Você sabia que pode ganhar muito mais com ações além da valorização das cotações, do recebimento de dividendos e do aluguel dos ativos? Os programas de recompra de ações (buyback) realizados pelas empresas da Bolsa são muito comuns e geram enorme valor aos acionistas. 

Um levantamento recente da CVM mostra que a abertura de programas de recompra em 2021 foi 44% maior que um ano antes. 

Neste artigo, você vai entender o que são as recompras de ações, como elas acontecem e os seus benefícios. Além disso, vamos descobrir que tipos de vantagens essas empresas geram no longo prazo. Vamos lá?

Evaristo costa na toro investimentosAproveite os melhores investimentos com corretagem Zero Comece grátis agora na Toro

O que é um programa de recompra de ações?

Inicialmente, vamos entender o que é um programa de recompra de ações. Na sequência do artigo, você descobrirá por que as empresas o faz e que tipo de vantagens isso gera.  

A recompra de ações acontece quando as companhias utilizam parte do dinheiro que têm em caixa para recomprar os próprios papéis em circulação no mercado.

Com isso, ocorre uma redução do número de ações em negociação na Bolsa. Lembre-se que não são todas as ações de uma firma que estão circulando todos os dias na B3, mas apenas uma parte do total. Esse número é chamado de free float e varia de empresa para a empresa. 


As ações recompradas são mantidas em tesouraria ou canceladas pela empresa, a depender da estratégia que ela pensou para o programa. 

Na maioria das vezes, o intuito das companhias é gerar mais valor para os seus acionistas, como veremos no tópico a seguir.

Por que as empresas recompram suas próprias ações?

O programa de recompra de ações é uma das maneiras de gerar valor para os sócios, além da valorização das cotações, da distribuição de dividendos, bonificações e outros proventos.

Em resumo, os principais motivos para fazer isso são: 

  • Remuneração dos acionistas: com menos ações, a participação de cada acionista aumenta.
  • Muito dinheiro em caixa: algumas empresas podem estar com uma posição de caixa bastante confortável, mesmo após distribuir dividendos em dinheiro. Se não houver planos de expansão imediata ou oportunidades boas no momento, ela pode compartilhar esse dinheiro com os sócios recomprando as ações. 
  • Possibilidade de emissão futura: caso não cancele as ações, mas as guarde em tesouraria, a empresa pode revendê-las no futuro para repor o caixa. 
  • Remuneração de funcionários: muitas empresas possuem programas de stock option, uma forma de bonificação variável em que premiam funcionários e diretores com ações da empresa.
  • Revalorizar os próprios papéis: em momentos de queda irracional ou Bear Market no mercado, a companhia pode entender que suas ações não estão corretamente precificadas e a recompra aumenta o valor dos papéis. 
  • Acreditar no próprio potencial: uma recompra também é uma sinalização aos acionistas e ao mercado de que a empresa está confiante no seu próprio futuro. 
  • Driblar regras e impostos sobre dividendos: no Brasil, os dividendos ainda não são taxados (o que pode mudar com a Reforma Tributária). Mas, nos EUA, há imposto direto sobre os proventos. Então, quando a empresa recompra as ações, não há nenhum tributo incidente na operação e ela agrega valor aos acionistas. 


Exemplo de recompra de ações na Bolsa de Valores

Confira um exemplo de um programa de recompra de ações anunciado pela Cyrela (CYRE3) em 2021. Neste ano, aliás, o setor de construção civil, foi um dos que mais realizaram esse tipo de operação.

Em destaque, está o volume de papéis que a companhia decidiu recomprar e os objetivos que almejava com isso:

recompra-de-acoes-cyrela

Veja como diversificar sua carteira para atingir grandes objetivos Acesse o seu  plano de investimentos personalizado

Como funciona a recompra de ações?

Na prática, como funciona um programa de recompra de ações? Todos os eventos que afetam diretamente a negociação na Bolsa, como os desdobramentos, devem ser comunicados por antecedência ao mercado. 

O processo geralmente segue as seguintes etapas: 

📈 Aprovação: o conselho de administração se reúne para debater e autorizar um programa de recompra de ações.
 
📈 Quantidade e data: cabe ao conselho também definir e votar a quantidade de ações que será comprada e o período em que isso será feito. Lembrando que o prazo do programa pode se estender por mais de uma data. 
 
📈 Finalidade: na reunião, também é determinada a finalidade do programa: guardar em tesouraria, cancelar as ações, remunerar funcionários, etc.

📈 Comunicar ao mercado: a empresa deve soltar um Fato Relevante para informar ao mercado as decisões do conselho.

📈 Comprar as ações: por meio de uma corretora ou banco, realiza a compra dos papéis.

New call-to-action

Quais são as ações que pagam os maiores dividendos do Brasil? Acesse grátis e embolse o lucro de grandes empresas

É bom ou ruim: o que acontece quando uma empresa recompra suas ações?

Já entendemos os motivos que levam as empresas a recomprarem parte das suas ações, mas, em termos práticos, isso é bom ou ruim para os acionistas, sobretudo os minoritários? É isso que vamos descobrir agora. 

As principais vantagens dos programas de recompra de ações são:

✅ Aumentar o valor das cotações: afinal, o valor de mercado deve permanecer o mesmo. Como houve uma redução do total de ações, o valor de cada uma sobe. 

✅ Cresce a participação de cada acionista: cada ação agora representa uma fração maior do capital da empresa.

✅ Maior participação nos proventos: crescem os valores do lucro por ação (LPA) e do dividend yield

✅ Mesmo efeito da distribuição de dividendos: na prática, é como se a empresa lhe pagasse os dividendos em dinheiro e você fosse ao mercado comprar mais ações. 

✅ Retorno melhor no longo prazo: em períodos mais estendidos, as companhias que recompram ações tendem a se valorizar mais (ver gráfico ao final do artigo)


Portanto, é uma forma que as empresas utilizam para remunerar seus sócios, mesmo que você não veja os dividendos entrando na sua conta. 

Assim sendo, tome cuidado ao avaliar o dividend yield de uma empresa da Bolsa como métrica isolada, especialmente se você julgar que ele está muito baixo, pois ela pode estar remunerando o sócio de outras formas.

O acionista, especialmente aquele que investe para o longo prazo, teve focar no lucro e na geração de caixa da empresa, pois é com eles que a empresa paga dividendos e recompra ações.

Para finalizar, outra grande vantagem desses programas é que as empresas que compram suas ações conseguiram retorno acima da média do mercado no longo prazo

No gráfico abaixo, podemos evidenciar esse fato ao analisar o S&P 500 BuyBack Index, um índice que acompanha a performance das 100 ações com os maiores índices de recompra de ações no S&P 500, contra o próprio índice S&P 500.

Perceba como as maiores "recompradoras de ações" tiveram desempenho melhor: 

New Call-to-action

Guia completo para quem está começando a investir Baixe grátis agora