Você sabia que há uma vantagem bem interessante disponível na Bolsa de Valores? Poucas pessoas sabem desse benefício e poderiam operar melhor se o conhecessem.

Pensando nisso, criamos este texto para explicar o que é margem de garantia. Ao longo da leitura, você entenderá como ela funciona, qual é sua relação com ajuste diário e outras informações úteis. Confira!

O que é margem de garantia?

A margem de garantia é uma quantia financeira que você deposita na corretora e ela te permite operar com um volume financeiro maior do que aquele que você depositou. Dessa forma, você consegue aproveitar melhor as oportunidades do mercado e tem a chance de lucrar mais na Bolsa de Valores.

Ou seja, a margem de garantia serve para cobrir eventuais perdas que você possa vir a ter.

Esse valor pode variar de acordo com o tipo de operação que pretende fazer e não necessariamente precisa ser em dinheiro.

No fim das contas, a margem funciona como o famoso cheque ou depósito caução. Algo muito parecido com a exigência de contratos de aluguel de imóveis, em que você precisa deixar uma garantia caso não consiga pagar o aluguel em algum momento.

O conceito pode parecer complicado, pois a margem de garantia exigida pode variar de um ativo para outro. Ou seja, se você investe em ações no curto prazo ou em contratos futuros de café, por exemplo, possivelmente a margem exigida por cada um será diferente. Quer saber como funciona na prática?

Aprenda a investir na Bolsa de Valores em menos de 1 hora. Assista grátis

Outro fator que pode alterar o valor da margem é o prazo escolhido. Se você pretende fazer operações de curtíssimo prazo (o famoso Day Trade, que é a modalidade de operações que começam e encerram no mesmo dia), a margem exigida será diferente de quem faz aplicações com prazos maiores.

Como você viu, a margem pode variar bastante. São 3 os fatores que determinam essa variação:

  • O ativo no qual você investe.
  • A exigência da sua corretora de valores.
  • O prazo da operação.

Margem de garantia e alavancagem

Uma das principais vantagens dessa margem é que ela permite a alavancagem. Operar alavancado é a mesma coisa que movimentar valores maiores do que o seu patrimônio.

Assim, você poderá comprar R$50.000 em ações no Day Trade, mesmo tendo só R$5.000 na sua conta, por exemplo.

Mas atenção: ao mesmo tempo em que a alavancagem traz benefícios, ela também aumenta os riscos da operações, pois nesse exemplo acima, tanto o seu lucro quanto os possíveis prejuízos que você possa ter, são referentes aos R$ 50.000,00 e não os 5.000,00 que você tem em conta. Então, este recurso deve ser usado com bastante estratégia e conhecimento, ok?

Lembra quando falamos que a margem não precisa ser apenas em dinheiro? É que também é possível utilizar títulos de Renda Fixa e até mesmo outras ações como garantia. No entanto, essa estratégia amplia os riscos da sua operação.

Por outro lado, é possível diversificar suas aplicações e fazer um planejamento levando a alavancagem em consideração. Isso pode contribuir para que você se aproxime de bons resultados com seus investimentos.

Vale lembrar que, no entanto, a alavancagem aumenta as chances de sucesso, mas também oferece mais riscos. Quer aprender a controlar os riscos de seus investimentos?

Investimentos utilizados como margem de garantia

Como você já sabe, o capital que será usado como margem não precisa ser em dinheiro, obrigatoriamente. A margem de garantia também pode ser formada por:

  • Títulos públicos do Tesouro Direto
  • Ações
  • CDB

De qualquer forma, é importante saber que nem todas as aplicações de Renda Fixa podem ser utilizadas com esse fim. E que ao usar seus investimentos de longo prazo como garantia, você pode estar expondo seu capital a um risco maior.

Ajuste diário e a margem de garantia

A margem de garantia funciona como um caução para eventuais perdas, seja você um investidor ou um trader. Para que operar Day Trade é um valor financeiro que a Bolsa de Valores e corretora exige para permitir que o usuário realize as operações de compra e venda.

Como no Day Trade a operação não tem exposição de mais do que 1 dia, essa margem de garantia é bem menor do que o financeiro total necessário para realizar posições de curto e longo prazo.

No caso dos contratos futuros de mini dólar, índice, café, boi, milho, também não se exige valor total do contrato para realizar posições de curto e longo prazo. Porém a margem de garantia exigida para esse tipo de contrato oscila a depender do prazo.

Ou seja, para Day Trade a margem de garantia é ainda menor, para curto e longo prazo a margem de garantia é um pouco maior, porém, continua sendo menor do que o valor total do contrato.

Isso vale tanto para a Bolsa quanto para quem investe, seja  ou outro tipo de investidor. Se ocorresse uma grande e inesperada variação, ela seria usada para minimizar os prejuízos, por exemplo.

Quando estamos falando em contratos do Mercado Futuro existe um aspecto que não pode ser ignorado: O ajuste diário.

O ajuste diário nada mais é do que um mecanismo de equalização de preços. Em um determinado horário, que muda de acordo com o tipo de contrato que você está operando, o mercado pondera os preços para definir o valor deste ajuste.

Para quem faz Day Trade, ou seja, compra e vende no mesmo dia, ele não impacta em nada. Agora para quem vai levar a posição dos contratos de um dia para o outro sofrerá o ajuste.

Entenda como funciona a execução de margem

A execução de margem acontece quando a pessoa que investe fica inadimplente, isto é, com o saldo negativo em conta. É um procedimento usado para cobrar quem não cumpriu com as obrigações. A ideia é evitar que todo o mercado seja prejudicado. Nada mais justo, certo?

Confira, logo abaixo, uma explicação detalhada para entender como funciona a execução de margem.

  • Quando estiver com o saldo negativo em conta, você é obrigado a depositar o valor no mesmo dia para zerar o saldo.
  • Esse depósito deve ser feito, preferencialmente, até às 12:00. Entre 15:00 e 16:00, a B3 verificará se os valores estão de acordo com as posições das pessoas que estão operando.
  • Caso a verificação identifique que alguém sem recursos suficientes realizou operações, sua posição será zerada no preço de mercado.
  • Após zerar a posição do inadimplente, haverá o desbloqueio do valor de margem, destinando-o ao ajuste diário negativo.

Essa medida é uma forma de garantir o andamento das operações. Assim, aqueles que têm suas contas em dia, terão suas posições mantidas e continuarão investindo sem prejuízos por causa dos inadimplentes.

Por possibilitar a alavancagem, a margem de garantia é uma grande vantagem pra quem opera Day Trade.

De qualquer forma, é extremamente importante entender bem a dinâmica do mercado antes de realizar operações na Bolsa de Valores. Lembre-se: é esse conhecimento que possibilita resultados satisfatórios. As margens e as operações alavancadas são dispositivos que oferecem riscos, mas que quando usados com planejamento podem te ajudar bastante.

De nada adianta utilizar a margem de garantia sem conhecer o mercado ou não ter uma estratégia definida. Certifique-se de que os ativos escolhidos combinam com o seu perfil. Caso contrário, você pode fazer más escolhas e prejudicar todo o seu capital Por isso, tome decisões conscientes e sempre faça operações respeitando seus objetivos.

Nova call to action

Veja as ações mais negociadas da Bolsa hoje. Acesse grátis