Uma das formas bastante rentáveis de se investir a longo prazo, e que podem apresentar um risco mais reduzido, é investido em boas empresas que pagam dividendos. Nos últimos anos, uma das companhias muito procurada pelos investidores que pretendiam aplicar com este objetivo foi a Vale. Através de suas ações VALE3, dividendos e juros sob capital próprio eram um chamariz para os investidores.

Por isso, neste texto vamos mostrar a distribuição de Juros sobre Capital Próprio (JCP) e dividendos da VALE3 previstos para 2019, bem como o histórico dos últimos anos, a diferença entre os dois tipos de proventos e o atual cenário das ações VALE3.

VALE3 - Dividendos e Juros sobre Capital Próprio 2019

Atualmente, os pagamentos de proventos, sejam eles JCP ou dividendos VALE3, foram todos suspensos, assim como a remuneração variável dos executivos da companhia e outros fatores.

A razão deste bloqueio, assim como de outras medidas tomadas pela VALE é intituladas de “medidas de governança”, foi a tragédia ocorrida com o rompimento da barragem de Brumadinho em janeiro deste ano.

O bloqueio de pagamentos é por tempo indeterminado, e a companhia mantém esforços e recursos em prol da assistência aos familiares das vítimas de Brumadinho.

Portanto, se o seu interesse é investir em empresas que paguem dividendos, a companhia pode não ser uma boa opção neste momento.


Veja as melhores ações para investir em dividendos hoje.
Acesse grátis

VALE3 - Dividendos e Juros sobre Capital Próprio 2018

Embora o ano de 2019 esteja desafiador para a companhia e negativo em termos de distribuição de proventos, 2018 foi um ano interessante nesse sentido.

Para base de comparação, o lucro líquido apresentado no ano de 2018 pela Vale foi de R$25,77 bilhões, um expressivo aumento de 45,8% quando comparado aos R$17,67 bilhões registrados em 2017.

Deste montante, a empresa distribuiu o valor de R$1,81 por ação em dividendos VALE3 em 2018. Sendo assim, o investidor que possuía um lote mínimo de 100 ações neste período, recebeu um valor equivalente de R$181,00 em proventos.

Veja abaixo a tabela de distribuição de JCP e dividendos da Vale em 2018:

Data da Divulgação Data do início do pagamento Valor distribuído por ação Tipo de provento
25/07/2018 20/09/2018 R$1,31 JCP
25/07/2018 20/09/2018 R$0,17 dividendos

Fonte: R.I. Vale.


Histórico de dividendos VALE3

Agora que você já sabe a expectativa para este ano e como foi a distribuição de JCP e dividendos VALE3 em 2018, vamos observar o histórico de proventos da Vale ao longo do tempo.

Para avaliar o total de lucros distribuídos pela Vale ano a ano, é preciso utilizar um indicador chamado Dividend Yield (DY). O DY é a relação entre o valor total de lucro distribuído em relação ao valor da ação. Ou seja, qual é o percentual de lucro que cada ação proporcionou em proventos.

Por exemplo: se os dividendos VALE3 pagos em 2018 tivessem sido no valor de R$1,00, e o preço da ação estivesse em R$20,00, então o DY seria de 5%. Dessa forma, para cada ação que você tivesse comprado a R$20,00, você teria recebido R$1,00 em lucros distribuídos.

Levando em conta esta lógica, veja abaixo o histórico de Dividend Yield da Vale:

vale3-dividendos-dividend-yield


Além do Dividend Yield, também podemos avaliar o histórico nominal dos lucros distribuídos pela Vale ao longo do tempo. Ou seja, somando o valor que a companhia distribuiu em dividendos e JCP, em reais, destacamos o histórico abaixo.

vale3-dividendos-jcp


Como você pode ver, apesar da mudança na distribuição de JCP e dividendos VALE3 em 2019, a companhia tem um histórico de bons pagamentos. Mas é importante lembrar que uma rentabilidade do passado não garante que essa rentabilidade se repetirá no futuro.

Para fazer um bom investimento, é fundamental saber a hora certa de comprar e vender as ações. Por isso, é importante basear sua estratégia de investimento e suas escolhas em análises bem fundamentadas e feitas por profissionais.

Na Toro, além de conferir a análise completa das ações da Vale, você também pode conferir quais são as ações mais recomendadas para quem deseja investir em dividendos hoje, indicando os melhores ativos para receber proventos neste momento.


Veja as melhores ações para investir em dividendos hoje.
Acesse grátis

Dividendos x Juros sobre Capital Próprio: entenda as diferenças

Conforme a lei chamada de Lei das Sociedades Anônimas, as empresas brasileiras que possuem capital aberto, ou seja, que estão na Bolsa de Valores, devem distribuir ao menos 25% do seu lucro líquido aos acionistas. A forma de distribuição fica a critério das empresas e costuma ser, em sua maioria, de dois tipos: o JCP e dividendos. A diferença básica entre ambos se reside na tributação.

Enquanto dividendos são livres de impostos, ou seja, o investidor não paga IR, o JCP possui tributação de 15% retido em fonte.

Apesar disso, se engana quem acredita que os dividendos são mais rentáveis que o JCP. No intuito de estimular o mercado, o Governo concede o benefício fiscal do JCP à empresa, tendo o provento computado como despesa financeira. Esse benefício pode levar a uma possibilidade de distribuir mais dinheiro quando comparado aos dividendos.

Entretanto, tal bonificação via JCP é limitada a um valor máximo correspondente à TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo), que é uma taxa referência utilizada no mercado para financiamentos de longo prazo. Já via dividendos não há limitação.

Ou seja, os dois tipos de lucros distribuídos pelas empresas possuem vantagens e desvantagens. Portanto, para escolher as empresas onde investir com o objetivo de receber lucros, é preciso analisar além da tributação. Na Toro, você já encontra as empresas mais promissoras separadas em uma categoria de investimento em Dividendos.


Quer saber as melhores ações para investir em dividendos?
Acesse grátis