O Morning Call da Toro Investimentos traz para você, logo no começo do dia, as principais notícias que vão mexer com os mercados e que serão úteis para investidores e traders. Veja como foi o dia anterior na Bolsa de Valores, a agenda econômica do dia, o que foi destaque nas últimas 24 horas e o que está na pauta nas cenas política, financeira, corporativa e internacional.

Como foi o último pregão?

Ibovespa

Ontem (16), o Ibovespa teve queda de 0,64% e encerrou o pregão aos 129.259 pontos. O índice abriu com uma perna de alta até pouco depois do meio-dia seguida por um momento sem tendência definida até por volta das 15h, quando saíram as decisões nos EUA sobre a política monetária e o FOMC decidiu manter os juros, antecipando para 2023 a projeção de subi-los.

Desempenho do Ibovespa em 16 de junho de 2021

Fonte: Trading View

A queda foi amortecida pela alta dos bancos (Santander, Itaú, Itaú SA e Bradesco), da B3 e da Petrobras. Por outro lado, Vale (−3,00%) e Weg (−1,78%), que são outras com peso relevante no índice, caíram.

Também predominou a expectativa sobre a decisão do Copom de aumentar, após o pregão, a Selic para 4,25% ao ano. A reação à decisão da política monetária nacional será observada hoje. No pregão de ontem, entre as altas e baixas, os destaques foram:

🔼 Maiores altas do Ibovespa  🔽 Maiores baixas do Ibovespa
BIDI11 (+5,49%) GGBR4 (−5,10%)
SULA11 (+3,23%) CSNA3 (−4,72%)
ITUB4 (+1,99%) EMBR3 (−4,40%)
CVCB3 (+1,95%) BPAR3 (−3,61%)
HGTX3 (+1,74%) GOAU4 (−3,46%)

Quais são as melhores ações para investir hoje? Acesse grátis e descubra

Índices internacionais

No dia anterior, os principais índices dos mercados internacionais tiveram o seguinte fechamento:

Índice Variação (%)
Flag: United States on Twitter S&P 500 −0,54%
Flag: United States on Twitter Nasdaq −0,24%
Flag: United States on Twitter Dow Jones −0,77%
Flag: Germany on Twitter  Dax −0,12%
Flag: United Kingdom on Twitter FTSE 100 +0,17%
Flag: European Union on Twitter Eurostoxx +0,20%
Flag: China on Twitter Xangai +0,21%
Flag: Japan on Twitter Nikkei 225 −0,93%

Fonte: Trading View

Câmbio e Bitcoin

No mercado de câmbio e criptomoedas, os dados de fechamento de ontem foram:

Moeda Variação (%) Cotação
Dólar comercial +0,34% R$ 5,060
Euro −0,59% R$ 6,077
Libra −0,35% R$ 7,075
Bitcoin* +1,24% R$ 200.188,547

Fonte: Trading View e Portal do Bitcoin 
*Cotação do Bitcoin no momento da publicação deste conteúdo

Nova call to action

Calendário econômico e agenda do dia

Flag: United States on JoyPixels

EUA

  • Nos EUA, saem dados dos pedidos iniciais e contínuos por seguro-desemprego e índices do Fed Filadélfia: atividade industrial, condições empresariais, relatório de empregos e outros.
  • Janet Yellen, secretária do Tesouro dos Estados Unidos, discursa nesta quinta-feira.

Flag: European Union on JoyPixels Zona do euro

  • Na zona do euro, saem dados do licenciamento de veículos na Itália, Alemanha e França. Fora da UE, o mesmo ocorre no Reino Unido.
  • Hoje, também são divulgados dados da Balança Comercial de Itália e Espanha.
  • Está marcado para hoje, ainda, mais um encontro do Eurogrupo, uma reunião informal dos ministros das Finanças dos Estados-Membros da União Europeia.
  • Por fim, serão divulgados dados do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de maio e seu acumulado anual, bem como o nível de produção do setor de construção.

Flag: Switzerland on JoyPixels Suíça

  • Na Suíça, saem dados da Balança Comercial e da Taxa Interbancária de Juros. Há também uma coletiva de imprensa do Banco Central do país.

Flag: China on JoyPixels China

  • Na China, o único destaque é o PCSI da Thomson (Índice Primário de Sentimento do Consumidor).

Flag: Japan on JoyPixels Japão

  • No Japão, são aguardados os dados do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de maio e seu acumulado anual.

No que você precisa ficar de olho hoje?

Veja abaixo o que aconteceu nas últimas 24 horas e quais assuntos estarão entre os mais comentados de hoje:

Cena política e local

  • [Valor Investe] A presidência da República prevê um novo programa social - Bolsa Família - de R$300 e novas parcelas do auxílio emergencial.
  • [G1] O Senado tenta votar, nesta quinta, a MP que viabiliza a privatização da Eletrobras. O portal de notícias afirma que não há consenso na proposta. 
  • [CNN Brasil] O Brasil está na 57ª posição entre 64 países no Anuário de Competitividade Mundial elaborado pelo IMD World Competitiveness Center. O país caiu uma posição.

Cena econômica

  • [BACEN] Na reunião realizada ontem, o Copom decidiu por aumentar a taxa Selic para 4,25%. Repercussão nos jornais:
  1. "Pressão da inflação leva Copom a aumentar taxa básica de juros de 3,5% para 4,25% ao ano" - G1
  2. "BC mantém ritmo e eleva taxa Selic a 4,25%" - Valor Econômico
  3. "Copom sobe Selic aos 4,25% ao ano, e indica nova alta de, no mínimo, 0,75 ponto" - Valor Investe
  4. "BC eleva Selic em 0,75 ponto e abandona 'normalização parcial'" - Reuters/Investing
  5. "Copom eleva Selic em 0,75 ponto, para 4,25% ao ano, e juro volta a patamar pré-pandemia" - Folha de S. Paulo
  6. "Com disparada da inflação, BC eleva juros ao nível de antes da pandemia; Selic fica em 4,25%" - Estado de S. Paulo
  7. "Com nova alta de 0,75 ponto, Copom eleva taxa Selic para 4,25% ao ano" - CNN Brasil 
  • [Agência Brasil] Algumas entidades industriais, como a Firjan e a CNI, comentaram a decisão de aumento da Selic. 
  • [BACEN] O Banco Central anunciou leilões de swap cambial tradicional para rolagem dos contratos que vencem em setembro desse ano.
  • [FGV/IBRE] A inflação medida pelo IPC-S da FGV da segunda quadrissemana de junho subiu 0,72%. Em 12 meses, a alta é de 8,37%. Pesou na apuração do índice principalmente a tarifa de eletricidade residencial. 
  • [FGV/IBRE] Também medido pela FGV, o IGP-10, teve alta de 2,32% em junho. O índice, agora, tem alta de 36,94% em 12 meses. Outros índices importantes também foram medidos para este mês: 1) Índice de Preços ao Produtor Amplo - IPA (+2,64%); 2) Índice de Preços ao Consumidor - IPC (+0,72%) e 3) Índice Nacional de Custo da Construção - INCC (+2,81%).
  • [FGV/IBRE] O Monitor do PIB-FGV aponta retração de 0,7% em abril. 
  • [Valor Econômico] Jornal aponta que o Bacen e o FED estão sinalizando ajustes mais duros contra a subida dos preços.
  • [G1] Para os analistas ouvidos pelo portal, o Copom subiu o tom e deixou espaço para novas e mais rápidas altas na Selic.
  • [G1/Reuters] O Ministério da Agricultura informou que o volume de exportações de produtos do agro subiu 33,7% em maio, comparando com o mesmo período do ano passado. O valor de US$13,94 bilhões é o maior desde 1997.
  • [IPEA] Instituto divulga pesquisa em que constata que os rendimentos efetivos dos trabalhadores sofreram redução de 2,2% no primeiro trimestre.
  • [Reuters] Os contratos futuros da soja caíram ao menor patamar em dois meses. 

Cena corporativa

  • [Valor Econômico] Jornal repercute as aquisições da Monetus e Mobills pela Toro Investimentos. 
  • [Valor Investe] "Toro, plataforma do Santander, compra fintechs Mobills e Monetus". Portal traz detalhes das recentes aquisições da Toro Investimentos. 
  • [Rádio Itatiaia] Os deputados do estado de MG protocolaram um pedido de abertura de CPI para investigar possíveis ilegalidades na Cemig (CMIG4). 
  • A Qualicorp (QUAL3) comunicou ao mercado a aquisição da carteira de planos da Unimed Natal que possui cerca de 7,9 mil vidas atendidas.
  • A Ultrapar (UGPA3) veio à público confirmar que se encontra em negociação exclusiva com a Indorama Ventures PLC para eventual venda de sua subsidiária Oxiteno, mas que ainda não há nada formalizado entre as partes.
  • A Odontoprev (ODPV3) alertou seus acionistas sobre a atualização do valor do pagamento de JSCP para R$0,025707 por ação devido ao Programa de Recompra.
  • A Odontoprev (ODPV3) também informou a aquisição de 100% do capital da Mogidonto Planos Odontológicos e da Boutique Dental, ambas de Mogi das Cruzes (SP).
  • A Cia Energética de São Paulo (CESP6) comunicou que a Squadra aumentou a sua participação acionária na companhia para o equivalente a 15,16% das ações preferenciais.
  • A AES Tietê (AESB3) informou ao mercado as regras para o leilão de frações de suas ações ordinárias. 
  • A Positivo Tecnologia (POSI3) anunciou que a empresa foi eleita membro do Conselho de Administração do DMTF, um dos mais importantes fóruns mundiais de tecnologia.
  • A Hidrovias do Brasil (HBSA3) notificou o mercado sobre o aumento da participação do fundo Verde Asset Management na companhia para o equivalente a 5,01% das ações. 
  • A Linx (LINX3) soltou um Fato Relevante sobre a aprovação do CADE da combinação de negócios com a Stone. A empresa também validou a distribuição de dividendos intermediários no valor de R$0,56789 por ação.

Cena internacional

  • [G1] O Federal Reserve (FED), em anúncio feito ontem, manteve inalteradas as suas taxas de juros no piso entre 0% e 0,25%. Além disso, a autoridade adiantou para 2023 as primeiras projeções de altas nos juros.
  • [The Washington Post] O Fed estima que a inflação crescerá mais rápido do que o projetado há apenas 3 meses e eleva as expectativas de aumento das taxas.
  • [Financial Times] Ações globais caem após Fed sinalizar política monetária mais rígida.
  • [The Wall Sreet Journal] Global Markets balançam e dólar estende rally sobre a perspectiva da taxa do Fed.
  • [Valor Econômico] China intensifica medidas para segurar a recente alta nas cotações de commodities. 
  • [Valor Econômico] Americanos e russo vão retomar negociações diretas, informa o Valor. A reportagem destaca a cúpula entre os líderes das duas nações, Biden e Putin. Além disso, as autoridades aceitaram negociar a segurança em espaços cibernéticos.
  • [Clarín] A inflação na Argentina em maio foi de 3,3%, menor que em abril (4,1%). O jornal destaca que isso se deve a razões muito pontuais. 

Como acompanhar o mercado ao vivo hoje?

Para acompanhar o andamento do dia e toda a movimentação do mercado financeiro, a dica é acompanhar nossa sala de Day Trade ao vivo. De segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, nossos Analistas acompanham o mercado, comentam sobre as principais mudanças nesse cenário e ainda tiram suas dúvidas. 

Para quem opera Day Trade, é a oportunidade de participar de uma sala com outros traders, fazer networking e não perder os principais negócios do dia. Por outro lado, para quem deseja ficar por dentro de todas as novidades do mundo dos investimentos, é a chance de ter uma fonte confiável de informações. 

Clique no link abaixo e participe grátis da nossa sala de mercado ao vivo:

Descubra os 3 pilares de um trader de sucesso Aprenda grátis agora

O dinheiro em imagens − gráfico do dia:

O gráfico abaixo, divulgado na Pesquisa de Economia Bancária e Expectativas, elaborada pela Febraban, mostra a perspectiva da entidade com a taxa de juros (Selic) e com o câmbio nas próximas reuniões do Copom. 

Taxa Selic e Taxa de câmbio

Fonte: Febraban

Cursos, e-books, vídeos, relatórios… tudo isso grátis para você Acesse agora

Nova call to action