Cadastre-se grátis

Halving do Bitcoin: conheça o evento mais importante da rede Bitcoin

Quem acompanha de perto o mercado de criptoativos viu em 2024 diversas notícias sobre um importante evento do protocolo, o Halving do Bitcoin (BTC).

A grande importância desse evento, para quem quer investir em Bitcoin, é o fato de ele estar relacionado, no passado, com uma alta valorização do Bitcoin.

Porém, apesar de sua importância, muitas pessoas não sabem o que ele é, como funciona e qual a sua importância para a manutenção do protocolo Bitcoin.

Para conhecer mais sobre o Halving do Bitcoin e qual a sua importância para este ativo virtual, continue a leitura.

Antes de começar, tenha atenção que a terminologia “criptomoeda” é apenas uma generalização informal e pode ser inadequada, pois sugere que todos os ativos virtuais funcionam como dinheiro, enquanto muitos têm funções diversas e não necessariamente são usados como meio de troca.

O termo “ativos virtuais” é mais preciso e abrangente, refletindo essa diversidade de usos.

O que é o Halving do Bitcoin?

O Halving do Bitcoin, basicamente, é uma redução programada na produção de novas moedas que recompensam os mineradores do Bitcoin. Essa redução sempre será realizada pela metade (por isso a palavra Halving, que vem de half e por sua vez significa metade em inglês).

Para entender melhor como ele funciona e o porquê de ele existir, é preciso entender algumas coisas. A primeira delas é que o Bitcoin, apesar de ser um tipo de ativo virtual, não pode ser criado de maneira infinita.

Desde a sua criação, ficou estabelecido que haverá, no máximo 21 milhões de BTCs em circulação, e esse número não pode ser mudado.

Além da escassez, surgiu com o intuito de ser deflacionária, por isso, de tempos em tempos a quantidade de Bitcoin adicionados à rede cai pela metade.

Sendo assim, toda a estrutura do sistema do Bitcoin foi pensado para respeitar essas diretrizes, e o Halving existe para garantir que elas aconteçam.

Essa queda na quantidade de Bitcoins inseridas na rede afeta o ecossistema todo. Quando ela acontece, os mineradores passam a receber menos Bitcoins por bloco resolvido e o criptoativo continua a preservar sua característica de deflacionário.

O Halving do Bitcoin não tem uma data específica para acontecer, uma vez que ele sempre ocorre quando 210 mil blocos são minerados. Essa quantidade de bloco, por sua vez, leva em média 4 anos para ser resolvida.

Ou seja, levando em conta todas essas informações, a estimativa é que a quantidade máxima de Bitcoin (21 milhões) esteja em circulação próxima do ano de 2140.

Quem definiu esse funcionamento?

Esse mecanismo de redução pela metade da recompensa para os mineradores foi pensada por quem criou o Bitcoin, Satoshi Nakamoto. Na verdade, não se sabe se esse nome se refere a uma pessoa ou a um grupo de pessoas.

Mas, independente da quantidade de pessoas que criaram o Bitcoin, a verdade é que o Halving do Bitcoin já foi implementado no início do seu protocolo, sendo parte importante para garantir que a moeda continue sendo deflacionária.

Confira na tabela a seguir como a recompensa aos mineradores vem diminuindo pela metade à medida que os halvings acontecem.

Ano do halvingRecompensa
Antes de 201250 BTC
201225 BTC
201612,5 BTC
20206,25 BTC
20243,125 BTC
Tabela ano/retorno dos halvings do Bitcoin

Por que o Halving é importante para o Bitcoin?

O Halving é importante para o Bitcoin porque é uma das ferramentas criadas por seu inventor para garantir e assegurar que o Bitcoin continuará deflacionário e a oferta e demanda estará controlada por um sistema imutável.

Um dos objetivos do Bitcoin é evitar a inflação. Para isso existe, desde sua criação, um limite de quantidade de Bitcoins que estará disponível no futuro, não podendo ser criado nenhum Bitcoin a mais, sob pena de todo o sistema perder credibilidade e ruir. 

Além disso, não seria interessante que todos os BTCs fossem minerados em poucos anos, uma vez que a enorme oferta desse ativo virtual no mercado poderia ocasionar uma queda abrupta do seu preço.

Por conta de tudo isso, o Halving do Bitcoin é importante. Ele garante que a oferta de Bitcoins se mantenha em um nível estável e que ocorra a deflação.

O que acontece com o preço do Bitcoin com o Halving ?

Uma das grandes dúvidas a respeito do Halving é: o que acontece com o preço do Bitcoin após ele acontecer? Antes de responder, porém, é importante destacar que esse conteúdo tem fim educacional, e não é uma recomendação da Toro e seus Analistas ou Assessores de Investimentos.

Historicamente, esse evento tem sido muito esperado por quem possui Bitcoin porque, até o momento, ele sempre representou um aumento no preço.

Confira na tabela a seguir os resultados dos halvings anteriores ao de 2024. Para fins de análise, teremos o preço do BTC em dólar no dia do halving, o preço dele um ano após o evento.

Dia do halvingBTC no diaBTC um ano depois
29/11/2012US$ 12,4US$ 1.105,5
09/07/2016US$ 648,1US$ 2.478,00
11/05/2020US$ 8.555,00US$ 56.715,00
Tabela comparativa do preço do BTC um ano após a ocorrência do halving (Fonte: Investing)

Isso quer dizer que sempre que ele ocorrer o valor do BTC irá aumentar? Não. Porém, para quem vê o valor desse criptoativo no fato de ser limitado e ter a sua oferta estável, esse evento é importante para garantir que continue assim.

Ou seja, com o aumento da demanda do Bitcoin e a diminuição da sua oferta após o Halving, as expectativas são de valorização. Porém, ela não é imediata, podendo levar alguns meses para que o preço reflita a queda das recompensas aos mineradores.

Qual o impacto do Halving para o mercado cripto?

Além de ser um evento importante para que o Bitcoin continue a ser um ativo virtual deflacionário e assim respeite um dos seus principais motivos de ter sido criado, o Halving gera outros impactos importantes no ecossistema.

Um deles, como visto anteriormente, é o reflexo no preço do ativo. Apesar de não ser possível usar o histórico para dizer o que irá acontecer com o preço do BTC, é importante ver como esse evento afeta o preço dele. Conheça agora outros efeitos:

  • Impacto na busca por outros criptos: em razão da possível valorização do BTC, muitos investidores focam seus recursos nele, deixando de buscar outros ativos virtuais.
  • Diminui a atratividade da mineração: com a queda na recompensa aos mineradores, essa atividade fica menos atrativa, podendo reduzir o número de pessoas que fazem essa atividade.
  • Maior busca por Bitcoin: esse evento coloca o Bitcoin em destaque, aumentando a busca por esse ativo em momentos próximos ao Halving.

Sendo assim, esse é um evento importantíssimo para investidores de cripto e quem quer ingressar nesse mercado.

Quais as datas dos próximos Halvings?

Esse evento já acontece há anos no ecossistema do Bitcoin, tendo sido em: 2012, 2016, 2020 e o mais recente em 2024.

É difícil acertar com precisão a data do próximo evento deste tipo, uma vez que ele não possui uma data definida, mas sim o dia que coincide com o final da resolução de 210 mil blocos.

Normalmente, isso acontece a cada 4 anos, mas essa não é uma previsão exata.

Por isso, quem quer investir em Bitcoin precisa ter atenção às notícias para não perder o prazo.

Invista em criptoativos com a Toro Investimentos

Agora, investidores com perfil adequado podem diversificar sua carteira investindo em criptoativos com a segurança de uma corretora de valores de verdade.

Além de negociar os ativos com maior liquidez do mercado, você contará com o suporte de uma corretora de alto padrão certificada pela B3, Anbima, Banco Central e Comissão de Valores Mobiliários.

Entre na lista de espera para ser um dos primeiros a investir com a Toro.