para investir nesse ETF é preciso saber que há a cobrança da taxa de administração todo ano. 

Entretanto, levando em consideração as oportunidades do investimento em criptomoedas, essa taxa pode ser considerada justa, possibilitando que novos investidores consigam entrar no mercado de criptomoedas. 

Outro ponto importante sobre o funcionamento do HASH11 é a simplicidade de investir em um ETF. Abaixo, vamos apresentar um passo a passo que vale da mesma forma para outros ativos da Bolsa de Valores do Brasil que forem do seu interesse.

Assim, não há a complicação encontrada por muitos investidores que desejam investir em Bitcoin ou outros criptoativos.

Portanto, o funcionamento do investimento em HASH11 segue o padrão de boa parte dos ativos negociados na Bolsa. Isso quer dizer que você pode obter rendimentos a partir da compra de ativos por um preço e da venda desses ativos por um preço maior. 

Nesse ponto é sempre preciso destacar uma máxima do mercado: rentabilidade passada não é garantia de ganhos futuros. 

Dessa forma, é preciso que você tenha em mente que, assim como outros investimentos da renda variável, o preço de venda do HASH11 pode apresentar um cenário de queda e gerar riscos para seus investimentos. 

Por isso, não há outra saída: é preciso que você entenda exatamente o funcionamento da Bolsa de Valores para conseguir os melhores resultados nesse mercado. Você pode obter esse conhecimento em um curso de Bolsa de Valores, em lives, aulas gratuitas ou materiais como esse, o importante é que você sempre entenda o que está fazendo.

Saiba como dominar a Bolsa e revolucionar seus investimentos Assista a aulas grátis agora

Quais as vantagens de investir em HASH11?

Olhando para todo esse contexto sobre o mercado de criptomoedas, os investimentos em ETFs e a Bolsa de Valores, a pergunta que fica é: por que investir em um ETF de cripto e não diretamente nas moedas?

Para que você entenda essa resposta, separamos as 4 principais vantagens do investimentos em ETFs como o HASH11.

Segurança

Como falamos no início deste texto, a segurança é sempre um ponto levantando quando o assunto são criptomoedas. Algumas corretoras especializadas nessas moedas (Exchanges) não facilitam o processo e também há regulamentação para esse investimento por meio de exchanges.

Ao investir em ETFs como o HASH11 você passa a contar com toda a segurança da Bolsa de Valores do Brasil e regulação da CVM e Anbima, instituições responsáveis por garantir a segurança do nosso mercado financeiro. Dessa forma, você evita o risco de cair em armadilhas e pirâmides financeiras.

Além disso, precisamos lembrar mais uma vez sobre os riscos que as moedas virtuais oferecem de todo forma, por serem ativos relativamente recentes:

Criptoativos são mais voláteis do que alocações tradicionais e aumentam substancialmente o perfil de risco da carteira.

Muitos investidores têm recorrido aos ETFs de criptomoedas como veículos seguros de aplicação nesses ativos digitais. Confira abaixo a rentabilidade dos principais ETFs do tipo na Bolsa de Valores:

Diversificação

A possibilidade de diversificar seus investimentos com criptomoedas é uma das principais vantagens. Contar com ativos diferentes em sua carteira é uma das estratégias mais eficientes, principalmente para quem busca a construção de patrimônio e investimentos de longo prazo. 

Além disso, contar com um ETF de criptomoedas é uma boa solução para não depender do desempenho de apenas uma moeda. No caso do HASH11, o resultado acontece de acordo com as moedas do índice.

Sempre que falamos em diversificação de investimentos, precisamos lembrar a importância desse processo. Ainda mais quando falamos sobre ativos digitais, um mercado ainda tão pouco regulado, a diversificação é fundamental para realizar o gerenciamento de risco. 

Tributação do HASH11

Realizar a declaração do rendimento de criptomoedas é sempre algo complexo e que gera dúvidas em boa parte dos investidores. Afinal, geralmente, é preciso contar com dados confusos das Exchages, o que complica ainda mais todo o processo. 

Já para os investimentos em ETFs, esse processo é muito simples e rápido. Como você investe por meio da corretora de valores, os dados para declaração chegam da mesma forma que investimentos em ações, por exemplo.

Além disso, quem investe em criptoativos por meio de ETFs pode compensar ganhos e perdas dentro da renda variável. Isso não é possível para quem investe em ativos digitais de forma direta.

Facilidade de investir

Por fim, a simplicidade de investir em HASH11 é, sem dúvidas, uma vantagem que merece destaque. Principalmente para quem está chegando nesse mercado, investir em criptomoedas é um processo complicado e exige certo conhecimento sobre o assunto.

Por outro lado, você pode investir em ETFs de um jeito muito simples. A seguir vamos apresentar um passo a passo, mas é importante que você saiba que aqui na Toro você consegue investir nesse e em outros ETFs com apenas 1 clique, usando o jeito mais fácil de investir na Bolsa.

Assista ao vídeo a seguir em que o nosso sócio-diretor, André Barbosa, chamou para a conversa a maior gestora de criptoativos da América Latina, a Hashdex. A profissional de Relações com Investidores da Hashdex, Precyla Eller, contou um pouco sobre a gestora e as formas de investir em criptomoedas com mais segurança através dos ETFs e Fundos de Investimentos.

Aproveite o jeito mais fácil de investir agora mesmo Faça seu cadastro grátis na Toro

Como investir no ETF HASH11?

Agora que todos os detalhes sobre HASH11 estão colocados, vamos ao passo a passo para você investir em um ETF:

Passo 1: Abrir conta em uma corretora de valores

O primeiro passo para investir é abrir uma conta em uma corretora de valores. Atualmente, existem diversas empresas que oferecem esse tipo de serviço, porém, certifique-se de que ofereça a possibilidade de investir em ETFs.

Além disso, é importante que você escolha aquela que proporcionará o melhor custo em relação à qualidade do atendimento e também que proporcione facilidade para investir. Aqui na Toro, além de contar com o jeito mais simples para investir na Bolsa, você investe com corretagem zero.

Aproveite os melhores investimentos com corretagem Zero Comece agora na Toro

Passo 2: Enviar dinheiro para sua conta

O segundo passo também é simples. Para investir em um ETF como HASH11 ou outro do seu interesse, é necessário enviar dinheiro para a sua nova conta na corretora que você escolheu. Atualmente, esse processo pode ser realizado via DOC ou TED e, geralmente, leva apenas alguns minutos.

Veja no vídeo a seguir como é fácil fazer seu investimento aqui na Toro:


Passo 3: Escolher os ativos para investir

Depois desses passos iniciais, a próxima etapa é a que você acessa a plataforma da corretora e escolhe onde investir seu dinheiro. Nesse momento, é preciso que você conte com uma plataforma simples para que você não tenha problemas e invista em alternativas que não deseja.

Além disso, é fundamental que você leve em consideração seu perfil de investidor, que adote uma estratégia focada na diversificação e pense no seu planejamento.

Passo 4: Acompanhe seus investimentos

Depois do passo anterior, você já terá os ativos em sua carteira. Dessa forma, é preciso que você fique de olho no mercado e acompanhe a performance dos ativos com certa periodicidade. 

Esse acompanhamento deve ser realizado de forma mais ativa se o seu objetivo é aproveitar as movimentações de curto prazo. Por outro lado, se você deseja esses ativos para o longo prazo, a recomendação é acompanhar para sempre balancear sua carteira de investimentos.

Aqui na Toro, você tem a ajuda dos melhores especialistas do mercado para entender o mercado e analisar sua carteira de uma forma mais profissional. Acesse nossa página de conteúdos e descubra uma série de materiais fundamentais para você aprender ainda mais sobre mercado.

Cursos, e-books, vídeos, relatórios… tudo isso grátis para você Acesse agora