As empresas que estão com as ações em alta são Braskem, Banco Inter, Embraer, Hering, CVC, CSN, Petro Rio, Vale e Locaweb. Essas companhias estiveram entre as que mais subiram em 2021. Nas Small Caps, o top 3 é composto por Positivo, SLC Agrícola e Irani.

O ano de 2021 apresenta um horizonte de expectativa de recuperação e otimismo para as empresas na Bolsa de Valores. Após quase um ano e meio de pandemia, o mercado volta a sonhar com o avanço da vacinação e com a reabertura econômica mais forte. Na esteira dessas expectativas, as ações começaram a dar sinais de retomada.

4 ações subiram mais de 100% nos primeiros seis meses de 2021.

Além disso, os dados do PIB do primeiro trimestre (+1,2%) vieram acima do esperado pelo mercado, reforçando o clima de otimismo. A bolsa registrou os dois primeiros meses do ano com variação negativa, mas, em seguida, engrenou quatro meses de alta, fechando o semestre no positivo, como veremos ao longo do artigo.

No decorrer desse texto, você vai descobrir:

  • Como está a Bolsa de Valores hoje.
  • As ações em alta hoje: as principais subidas do primeiro semestre.
  • As ações ESG em alta.
  • As ações Small Caps em alta.
  • As ações de commodities em alta.

Nova call to actionAproveite o jeito mais fácil de investir agora mesmo Faça seu cadastro grátis na Toro

Como está a Bolsa de Valores hoje?

O Ibovespa começou o ano rondando a casa dos 118 mil pontos e engrenou uma alta até alcançar os 125 mil ainda no mês de janeiro, um recorde até então.

Porém, os dois primeiros meses do ano foram de queda que levaram o índice até os 110 mil pontos, quando, em março, inciou uma retomada da tendência de alta que o levaria até um novo patamar de fechamento inédito: 130 mil pontos em junho (sendo 131 mil no intraday).

O Ibovespa fechou o primeiro semestre de 2021 aos 126.801 pontos, alta de 6,54%.

Como dissemos, na oscilação mensal, a variação do Ibovespa se comportou da seguinte forma no mês a mês:

Mês Variação do Ibovespa (%)
Janeiro −3,32%
Fevereiro −4,21%
Março +5,90%
Abril +1,94%
Maio +6,16%
Junho +0,46%

Veja as melhores ações para investir no curto prazo hoje Acesse agoraAs notícias e os acontecimentos que estiveram no radar dos investidores e que mais cercaram as movimentações do principal termômetro da bolsa brasileira foram:

  • O avanço da vacinação e reabertura econômica.
  • A alta da inflação tanto no Brasil quanto nos EUA e os aumentos da taxa Selic.
  • Os números do PIB e do desemprego no Brasil e no exterior.
  • O apetite por risco do investidor frente à política monetária.
  • Os aumentos nos Índices de Confiança do Consumidor e Empresarial.
  • Os dados da dívida pública e a atração do investimento externo.
  • O início da elaboração da Reforma Tributária.
  • A crise hídrica-energética e o temor do racionamento de água e energia.
  • O ciclo de alta das commodities, sobretudo petróleo e minério de ferro.
  • A tentativa chinesa de conter a alta das commodities.
  • O cenário externo e política monetária no exterior.
  • O movimento de valorização do real frente ao dólar.

Os especialistas do mercado também estimam que há uma demanda reprimida que será valiosa para a reabertura econômica. As ações que refletem a expectativa com a retomada econômica e do ciclo de alta das commodities foram as principais beneficiadas nestes primeiros seis meses. Ademais, cresceram no mercado as conversas e a valorização sobre a pauta ESG e como isso vai afetar o futuro das empresas listadas.

Por fim, caso você ainda se sinta inseguro para realizar investimentos na Bolsa de Valores, confira um vídeo especial que pode te ajudar:

Invista nas melhores oportunidades da Bolsa com poucos cliques. Veja agora

Ações em alta hoje: o fechamento do primeiro semestre de 2021

Agora que conhecemos os assuntos que influenciaram o dia a dia de negociações na Bolsa de Valores, vamos examinar quais estão em alta neste primeiro semestre e mais atraíram os investidores. Como antecipamos, algumas delas superaram os 100% de valorização em apenas seis meses.

Antes de tudo, sempre vale lembrar que a rentabilidade passada não é garantia de retornos futuros.

As 10 ações que mais se valorizaram em 2021

De acordo com levantamento da Revista Exame e do Valor Investe, as 10 maiores altas do primeiro semestre de 2021 foram:

Empresa Código Valorização (%)
Braskem BRKM5 152,65%
Banco Inter BIDI11 137,11%
Embraer EMBR3 113,22%
Hering HGTX3 100,00%
CVC CVCB3 40,11%
CSN CSNA3 39,97%
PetroRio PRIO3 38,84%
Vale VALE3 37,99%
Locaweb LWSA3 34,51%
Marfrig MRFG3 33,39%

Fonte: Exame

Como você pode perceber, muitas empresas da lista estão ligadas ao ciclo de alta das commodities (petróleo, minério, carne bovina etc) e com o reaquecimento econômico, como viagens.

Olhando mais de perto, no noticiário corporativo e no dia a dia das empresas, os fatos relacionados às maiores altas da Bolsa de Valores foram:

1. Braskem

No primeiro trimestre deste ano, a petroquímica reportou um lucro líquido de R$2,5 bilhões, revertendo prejuízo anterior. Em entrevista à revista Exame, o analista da Toro Investimentos, Lucas Carvalho, destacou ainda que a Petrobras anunciou que os 36,1% de participação que tem na Braskem estão à venda. 

2. Banco Inter

O banco segue um movimento de ganho de mercado dos bancos digitais, enquanto alguns de seus concorrentes, como o Nubank, não tem ações listadas em bolsa, por enquanto. O Banco Inter também anunciou um follow-on de ações para captar cerca de R$5,5 bilhões. Além disso, em maio, a Stone anunciou que irá sbscrever até R$2,5 bilhões em ações do banco digital. Por fim, também esteve no radar uma possível migração do Banco Inter para listar ações na Nasdaq.

3. Embraer

A empresa voltou a registrar pedidos de compras de aeronaves na esteira da recuperação global. Soma-se ao cenário da companhia os acordos firmados por suas subsidiárias, especialmente o da Eve com uma possível combinação com a Zanite, trâmite que pode avaliar as empresas em US$2 bilhões.

4. Hering

A Hering teve sua fusão com o Grupo Soma aprovada sem restrições pela Superintendência do Cade em um negócio que também envolveu o pagamento de um valor de R$1,5 bilhão. A junção das companhias possibilita que o Soma cresça em quase quatro vezes o seu mercado e cria uma das maiores empresas do setor de vestuário brasileiro. No semestre, a Hering também havia recusado uma combinação de negócios com a Arezzo.

5. CVC

A CVC surfa a sua alta na expectativa de retomada da economia e do setor de turismo. O Conselho de Administração da companhia também aprovou um aumento de capital de quase meio bilhão de reais. Está no radar da empresa ainda uma possível emissão de novas ações para captar mais recursos que vão ajudá-la na recuperação.

6. CSN

A CSN, além de ser beneficiada com o ciclo de altas das commodities, anunciou o avanço no setor de cimentos com a aquisição da cimenteira Elizabeth no nordeste por R$1,08 bilhão. Além disso, fez a captação de novos recursos também na casa dos bilhões de reais com a emissão de novos bonds.

7. Petro Rio

A Petro Rio se beneficiou também da alta do petróleo no primeiro semestre e, assim como a Petrobras, fez emissões no mercado internacional. Ademais, teve suas compras dos campos de Wahoo e Itaipu, no pré-sal, aprovadas pela ANP. Apesar do prejuízo no primeiro trimestre, a empresa reportou o crescimento na produção no período e valorizou o seu operacional.

8. Vale

A companhia tem se beneficiado principalmente das cotações em alta do minério de ferro no mercado internacional. Em abril, a empresa também anunciou um programa de recompra de ações que poderia chegar aos R$26 bilhões. Por fim, a Vale comunicou o pagamento de proventos aos seus acionistas antes das definições da reforma tributária.

9. Locaweb

A empresa de tecnologia se destacou entre as altas semestrais do Ibovespa. A empresa concluiu as compras da Bling e da Pagcerto, atingiu o maior nível de excelência de atendimento no Reclame Aqui e o mercado passou a responder às recomendações de compra das ações da companhia. Além do mais, também há a expectativa de maior crescimento para a Locaweb com o avanço do e-commerce.

10. Marfrig

No noticiário da Marfrig, houve principalmente a potencial fusão/aquisição da BRF. A Marfrig chegou inclusive a fazer mais de uma compra de ações da BRF, chegando a ter quase um terço do total. A empresa também voltou a exportar carne para o mercado argentino, apesar das restrições.

Invista nas ações com maior potencial para crescer e surpreender Tenha a carteira exclusiva dos Pioneiros da Bolsa

Ações ESG em alta: quais são as empresas mais valorizadas?

Provavelmente você, em algum momento desse último ano, deve ter ouvido falar da sigla ESG relacionada ao mundo dos investimentos, não é mesmo? Esse assunto está cada vez mais entre as conversas do mercado financeiro e os investidores individuais e institucionais passaram a valorizar mais as ações das empresas neste sentido.

Em resumo, trata-se do que as companhias estão fazendo para serem mais responsáveis do ponto de vista social, ambiental e de governança corporativa. Se ainda não conhece muito bem os detalhes desse tema, confira o artigo especial que traz tudo de mais importante que você precisa saber:

SAIBA MAISO que é ESG? Veja porque o mercado valoriza o investimento sustentável

Assim sendo, não poderíamos de mencionar quais ações estão em alta quando o assunto é o ESG, certo? O Bank of America elaborou um ranking das ações ESG com base na pontuação de três métodos diferentes: MSCI, Sustainalytics e Refinitiv.

A lista foi publicada no portal Money Times e relacionou as empresas com a melhor pontuação de ESG. São elas:

Empresa Código Setor
Lojas Renner LREN3 Vestuário
MRV MRVE3 Construção civil
Pão de Açúcar PCAR3 Varejo
Bradesco BBDC4 Bancário
Santander SANB11 Bancário
B3 B3SA3 Financeiro
Fleury FLRY3 Saúde
Localiza RENT3 Transporte
CCR CCRO3 Transporte
EcoRodovias ECOR3 Transporte
Totvs TOTS3 Tecnologia
Cielo CIEL3 Tecnologia
Duratex DTEX3 Industrial
Engie EGIE3 Energia elétrica

Fonte: Money Times e Bank of America

Antes de finalizar este tópico, confira um vídeo especial sobre ações ESG e como você pode comprá-las na plataforma da Toro Investimentos:

Taxa zero de verdade: saiba como a Toro está mudando o mercado. Veja agora

Ações Small Caps em alta: quais empresas estão subindo?

Outro grupo de empresas que atrai bastante a atenção dos investidores são as chamadas Small Caps. O objetivo da estratégia ao comprar ações desse tipo de empresa é potencializar o rendimento da carteira, conforme as companhias crescem e se valorizam no mercado. Entre as empresas que compõem a carteira do Índice Small Caps, podemos destacar entre as altas significantes do primeiro semestre de 2021:

Empresa Código Valorização (%)
Positivo POSI3 149,33%
SLC Agrícola SLCE3 90,91%
Irani RANI3 76,86%
Ambipar AMBP3 72,78%
Metal Leve LEVE3 65,39%
Enauta ENAT3 53,95%
Mills MILS3 43,04%
Guararapes GUAR3 39,91%
Marisa AMAR3 35,98%
Petro Rio PRIO3 38,84%

Fonte: Trading View

Ações de commodities em alta: o que puxa o preço para cima?

Por fim, podemos falar das ações de empresas ligadas à commodities que estão em alta nesta primeira metade de 2021. Como vimos, as cotações especialmente do petróleo e do minério de ferro estão em alta, o que faz com que os produtos que essas companhias vendem ficam mais caros no mercado, ampliando seu potencial de lucratividade. 

Para se ter uma ideia, no começo do mês de junho a cotação do petróleo já havia subido 41% no ano, alcançando o patamar recorde de US$75 o barril. No minério de ferro, não foi diferente. A tonelada da commodity chegou ao valor recorde de US$230 em maio. Em junho, a exportação do minério subiu 12,2% em comparação com o mesmo período do ano passado e é o maior volume em nove meses (33,68 milhões de toneladas).

No Brasil, as empresas que estão ligadas às commodities − principalmente petróleo, minério de ferro e celulose − tiveram a seguinte valorização nos últimos seis meses:

Empresa Código Valorização (%)
Petrobras PETR3 2,68%
Petro Rio PRIO3 38,84%
Vale VALE3 37,99%
Suzano SUZB3 1,53%
Klabin KLBN11 1,54%
CSN CSNA3 39,97%
Usiminas USIM5 27,84%
Gerdau GGBR4 13,44%

Fonte: Trading View

É importante destacar que as ações citadas no artigo não são recomendações de compra nem necessariamente expressam a opinião dos especialistas da Toro Investimentos. 

Antes de terminar, caso queira conhecer as recomendações dos especialistas da Toro, acesse o link abaixo ou confira a carteira recomendada para o julho no próximo tópico deste artigo.

Invista nas ações com maior potencial para crescer e surpreender Tenha a carteira exclusiva dos Pioneiros da Bolsa