Dividend yield é o indicador responsável por mostrar como está o pagamento de proventos por parte das empresas. Assim, é um dos principais dados analisados na hora de investir pensando em receber dividendos.

Você já ouviu falar em dividend yield? A grande maioria de investidores, quando compram ações, esperam lucrar com a valorização do seu preço. Uma parcela deles, entretanto, conta com um rendimento a mais: a distribuição de lucros periódica da empresa que lançou aquelas ações.

É bem provável que você já tenha ouvido falar dos famosos dividendos ou já até os recebeu. Esse provento é pago aos acionistas de uma empresa, de acordo com a decisão de um Conselho Administrativo. Neste material, entretanto, falaremos de um ponto um pouco mais específico sobre esse tipo de rendimento: o que é dividend yield.

O que é Dividend Yield?

Para os investidores que optam por montar uma estratégia de investimento e construir uma carteira de ações dando destaque aos dividendos, conhecer e entender o que é dividend yield é mais que necessário.

Esse indicador, como você verá logo mais, mensura o retorno da ação de acordo com o provento pago.

Entretanto, muitos investidores não o conhecem ou não sabem como ele funciona. Acredite, o seu cálculo é mais simples que imagina.

Dividend Yield (DY), que pode ser traduzido para o português como Rendimento de Dividendo, é um indicador que mede a performance da empresa de acordo com os proventos pagos aos seus acionistas. Ele mostra a relação entres os dividendos distribuídos e o preço atual da ação da empresa.

Surgiu interesse em saber qual é a fórmula do Dividend Yield e como calcular? A seguir a explicaremos utilizando um exemplo simples.

Mas antes, se você tem interesse em viver de dividendos, uma solução simples e prática é investir usando o filtro de empresas boas pagadoras de dividendos da Toro. Nessa lista, você confere algumas ações que, historicamente, pagam bons dividendos e ainda pode investir com apenas 1 clique e sem pagar taxa de corretagem

Quais são as melhores ações que pagam dividendos? Acesse grátis e descubra agora

Como calcular o Dividend Yield?

dividend-yield-dividendos

Para saber como calcular o Dividend Yield é bem fácil: você deve dividir o valor de dividendos pagos em determinado período pelo preço individual da ação antes dessa distribuição de dividendos. Depois, basta multiplicar esse resultado por 100.

Que tal entender isso na prática? Veja a fórmula abaixo:

dividend yield

Para facilitar ainda mais o entendimento sobre a fórmula de DY, veja um exemplo:

Imagine que um investidor tenha ações do Itaú em carteira e, neste ano, a empresa tenha pago R$5,00 de proventos por cada ação. Suponha que o preço do ativo estivesse em R$45. Neste caso, o DY seria de 11,1%.

R$5,00 dividido por R$45 = 0,111 vezes 100 = 11,1%

Esse percentual mostra que, nesse exemplo, cada ação  retornou 11,1% em dividendos Itaú neste período. É claro que este é apenas um exemplo para mostrar o potencial de investimento dos dividendos. E é importante lembrar que resultados do passado não são garantia de um resultado futuro.

Com isso em mente, é preciso saber que:

Para escolher ações para receber dividendos, é importante se basear em análises completas e recomendações feitas por profissionais qualificados. E, claro, é sempre importante ter certeza que esse investimento está condizente com seu perfil de investidor e seu planejamento. 

Descubra seu perfil de investidor e invista com corretagem Zero Comece agora na ToroEncontrar o valor do DY possibilita a comparação do rendimento dos dividendos entre empresas que um investidor esteja interessado em investir. Se busca por aquelas que pagam bons proventos, atente-se às empresas que possuam os maiores valores de Dividend Yield.

Mas não se esqueça: se o preço de uma ação estiver muito desvalorizado, o seu DY pode aparentar ser melhor do que realmente é.

Como o indicador varia inversamente à cotação do papel, os baixos valores podem dar à empresa a falsa impressão de boa pagadora de dividendos.

É fundamental ter muita atenção quando for analisar esse indicador. Ele deve ser utilizado para complementar uma análise muito mais profunda, isto é, não deve ser o único fator considerado na hora de decidir em quais ações investir.

Na hora de escolher os melhores investimentos, a decisão deve ser baseada em uma análise ampla e consciente. Acredite, quem utiliza informações sólidas na hora de comprar e vender ações (ou quaisquer outros títulos) diminuem os riscos e aumentam suas chances de sucesso.

Se você também tem interesse em entender quais são as ações mais interessantes do momento, a Toro pode te ajudar.

Preparamos um vídeo explicando alguns detalhes desse mercado:


Para facilitar o seu caminho rumo às melhores oportunidades do momento, na Toro você já encontra as melhores ações para receber dividendos, separadas por nossos analistas, e com uma forma muito fácil de investir. Veja agora mesmo.

filtro-dividendos

Quais são as melhores ações que pagam dividendos? Acesse grátis e descubra agora

O que é Dividend Payout?

Andando lado a lado com o conceito de Dividend Yield, temos também o Dividend Payout, ou simplesmente Payout. É igualmente relevante que o investidor conheça o que ele significa para poder fazer melhores interpretações dos momentos que as empresas vivem e como elas se comportam em relação ao lucro. 

De forma simples e sem economês, o Payout é a porcentagem total do lucro líquido que é distribuída para os acionistas como forma de remuneração por meio de dividendos ou juros sobre o capital próprio.

Para calcular o Dividend Payout, basta dividir o valor distribuído para os acionistas pelo total do lucro líquido gerado pela empresa. Isto é, se uma empresa gerou, por exemplo, R$100 milhões de lucro líquido no ano − aquele que sobra após pagar todas as despesas, custos e impostos − e anunciou a distribuição total de R$50 milhões aos detentores das ações, o Payout anual foi de 50%.

As companhias de capital aberto devem definir em estatuto qual proporção dos lucros será paga aos acionistas. Por lei, não existe um percentual mínimo dos lucros que deve ser distribuída, isso fica a critério da empresa. É comum, no entanto, que as empresas estipulem uma espécie de "piso" de 25% para essa distribuição. Elas podem conceder mais ou menos do que essa porcentagem, basta definir no estatuto.

Por que o Payout é importante?

A porcentagem do Payout é um importante indicador para o mercado no sentido de permitir analisar como a empresa remunera os seus sócios e o que ela deseja fazer com o lucro líquido.

Por meio desse indicador, os analistas avaliam se empresa está favorecendo a retenção os lucros para crescer ou a remuneração dos acionistas.

Aqui vale um ponto importante: reter os lucros não é necessariamente ruim para quem é sócio. A empresa pode tomar a decisão de pagar menos dividendos e guardar parte do lucro líquido que gerou para reinvestir no crescimento da companhia, desenvolvimento de novos produtos, comprar outras empresas, abrir de novas fábricas/lojas e demais projetos de expansão. Desse modo, ela espera que, com o crescimento, possa gerar lucros mais robustos e melhor remunerar seus acionistas no futuro.

Por isso, é comum nos depararmos com as nomenclaturas "empresas de crescimento" e "empresas de dividendos". Ou seja, as primeiras podem reter maior parcela do lucro − Payout menor − visando fazer a empresa crescer. Além disso, é preciso avaliar se ela tem feito isso por vários anos ou se é uma decisão atípica. São exemplos de empresas desse tipo:

Por outro lado, as empresas de dividendos são aquelas que estão em uma tal posição de consolidação de suas marcas e de market share ou são monopólios. Nesse caso, há pouca possibilidade de crescimento ou não são tão ameaçadas por seus concorrentes a ponto de ter de reter grande parcela lucros para crescer rapidamente. Essas companhias normalmente têm Payout alto. São exemplos:

  • Ambev (Payout de 58% em 2020, mas acima de 70% nos anos anteriores).
  • Telefônica (Payout de 110% em 2020).
  • B3 (Payout de 94% em 2020).
  • Empresas elétricas como a Engie (Payout de 98% em 2019).

Antes de terminar esse tópico, é importante dizer que essas não são recomendações de compra, apenas exemplos para ilustrar os conceitos apresentados. 

Quais são as melhores ações para investir hoje? Acesse grátis e descubra

Quem são as maiores pagadoras de dividendos?

Assim sendo, é possível interpretar quem são as maiores pagadoras de dividendos do mercado por meio desses dois indicadores, o Dividend Yield e o Dividend Payout. Primeiro, avalia-se se a companhia é uma empresa de crescimento ou se já está consolidada no mercado. Então, passa-se à análise do DY, bem como foi o histórico de ambos nos últimos anos para ter uma visão de longo prazo

Para ter uma carteira bem diversificada, é importante ainda que o investidor aplique em empresas dos dois tipos, pois assim pode ganhar tanto com as maiores pagadoras de dividendos bem como com as empresas de crescimento, que entregam bons retornos na valorização dos preços de suas ações. Sobre esse ponto, confira um vídeo especial sobre carteiras de investimento:

Veja como montar uma carteira diversificada com ETFs, BDRs, FIIs  Assista aulas grátis

Além disso, não é recomendável analisar o Dividend Yield e o Dividend Payout isoladamente, uma vez que a empresa depende da qualidade e vendas de seus produtos/serviços e da sua gestão para gerar os lucros que serão distribuídos aos acionistas. Por isso, fazem parte do conjunto de outros fatores de interpretação na análise fundamentalista.

Portanto, o dividendo passa a ser uma consequência de uma empresa com bons produtos e bem administrada.

Por fim, veja um levantamento recente da Revista Exame, que ranqueou as maiores pagadoras de dividendos de 2021 com base no DY (dados até abril). As principais empresas, até o momento, foram: 

Empresa Dividend Yield em 2021
Trasmissão Paulista 17,62%
Taesa 12,43%
Cesp 8,16%
Ferbasa 7,16%
Cemig 7,06%
Bradespar 6,87%
Telefônica Vivo 6,63%
Copel 5,79%
Banrsisul 5,34%
Comgás 5,28%
Banco do Brasil 5,16%
Engie Brasil 4,43%

Fonte: Revista Exame

Antes de fechar a página, veja um vídeo especial de como investir em empresas pagadoras de dividendos na Toro Investimentos:

filtro-dividendos

Quais são as melhores ações que pagam dividendos? Acesse grátis e descubra agora