Uma das formas interessantes de ganhar dinheiro no mercado financeiro é investindo em boas empresas que pagam dividendos e outros bons proventos. E por isso, muitos investidores buscam dividendos do Itaú como uma forma interessante de compor sua carteira, afinal, a instituição é consolidada como um dos maiores bancos e dos maiores grupos empresariais do país.

Neste texto, destacamos dois tipos em especial de proventos, dividendos e JCP (Juros sobre Capital Próprio), que são os mais corriqueiros na distribuição de lucros das empresas, e apresentamos a distribuição de JCP e dividendos do Itaú em 2019, 2018 e ao longo dos últimos anos.

Dividendos Itaú 2019

Uma das empresas referência na Bolsa de Valores brasileira, o banco Itaú (ITUB4), apresenta um histórico considerável de distribuição de lucros e já possui um cronograma para este ano. O lucro líquido apurado no primeiro trimestre de 2019 foi de R$6,9 bilhões, um aumento de 7% na comparação anualizada.

Veja abaixo a distribuição de JCP e dividendos do Itaú prevista para este ano:

Competência do Exercício
Data “com”
Data do Pagamento
Tipo de evento
Pagamento (R$ por ação)
Nominal Líquido
Janeiro 28.12.2018 01.02.2019 Dividendo 0,015 0,015
Fevereiro 31.1.2019 01.03.2019 Dividendo 0,015 0,015
JCP Complementar 21.02.2019 07.03.2019 JCP Complementar 0,7494 0,63699
Dividendo Complementar 21.02.2019 07.03.2019 Dividendo Complementar 1,0507 1,0507
Março 28.2.2019 01.04.2019 Dividendo 0,015 0,015
Abril 29.03.2019 02.05.2019 Dividendo 0,015 0,015
Maio 30.04.2019 03.06.2019 Dividendo 0,015 0,015
Junho 31.05.2019 01.07.2019 Dividendo 0,015 0,015
Julho 28.06.2019 01.08.2019 Dividendo 0,015 0,015
Agosto 31.07.2019 02.09.2019 Dividendo 0,015 0,015
Setembro 30.08.2019 01.10.2019 Dividendo 0,015 0,015
Outubro 30.09.2019 01.11.2019 Dividendo 0,015 0,015
Novembro 31.10.2019 02.12.2019 Dividendo 0,015 0,015
Dezembro 29.11.2019 02.01.2020 Dividendo 0,015 0,015

*Data com é a data em que o investidor deve possuir as ações para ter direito ao recebimento dos proventos.
Fonte: R.I. Itaú Unibanco


Como você pode ver, o Itaú é uma empresa que paga dividendos mensalmente. Mas lembre-se que isso, por si só, não é uma garantia de que as ações do banco sejam um bom investimento.

Para investir de forma inteligente, é necessário acompanhar outros indicadores da empresa, se basear em análises completas e feitas por especialistas. Assim você poderá lucrar não apenas com o recebimento de dividendos do Itaú, mas também com a valorização de suas ações, sabendo o momento certo de comprar e vender para obter um bom resultado.

 

Saiba se é hora de comprar ações do Itaú.
Acesse análise grátis

 

Dividendos Itaú 2018

Para ter uma melhor comparação sobre a distribuição de proventos da empresa, no ano de 2018 o Itaú lucrou os expressivos R$25,7 bilhões, um aumento pouco mais de 3% ante a 2017. De todo este montante, a companhia distribuiu 87,2%, o que totalizou um valor aproximado de R$2,60 por ação. Assim, o investidor que detinha um lote padrão de 100 ações teria conquistado R$260,00 no ano.

Veja abaixo a tabela de distribuição de JCP e dividendos do Itaú em 2018:

Competência do Exercício


Data “com”


Data do Pagamento


Tipo de evento


PAGAMENTO (R$ por ação)
Nominal Líquido
Janeiro 28.12.2017 01.02.2019 Dividendo 0,015 0,015
Fevereiro 31.01.2018 01.03.2019 Dividendo 0,015 0,015
JCP Complementar 15.02.2018 07.03.2019 JCP Complementar 0,7494 0,63699
Dividendo Complementar 15.02.2018 07.03.2019 Dividendo Complementar 1,0507 1,0507
Dividendo 15.02.2018 07.03.2018 Dividendo 0,1304 0,1304
Março 28.02.2018 02.04.2018 Dividendo 0,015 0,015
Abril 29.03.2018 02.05.2018 Dividendo 0,015 0,015
Maio 30.04.2018 01.06.2018 Dividendo 0,015 0,015
Junho 31.05.2018 02.07.2018 Dividendo 0,015 0,015
Julho 29.06.2018 01.08.2018 Dividendo 0,015 0,015
Agosto 31.07.2018 03.09.2018 Dividendo 0,015 0,015
Dividendo Complementar 17.08.2018 30.08.2018 Dividendo Complementar 0,624 0,624
JCP 17.08.2018 30.08.2018 JCP 0,1252 0,10642
Setembro 31.08.2018 01.10.2018 Dividendo 0,015 0,015
Outubro 28.09.2018 01.11.2018 Dividendo 0,015 0,015
Novembro 31.10.2018 03.12.2018 Dividendo 0,015 0,015
Dezembro 30.11.2018 02.01.2019 Dividendo 0,015 0,015

*Data com é a data em que o investidor deve possuir as ações para ter direito ao recebimento dos proventos. Fonte: R.I. Itaú

Outra coisa importante de ressaltarmos: uma empresa com um histórico consistente de dividendos pode ser atrativa, mas isso não quer dizer, necessariamente, que ela seja uma empresa pagadora de bons dividendos.

Mas não se preocupe, isso não quer dizer que vai ser difícil investir com este objetivo. Para facilitar o seu investimento, na Toro, você pode encontrar uma seleção das melhores ações para investir em dividendos, já separadas pelos nossos analistas.

Quer saber se o Itaú é uma boa empresa para investir em dividendos?
Confira nossas ações recomendadas




Histórico de dividendos do Itaú

Agora que você já sabe a previsão de JCP e dividendos do Itaú em 2019 e o quanto a empresa distribuiu ao longo de 2018, também é interessante saber o quanto a empresa vem distribuindo ao longo dos anos.

Para entender o total de lucros distribuído aos acionistas pelo banco Itaú ao longo do tempo, é importante observar o Dividend Yield da companhia. Esse indicador contabiliza todo o lucro que foi distribuído em relação ao preço da ação. Ou seja, qual é o percentual de retorno em proventos que cada ação proporcionou.

Por exemplo: se os dividendos pagos em 2018 foram de R$1,00, e o preço da ação estivesse em R$20,00, o DY seria de 5%. Isso quer dizer que para cada ação que você comprou a R$20,00, você recebeu R$1,00 de proventos.

Levando em conta esta lógica, veja abaixo o histórico de Dividend Yield do Itaú:

graficos-itau-Dividend-Yield

Agora, se você quiser observar o histórico nominal dos valores distribuídos de proventos, ou seja, o quanto em reais o Itaú distribuiu em dividendos e JCP somados, o banco também possui a característica de distribuir parte considerável de seus lucros aos acionistas. Assim, se você busca ter em seu portfólio um banco consolidado, lucrativo e que visa retorno ao acionista, ações e dividendos do Itaú podem ser uma opção interessante.

Veja abaixo a distribuição de proventos e dividendos do Itaú em reais ao longo dos últimos anos:

graficos-itau_Proventos


Mas é sempre importante ressaltar que rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura e que saber o momento certo de comprar e vender as ações é fundamental. Por isso, é essencial basear suas decisões de investimentos em análises bem fundamentadas e feitas por profissionais.

Na Toro, além de conferir a análise completa das ações do Itaú, você também pode acessar uma carteira de dividendos específica, indicando os melhores ativos para receber proventos neste momento.

Veja as melhores ações hoje para receber dividendos.
Acesse as recomendações grátis



Dividendos x Juros sobre Capital Próprio: entenda as diferenças


De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, todas as empresas brasileiras de capital aberto devem distribuir, no mínimo, 25% do seu lucro líquido, seja ele via dividendos ou JCP. Contudo, a diferença básica entre esses proventos é quanto à tributação:

  • Os dividendos são isentos de impostos para os acionistas, uma vez que a companhia já pagou os encargos como IR, CSLL, e outros, antes da sua distribuição.
  • Já nos Juros sobre Capital Próprio, o investidor tem uma tributação de 15% retido em fonte, ou seja, ele recebe o provento já descontado de Imposto de Renda.

Mas embora exista o pagamento de impostos nos Juros sobre Capital Próprio, também existe uma vantagem ao investidor: como o JCP é computado como despesa financeira para as empresas, elas acabam tendo um benefício fiscal, levando a uma capacidade de distribuir mais dinheiro em relação aos dividendos.

Vale destacar que o governo impõe que tal distribuição de lucros via JCP seja de, no máximo, a TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo), que é uma taxa referência utilizada no mercado para financiamentos de longo prazo, uma vez que a distribuição de JCP possui o benefício de isenção de Imposto de Renda concedido às empresas. Já os lucros distribuídos via dividendos não possuem um valor máximo.

Quer saber as melhores ações para investir em dividendos?
Acesse recomendações grátis