Com a popularização das plataformas de investimento e recorde de ingresso das pessoas físicas na Bolsa de Valores, a profissão de Assessor de Investimentos tem ganhado espaço no mercado pela alta demanda. Além disso, os influencers e a produção de conteúdo proporcionam que mais e mais pessoas se interessem pelos assuntos de finanças e investimentos pessoais.

Dados da Ancord (Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias) revelam que o número de Assessores passou dos 11 mil em todo o país no final de 2020, 27,8% a mais em relação ao ano anterior.

Mas quem é esse profissional e o que ele faz por seus clientes? É isso que vamos abordar no artigo de hoje. Você vai conhecer como trabalham os Assessores e de que maneira eles ajudam os clientes no mundo dos investimento e os auxilia a alcançar o sucesso. Vamos lá?


Nova call to actionAproveite o jeito mais fácil de investir agora mesmo Faça seu cadastro grátis na Toro

O que é a Assessoria de Investimentos?

A Assessoria de Investimentos é uma equipe de especialistas que trabalha focada em ajudar os clientes, sejam empresas ou pessoas físicas, a montar uma carteira de investimentos compatível com o seu perfil de investidor, seus objetivos e seu planejamento financeiro para a vida, focando especialmente no longo prazo.

Além de ajudar a montar uma estratégia de investimentos personalizada, o foco da Assessoria é construir uma relação focada na transparência e na facilidade para que o cliente consiga obter a melhor alocação de portfólio e a melhor rentabilidade para alcançar seus sonhos por meio dos investimentos mais adequados.

Falando em carteiras de investimento e antes de entrarmos nos detalhes do assunto principal, confira um vídeo especial que preparamos sobre o tema:

Veja como montar uma carteira diversificada com ETFs, BDRs, FIIs  Assista aulas grátis

Quem são os Assessores de Investimentos?

Os Assessores de Investimentos, portanto, são os profissionais certificados e capacitados para estudar o mercado e a economia, entender a realidade dos seus clientes e estreitar o relacionamento com o objetivo de auxiliá-los na elaboração de uma carteira de investimentos que vá em direção ao que o cliente almeja ao investir.

Os Assessores podem trabalhar para instituições financeiras como as corretoras ou ainda de maneira autônoma. Contudo, a maioria dos Assessores do mercado está ligada de alguma forma a uma corretora de investimentos, o que é obrigatório para exercer a função.

Para ser um Assessor Autônomo de Investimentos (AAI), o profissional precisa ser certificado pela Ancord. Já os Assessores que trabalham dentro das corretoras devem possuir certificação da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). 

O que faz um Assessor de Investimentos?

Trabalhando de modo muito mais próximo ao cliente − ao contrário do antigo e distante gerente de banco −, os Assessores desenvolvem o conhecimento sobre economia e sobre o mundo dos investimentos de Renda Fixa e Variável para auxiliar seus clientes na elaboração e manutenção de uma carteira de investimentos eficaz, sobretudo para o longo prazo.

Eles são responsáveis por estabelecer e estreitar o relacionamento com as pessoas físicas ou jurídicas que atendem para sugerir estratégias de alocação e diversificação dos recursos dos clientes em uma carteira de investimentos alinhada ao seu perfil e necessidades.

Assessor x Analista de Investimentos: qual é a diferença?

A princípio, é comum que, para uma pessoa leiga, os conceitos podem levar a entender que Analista e Assessor de Investimentos são a mesma coisa. Mas é preciso ter cuidado com essa conclusão e com as atribuições de cada um.

O Analista de Investimentos, na verdade, é o profissional que trabalha com o estudo de empresas e do mercado, realizando análises, leituras e interpretações de balanços, tendências, cenários macro e microeconômicos para recomendar ou não a compra/venda de ações e outros ativos financeiros, como ETFs, Fundos de Investimentos, produtos de Renda Fixa, etc.

O Assessor de Investimentos, por sua vez, não realiza recomendações de compra ou venda de ativos específicos, mas sugestões de alocação de carteira, bem como identifica falhas na diversificação e oportunidades que poderiam ser aproveitadas por meio da adaptação do portfólio dos clientes de modo que estejam mais alinhados com os seus objetivos de vida e apetite por risco. 

Para fazer essas sugestões citadas, os Assessores de Investimentos também consideram a situação do mercado e da economia, bem como as recomendações dos Analistas. Por isso, é primordial que exista uma proximidade entre os dois profissionais.

Como o Assessor de Investimentos traz resultados?

O Assessor de Investimentos exclusivo na Toro é o profissional que faz a ligação do mercado à vida financeira do cliente. Ele é capaz de entender o que acontece na sua realidade para fazer a ponte entre o comitê de alocação e os investimentos mais adequados.

Claro que esse profissional, para realizar este tipo de trabalho, segue alguns princípios e ações fundamentais, tais como:

  • Transparência: mostrar os detalhes dos custos, rentabilidade e adequação ao perfil de risco e objetivos.
  • Projeto de vida personalizado: alinhar as expectativas de rentabilidade do cliente com o que é possível alcançar com uma estratégia de investimentos personalizada. Nessa etapa, também são explicadas as razões de cada uma das estratégias adotadas.
  • Implementação: com a definição da estratégia e com a aprovação do cliente, as alocações são rápida e facilmente implementadas.
  • Relacionamento e assessoria constante: avaliação da carteira de investimentos do cliente e como ele pode ser guiado ao sucesso nas aplicações.

A proximidade da Assessoria de Investimentos da Toro com o time de Análise permite que os assessores identifiquem melhores produtos, detectem oportunidades interessantes e proponham as melhores aplicações para os clientes. 

Na Toro Investimentos, com uma carteira a partir de R$5.000 você já conta com a equipe de Assessores e Analistas, composta por profissionais certificados com a CPA-20, CNPI e CFP®.

Por fim, como dissemos, o foco do trabalho do assessor é no longo prazo. Com a manutenção do relacionamento entre cliente e Assessor, é essencial ainda que ele identifique mudanças na vida  do cliente que fazem com que sua carteira de investimentos demande adaptação ou realocações de risco, prazo ou tipos de investimento.

Quer conhecer mais sobre a Assessoria de Investimentos da Toro? Veja o vídeo abaixo que detalha como funciona esse trabalho aqui na corretora:

O jeito mais fácil de investir é na Toro Cadastre-se grátis e comece agora mesmo