O Morning Call da Toro Investimentos traz para você, logo no começo do dia, as principais notícias que vão mexer com os mercados e que serão úteis para investidores e traders. Veja como foi o dia anterior na Bolsa de Valores, a agenda econômica do dia, o que foi destaque nas últimas 24 horas e o que está na pauta nas cenas política, financeira, corporativa e internacional.

Como foi o último pregão?

Nesta quarta-feira (26), o Ibovespa chegou aos 123.989 pontos, alta de 0,81%. Segundo a economista da Toro Investimentos, Thayná Vieira, o dia na Bolsa foi marcado pelo alívio gerado no exterior diante da fala das autoridades do Fed, que amenizaram os temores em relação a uma possível mudança na política monetária do Banco Central Americano no curto prazo. Além disso, os aumentos apresentados pelas ações dos bancos e da Vale também beneficiaram o índice acionário brasileiro.

Maiores altas: AZUL4 (+11,31%), GOLL4 (+7,15%) e LWSA (+6.74%)

Maiores baixas: SUZB3 (−3,77%), COGN3 (−3.12%) e BIDI11 (−2.59%).

Fonte: B3

O dólar, por sua vez, encerrou o dia em queda de 0,46%, na casa dos R$ 5,3128. Nas negociações da moeda pesaram, de acordo com a agência Reuters, novos recursos de exportadores, iniciado nas últimas semanas, e que até então estavam parados no exterior.

Quais são as melhores ações para investir hoje? Acesse grátis e descubra

Calendário econômico - agenda do dia

  • Autoridades do Banco Central Europeu discursam na Zona do Euro. 
  • No Brasil, ocorre a reunião do Conselho Monetário Nacional. O último boletim Focus foi divulgado recentemente e, nessa edição, houve elevação para 5,24% da estimativa de inflação para 2021 e crescimento maior para o PIB: 3,52%. O documento completo pode ser visualizado CLICANDO AQUI.
  • O IBGE divulgou volume de desemprego no Brasil e a taxa chegou aos 14,7% no 1º trimestre, alcançando 14,8 milhões de brasileiros. 
  • Nos EUA, será divulgado o resultado do PIB do primeiro trimestre de 2021. Os números de pedidos de seguro-desemprego também estão na agenda do mercado americano.

No que você precisa ficar de olho hoje?

Veja abaixo o que aconteceu nas últimas 24 horas e quais assuntos estarão entre os mais comentados de hoje:

Cena política

  • A CPI da Covid prossegue com o depoimento do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas.
  • Os deputados federais aprovaram ontem, na Câmara, a MP 1021/20, que aumentou o salário mínimo para R$ 1.100, valor em vigor desde janeiro.
  • O ministro da saúde, Marcelo Queiroga, comentou sua preocupação com uma possível terceira onda da pandemia, sobretudo com a presença da cepa indiana.

Cena econômica

  • A dívida pública federal recua 2,92% em abril, comunicou a Agência Brasil. A redução se deu, principalmente, ao vencimento de títulos pré-fixados.
  • IBRE/FGV aponta que o Índice de Confiança da Indústria sobe em maio, recuperando a queda de abril. 
  • A nova regra do cheque especial fez com que brasileiros economizassem cerca de R$10 bilhões em juros, segundo o Banco Central. A nova regra impõe um limite de 8% ao mês. 
  • O Banco Central divulgou, nesta quinta-feira, uma nota com os principais dados do setor externo à imprensa.  
  • Em discussão sobre a privatização, os Correios divulgaram que a companhia gerou lucro de R$ 102, milhões em 2020.
  • Uma pesquisa da Fiesp/Ciesp aponta que as vendas das indústrias de São Paulo deve crescer 10% este ano.
  • Em abril, a Balança Comercial registrou superávit de US$ 5,7 bilhões.

Cena corporativa

  • A Petrobras Bolívia teve suas contas bloqueadas devido a disputas jurídicas sobre a área de um dos seus campos de gás no país. 
  • As ações de companhias aéreas AZUL4 e GOLL4 estiveram entre as principais altas do Ibovespa ontem, ainda repercutindo o interesse da Azul em buscar apoio para adquirir a Latam
  • A Eletrobras (ELET3) divulgou, por fato relevante, a compra da Companhia Estadual de Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-T).
  • A Simpar (SIMH3) aprovou um aumento de capital de R$ 270 mil.

Cena internacional

  • Em São Paulo, o aeroporto de Congonhas vai impor uma barreira sanitária a fim de detectar possível entrada da cepa da Índia (B.1.617) do novo coronavírus. O Ministério da Saúde confirmou ontem 7 casos da variante  indiana no Brasil: um na capital paulista e os demais no Maranhão. De acordo com a OMS, a cepa é mais contagiosa e diminui a eficácia das vacinas da Astrazeneca e Pfizer.
  • O presidente dos EUA, Joe Biden, solicitou um relatório aos serviços de inteligência, em até 90 dias, sobre a origem do SARS-CoV-2, causador da pandemia atual.
  • Minério de ferro volta a subir depois de tensões recentes sobre a fiscalização do mercado na China. 
  • As Bolsas mundiais preveem um dia de cautela espera dos dados do PIB nos EUA. 
  • A Amazon anunciou a aquisição do estúdio de filmes MGM por US$ 8,45 bilhões. 
  • O petróleo tem baixas com a preocupação sobre o retorno do Irã ao mercado
  • Reportagem do Valor destaca que os juros baixos e maior acessibilidade estão facilitando com que os brasileiros aloquem recursos no exterior. 

Como acompanhar o mercado ao vivo hoje?

Para acompanhar o andamento do dia e toda a movimentação do mercado financeiro, a dica é acompanhar nossa sala de Day Trade ao vivo. De segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, nossos Analistas acompanham o mercado, comentam sobre as principais mudanças nesse cenário e ainda tiram suas dúvidas. 

Para quem opera Day Trade, é a oportunidade de participar de uma sala com outros traders, fazer networking e não perder os principais tradings do dia. Por outro lado, para quem deseja ficar por dentro de todas novidades do mundo dos investimentos, é a chance de ter uma fonte confiável de informações. 

Clique no link abaixo e participe grátis da nossa sala de mercado ao vivo:

Descubra os 3 pilares de um trader de sucesso Aprenda grátis agora


O dinheiro em imagens

O gráfico abaixo mostra os principais produtos de importação de cada país.

Fonte: Howmuch

Cursos, e-books, vídeos, relatórios… tudo isso grátis para você Acesse agora

Nova call to action