Os títulos de capitalização são aplicações programadas, normalmente oferecidas por bancos, durante um prazo pré-estabelecido. O proprietário do título também tem o direito de concorrer a sorteios de prêmios em dinheiro. Um valor é aplicado de forma única ou mensalmente e sua rentabilidade costuma estar associada à Taxa Referencial.

Em algum momento da sua vida, você já deve ter ouvido falar em “título de capitalização”. É uma prática comum entre os bancos e muitos gerentes indicam esses títulos para seus clientes. Mas, será que comprar títulos de capitalização é fazer um bom investimento do seu dinheiro?

No post de hoje, em parceria com a equipe do Yubb, o buscador de investimentos online, vamos responder as principais dúvidas sobre esse tema. Como o título de capitalização é algo muito popular entre os brasileiros, chegou a hora de saber se vale a pena comprá-lo para concorrer a prêmios.

Ao longo desse conteúdo você vai entender:

  • O que é um título de capitalização;
  • Como funciona o título de capitalização;
  • Título de capitalização é um bom investimento?

O que é um título de capitalização?

Um título de capitalização é uma “economia programada”. Todos os meses (ou de acordo com o período definido), o banco vai destinar uma quantia de sua conta para comprar esse título.

Durante a vigência do título, você estará concorrendo a diversos sorteios de prêmios e, quando o prazo terminar, você retira de volta todo o dinheiro que colocou.

Basicamente, é uma forma de forçar a criação do hábito de economizar dinheiro e poder participar de sorteios.

Esse produto é considerado um “seguro” e é regularizado pela Susep (Superintendência de Seguros Privados, ligada ao Ministério da Fazenda). Mas são os bancos (principalmente os grandes) que fazem toda a divulgação e distribuição dos títulos de capitalização.

Existem diversos tipos de título de capitalização que são oferecidos pelos bancos, mas a maioria segue o mesmo padrão. A segurança desse produto está na segurança do próprio banco. Ao contrário da poupança e de outros investimentos, ele não é garantido pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC) e, se a instituição financeira tiver algum problema, você pode perder todo o dinheiro aplicado.

Falando em outros investimentos, se você tem a intenção de realmente obter bons rendimentos para seu dinheiro, ideal é procurar oportunidades na Bolsa de Valores. Quer saber mais sobre essas alternativas? Clique no link abaixo e veja aulas grátis para saber onde investir seu dinheiro

Aprenda a investir melhor e invista em você Comece grátis agora

Como funciona o título de capitalização?

Agora que você já sabe o que é título de capitalização, vamos explicar os detalhes do seu funcionamento. Ou seja, chegou a hora de saber como funciona o título de capitalização para depois você entender se vale a pena investir nessa modalidade. 

Forma de pagamento do título de capitalização

Tradicionalmente, existem 3 formas de pagamento para títulos de capitalização:

  • Pagamento único (PU): nessa forma, você depositar o valor todo de uma só vez. 
  • Pagamento mensal (PM): a forma mais tradicional, mensalmente um valor previamente definido é descontado na sua conta.
  • Pagamento periódico (PP): nesse caso, ao contratar esse serviço, você escolhe a periodicidade do pagamento. 

Quando o assunto é o pagamento do título de capitalização, vale destacar que nesse valor são descontados o custeio do prêmio anunciado e também as despesas administrativas envolvidas nesse produto. 

Rentabilidade do título de capitalização 

Geralmente, o título de capitalização tem sua rentabilidade atrelada à Taxa Referencial e também, na hora de fechar o contrato, é definida uma taxa de juros. Nesses casos, essa taxa pode ser variável. Já sobre a rentabilidade do título de capitalização, é importante destacar que a rentabilidade é aplicada apenas sobre uma parte do dinheiro. 

Sorteio do título de capitalização

Se você adquire um título de capitalização, o ideal é que você seja sorteado dentro do prazo de vigência para que a rentabilidade sobre o que investiu seja maior. Caso isso não aconteça, o rendimento pode não ser comparável com outros investimentos. 

Agora que você já sabe como funciona o título de capitalização, que tal aprender também sobre como investir na Bolsa de Valores

Faça o curso completo de como ganhar dinheiro na Bolsa Acesse grátis agora

Afinal, vale a pena aplicar em títulos de capitalização?

Um produto tão popular como esse, será que vale a pena? Normalmente, é importante dizer que não existe certo ou errado no mundo dos investimentos e que o ideal é considerar seu perfil de investidor.

Mas, nesse caso, a regra é clara: título de capitalização não é um bom investimento. Esse é um tipo de aplicação que só beneficia o banco e só traz prejuízos para o investidor.

Abaixo, vamos listar alguns motivos para você refletir se vale a pena ou não, de acordo com o seu perfil e objetivos nos investimentos. Confira:

1. É preciso contar também com a sorte

Lembra que a gente te disse, ali em cima, que são realizados sorteios durante o período de vigência do título? Logo, o investidor visa também a tentativa de ganhar esses sorteios.

Muitos especialistas comparam os títulos de capitalização a bilhetes lotéricos e eles estão parcialmente certos. A única coisa que diferencia os títulos das apostas em loterias é o fato de que, no primeiro caso, o banco “devolve” o seu dinheiro no final do período.

2. É preciso avaliar o rendimento

Muitas pessoas pensam que o rendimento de um título de capitalização é o mesmo rendimento da poupança ou da Renda Fixa, mas não é verdade. Ao comprar um título, parte de seu dinheiro vai custear os prêmios dos sorteios (cota de sorteio), parte de seu dinheiro vai pagar a taxa do banco (cota de carregamento) e só uma terceira parte vai sofrer alguma rentabilidade (cota de capitalização). I

Há ainda a possibilidade que o título não tenha algum rendimento. Os títulos de capitalização podem render próximo de zero e, ao final do prazo estabelecido, você vai retirar exatamente o mesmo valor nominal que colocou. 

Isso acontece porque a parte do seu título que poderia sofrer alguma taxa de rentabilidade, não sofre. Os valores aplicados nem podem ser considerados “rentabilizados” porque, na maioria dos produtos oferecidos pelos bancos, eles só sofrem o ajuste da TR (taxa referencial) que, no momento, está próxima de 0%. Portanto, há uma possibilidade de perder dinheiro ao colocar a inflação na conta.

Mas, não se preocupe, se você realmente deseja obter rendimentos, é possível começar a aprender sobre investimentos e encontrar boas oportunidades. Clique no link abaixo e baixe gratuitamente o Guia do Investidor Iniciante. 

Guia completo para quem está começando a investir Baixe grátis agora

3. É preciso entender a liquidez

Liquidez é a facilidade com que você tem acesso às retiradas, caso necessário. Em alguns títulos, além do prazo de vencimento, existe um prazo de carência do título e algumas “regrinhas” em caso de resgate antecipado do dinheiro. Em alguns bancos, os títulos oferecidos exigem que o seu dinheiro fique “preso” por algum tempo antes de permitir o saque. Se você precisar tirar o diheiro antes do final, verifique se não há cobrança de multa ou taxa.

No mundo dos investimentos, existem corretoras de valores e outras diversas instituições financeiras que oferecem aplicações muito rentáveis e com a possibilidade de resgate imediato como Tesouro Direto, CDBs e fundos, por exemplo. Você quer saber quais são esses investimentos considerados seguros e que realmente podem valorizar seu dinheiro? Assista um vídeo especial sobre como investir na Renda Fixa e clique no link abaixo.

Qual o investimento em Renda Fixa mais seguro e rentável de hoje? Acesse grátis  e descubra em poucos segundos

4. É preciso continuar aprendendo sobre investimentos

Normalmente, quem compra título de capitalização é aquela pessoa que não tem nenhuma disciplina financeira e gosta da praticidade desse tipo de produto. Como o desconto automático o faz economizar uma quantia mensalmente, é uma forma de economizar dinheiro para o futuro.

Por outro lado, se o seu objetivo é economizar uma quantia mensalmente, podem existir formas melhores de fazer isso - inclusive, existem algumas empresas que permitem “programar” uma aplicação, de forma que todo mês você poderá fazer a mesma coisa que faria com um título de capitalização.

Quando você decide economizar o dinheiro por conta própria e colocar em aplicações que rendem mais, você também estará ganhando mais conhecimento para ter uma vida financeira tranquila.

Então, a sugestão é sempre procurar conteúdos e conhecimentos, seja na internet ou mesmo em um curso de investimento, para que você aprenda a investir corretamente. 

Aprenda com quem realmente entende do assunto Veja aulas gratuitas do básico ao avançado

5. Podem existir investimentos melhores

Por fim, é preciso entender que podem existir investimentos melhores, de acordo com o seu perfil e objetivos. Aplicações como os títulos do Tesouro Direto, por exemplo, são garantidos pelo governo nacional e podem render mais que um título de capitalização. Alternativas muito boas também são os CDBs, LCIs, LCAs e outros produtos oferecidos pelos próprios bancos: unem rentabilidade com a segurança do FGC. Confira abaixo a importância de ter uma carteira de investimentos completa:

Invista nos melhores investimentos da Renda Fixa com poucos cliques Veja qual é  o título mais rentável agora

Além disso, você também encontra ótimas alternativas para investir na Bolsa de Valores, seja em ações ou mesmo em outros ativos como Fundos Imobiliários

Então, estude e converse com pessoas com mais experiência em investimentos, com o gerente do seu banco ou especialistas do mercado para fazer comparações e descobrir se vale aplicar uma parte do seu dinheiro em títulos de capitalização ou não.

Para terminar, confira como comprar Fundos Imobiliários na plataforma da Toro Investimentos:

Nova call to action

Aprenda com quem realmente entende do assunto Veja aulas gratuitas do básico ao avançado