Cadastre-se grátis

Quanto rende 1 milhão de reais na Poupança? Confira!

Quanto rende 1 milhão de reais na Poupança por mês? Para responder essa pergunta, basta considerar o dividend yield ou o quanto rende o investimento em que seu milhão está aplicado. Por exemplo, um rendimento líquido (descontando os impostos) de 1% ao mês retornaria R$10.000 mensais. Receber mais ou menos rendimentos vai depender da gestão dos seus investimentos e das condições do mercado financeiro.


Você já pensou em viver de renda? Se você quer saber quanto rende 1 milhão na Poupança por mês e por ano, se é um bom investimento ou onde investir para render mais, neste texto responderemos essas questões e abordaremos outros tópicos importantes para você investir melhor o seu dinheiro.

A seguir você poderá conferir como chegamos a estes resultados e como você pode calcular a rentabilidade do seu futuro investimento. Vamos lá?

Quanto rende 1 milhão na Poupança?

A seguir, destacamos na tabela o rendimento absoluto de 1 milhão na Poupança em reais anualmente nos últimos 10 anos.

Lembre-se: rendimento absoluto não considera o desconto da inflação. Então, preste bem atenção na diferença entre os valores absolutos e reais:

AnoRendimento absolutoRendimento real
2011R$ 1.074.502,90R$ 1.009.400,00
2012R$ 1.064.753,10R$ 1.006.300,00
2013R$ 1.058.149,50R$ 999.990,00
2014R$ 1.070.799,10R$ 1.006.700,00
2015R$ 1.080.739,10R$ 974.000,00
2016R$ 1.083.046,80R$ 1.020.100,00
2017R$ 1.066.140,90R$ 1.036.600,00
2018R$ 1.046.229,50R$ 1.008.700,00
2019R$ 1.042.576,30R$ 999.500,00
2020R$ 1.021.120,70R$ 975.900,00
2021R$ 1.024.837,30R$ 936.300,00
2022R$ 1.079.000,00R$ 1.020.000,00
2023R$ 1.083.200,00R$ 1.037.000,00
*rentabilidade passada não é garantia de ganhos futuros.

Percebe como a inflação pode tomar uma boa parte dos lucros? Por isso é tão importante se abrir para outras oportunidades do mercado financeiro.

E um primeiro passo para fazer isso é aprender mais sobre as modalidades disponíveis e como cada uma delas para te ajudar a elevar seus investimentos a outro patamar.

Quanto rende a Poupança hoje?

Uma pergunta recorrente que as pessoas se fazem quando vão decidir onde aplicar seu dinheiro é o quanto rende 1 milhão na Poupança.

Mas, antes de demonstrar o quanto rende, falaremos um pouco das regras da caderneta, que são basicamente dois pontos:

  • Quando a taxa Selic (taxa básica de juros da economia brasileira) estiver acima de 8,5% ao ano, a Poupança renderá ao mês 0,5% + a Taxa Referencial, que é um indicador calculado pelo Banco Central utilizado para corrigir diversos investimentos.
  • Quando a taxa Selic estiver abaixo de 8,5% ao ano, o rendimento da Poupança será 70% da própria Selic mais a Taxa Referencial.

Decidir onde investir o dinheiro pode ser confuso devido às diversas taxas e números envolvidos. Por isso, é essencial realizar um cálculo preciso da rentabilidade dos investimentos.

Com a Calculadora de Rendimento da Poupança da Mobills, é possível calcular o ganho exato da caderneta, informando o valor do investimento, os aportes mensais, a taxa e o período de tempo desejado.

Faça um cálculo agora mesmo:

Como todas as novas aplicações feitas na Poupança hoje seguem o novo cálculo de rentabilidade, podemos dizer que a Poupança não é a melhor alternativa para fazer seu dinheiro se multiplicar.

No entanto, ela pode sim ser considerada uma porta de entrada para o mundo dos investimentos. Isso porque você pode acumular capital na Poupança, aplicando de pouco em pouco por um curto período, para depois escolher alternativas mais rentáveis.

Uma dessas alternativas, inclusive, pode ser investir em um título público vinculado ao Governo Federal, que é tão seguro quanto e tem a rentabilidade atrelada à própria Selic.

Qual é o rendimento real da Poupança?

Para saber quanto foi o rendimento real da Poupança, é necessário descontar do rendimento o valor da inflação do ano.

Por isso, para quem quer saber quanto rende 1 milhão de reais na Poupança, é importante saber qual o rendimento real dela.

Para se ter uma ideia de como fazer isso, a Poupança fechou o ano de 2023 com o rendimento de 8,03% ao ano. Porém, este é o valor nominal. Para saber a rentabilidade real da Poupança é preciso descontar a inflação.

Em 2023, a inflação acumulada foi de 4,62%. Assim, o rendimento real da Poupança no ano foi de 3,41%.

Ou seja, quem deixou o dinheiro parado na Poupança em 2023 teve um rendimento muito baixo em comparação com outros investimentos de Renda Fixa.

Por isso é tão importante ter atenção a outros indicadores e à situação econômica do país, pois assim você consegue tomar decisões que de fato podem valorizar seu dinheiro.

No gráfico a seguir,  mostramos o rendimento da Poupança nas últimas décadas, com base na calculadora do Banco Central e nos dados de inflação do IBGE:

Observando o retorno real, o que chama a atenção são os anos de 2021, 2020, 2015 e 2002, quando a rentabilidade real foi negativa, ou seja, quem tinha dinheiro aplicado na Poupança nestes períodos perdeu poder de compra.

O retorno real da Poupança em 2021, por exemplo, não só foi negativo como foi o pior desde 1990, quando registrou -22,44%.

Comparando com o CDI, o rendimento da caderneta, há muitos anos, é inferior. Veja a seguir:

Dá para viver de renda com 1 milhão de reais?

Sim! Em aplicações conservadoras ou uma carteira defensiva de bons Fundos Imobiliários e ações pagadoras de dividendos, é possível alcançar uma rentabilidade média de 0,5% ao mês, por exemplo. 

Considerando um patrimônio de R$ 1 milhão, o ganho mensal em proventos seria de cerca de R$5.000 reais.

Portanto, com uma renda passiva de R$5 mil, é possível viver bem dos rendimentos que seu R$1 milhão vão gerar.

É importante destacar ainda que é possível buscar maior rentabilidade com a ajuda de Assessores e Analistas de Investimentos da Toro, fazendo o dinheiro que você ganha sem trabalhar ser ainda maior.

Clique abaixo para saber mais:

Quanto eu ganho por mês se investir 1 milhão de reais em outros produtos?

Mesmo sabendo do baixo rendimento da Poupança, muitos brasileiros ainda mantém seu dinheiro na caderneta. E isso acontece por uma dúvida clássica: onde investir 1 milhão de reais com segurança e rentabilidade?

Existem diversas opções no mercado e o importante é conhecer as vantagens e desvantagens de cada uma delas, e encontrar aquelas que mais combinam com o seu perfil de investidor, seja com maior ou menor risco.

É importante calcular a quantia e prazo que você pretende investir, comparando quais as oportunidades mais rentáveis agora.

Neste artigo trouxemos alguns exemplos de onde investir 1 milhão de reais, mas, aqui na Toro, você também pode calcular gratuitamente. Clique aqui e veja agora mesmo.

Quanto rende 1 milhão de reais no Tesouro Direto?

Começando por um dos investimentos mais simples em Títulos do Governo, o Tesouro Selic, que tem uma rentabilidade superior ao da Poupança.

Destacamos que os títulos públicos são bastante seguros, uma vez que é o próprio governo que gera essa credibilidade, e a liquidez diária te permite sacar o investimento no dia útil seguinte à solicitação de resgate.

Na Poupança você teria deixado de ganhar mais de R$20.000. E mesmo pagando IR, você ainda receberia uma diferença mais interessante no Tesouro.

Por fim, fizemos uma simulação como se um investidor tivesse investido no Tesouro Selic do início de 2014 até o final de 2023. Confira os valores na tabela a seguir:

AnoTesouro Direto Selic
(aplicação de um ano)
Acumulado no tempo
a cada ano começando em 2014
2014R$ 1.109.043,54R$ 1.109.043,54
2015R$ 1.132.681,81R$ 1.256.193,44
2016R$ 1.140.185,74R$ 1.432.293,85
2017R$ 1.099.393,26R$ 1.574.654,20
2018R$ 1.064.287,61R$ 1.675.884,95
2019R$ 1.059.598,62R$ 1.775.765,38
2020R$ 1.027.578,16R$ 1.824.737,72
2021R$ 1.043.873,46R$ 1.904.795,28
2022R$ 1.123.909,89R$ 2.141.562,17
2023R$ 1.130.394,35R$ 2.420.809,76
*rentabilidade passada não é garantia de ganhos futuros.

Quanto rende 1 milhão de reais no CDB?

Um outro investimento da Renda Fixa que ganhou bastante adesão entre os investidores brasileiros e que apresenta uma boa rentabilidade é o CDB (Certificado de Depósito Bancário).

A rentabilidade varia de acordo com o tempo de resgate, existe desde o papel de liquidez diária, no qual você consegue sacar a qualquer momento, a opções com prazos maiores, que oferecem vencimentos em muitos anos.

Importante: a rentabilidade do CDB varia conforme o tempo de resgate, ou seja, prazos mais alongados têm rentabilidades maiores.

A seguir demonstramos como foi o comportamento de um CDB que remunera 110% do CDI de 2014 a 2023:

AnoCDB a 110% do CDI
(aplicação de um ano)
Acumulado ano a ano
2014R$ 1.119.039,94R$ 1.119.039,94
2015R$ 1.145.893,08R$ 1.282.913,08
2016R$ 1.155.021,17R$ 1.482.647,43
2017R$ 1.109.704,33R$ 1.645.300,27
2018R$ 1.070.566,66R$ 1.761.403,61
2019R$ 1.065.549,36R$ 1.877.370,78
2020R$ 1.030.292,63R$ 1.934.604,87
2021R$ 1.048.364,79R$ 2.028.338,26
2022R$ 1.137.112,22R$ 2.307.329,84
2023R$ 1.144.330,65R$ 2.640.348,26
*rentabilidade passada não é garantia de ganhos futuros.

Quanto rende 1 milhão na LCI e LCA?

Uma das formas de incentivar os mercados imobiliário e agrícola é via investimentos em LCI e LCA. Essas modalidades se destacam frente às outras por não incidir Imposto de Renda para as pessoas físicas.

Tais investimentos também apresentam uma rentabilidade em geral superior à Poupança. No quadro abaixo demonstramos essa rentabilidade nos últimos anos:

AnoLCI/LCA 95% CDIAcumulado ano a ano
2014R$ 1.102.315,00R$ 1.102.315,00
2015R$ 1.126.920,00R$ 1.242.220,82
2016R$ 1.133.570,00R$ 1.408.144,25
2017R$ 1.094.291,97R$ 1.540.920,96
2018R$ 1.061.002,92R$ 1.634.921,63
2019R$ 1.056.536,37 R$ 1.723.160,17
2020R$ 1.026.181,44 R$ 1.768.274,98
2021R$ 1.041.634,98R$ 1.841.897,08
2022R$ 1.117.366,09R$ 2.058.752,74
2023R$ 1.123.489,71R$ 2.312.987,53
*rentabilidade passada não é garantia de ganhos futuros.

Quanto rende 1 milhão na Letra de Câmbio (LC)?

Já outro investimento que pode ser considerado é a Letra de Câmbio, chamada também de LC. Tal investimento pode ter taxas melhores, mas requer a imobilização do capital por um tempo.

Assim, investimentos que tem prazos de resgate mínimos maiores, costumam oferecer taxas de rentabilidade mais interessantes.

Destacamos abaixo quanto rendeu R$ 1 milhão em uma LC com rendimento de 103% do CDI no período entre 2014 e 2023:

AnoLC 103% CDI
(aplicação de um ano)
Acumulado ano a ano
2014R$ 1.110.931,00R$ 1.110.931,00
2015R$ 1.137.608,00R$ 1.263.803,99
2016R$ 1.144.818,00 R$ 1.446.825,56
2017R$ 1.102.232,35R$ 1.594.737,94
2018R$ 1.066.140,01R$ 1.700.213,92
2019R$ 1.061.440,21R$ 1.803.941,67
2020R$ 1.028.417,10R$ 1.855.204,45
2021R$ 1.045.218,85R$ 1.939.094,66
2022R$ 1.127.854,48R$ 2.187.799,36
2023R$ 1.120.739,64R$ 2.272.521,31
*rentabilidade passada não é garantia de ganhos futuros.

Quanto rende 1 milhão na Bolsa de Valores?

Outro tipo de investimento disponível no mercado é o na Bolsa de Valores. Você provavelmente já ouviu falar sobre as oportunidades excelentes que este mercado oferece, certo?

Os investimentos em ações e outros ativos da Bolsa estão dia após dia conquistando mais investidores brasileiros.

Esse movimento pode ser explicado por duas vias:

  • Os rendimentos oferecidos na Renda Fixa estão cada vez menos atrativos ao longo do tempo, devido à queda da taxa Selic.
  • Instituições sérias que sabem a importância da educação financeira, como nosso time aqui na Toro Investimentos, estão engajadas em apresentar as vantagens da Bolsa de Valores e ensinar pessoas iniciantes a dominar este mercado da forma correta.

Assim, na tabela a seguir, destacamos o quanto rendeu R$1 milhão, conforme a rentabilidade do BOVA11, um ETF que segue o principal índice da Bolsa brasileira, no período de 2016 a 2023.

Em janeiro de 2016, R$ 1 milhão comprava 24.390 cotas do BOVA11. Então, desse modo:

AnoValorização do BOVA11
(aplicação de um ano)
Valorização acumulada ano a ano
2016R$ 1.000.000,00R$ 1.414.390,24
2017R$ 1.276.082,08R$ 1.414.390,24
2018R$ 1.143.243,24R$ 1.804.860,24
2019R$ 1.329.196,22R$ 2.063.394,00
2020R$ 1.028.012,45R$ 2.742655,50
2021R$ 877.941,18R$ 2.819.484,00
2022R$ 1.043.945,22R$ 2.584.120,50
2023R$ 1.249.425,07R$ 3.180.212,10

Percebe que R$ 1 milhão pode render mais em menos tempo na Bolsa de Valores? É claro que não podemos deixar de lembrar que o mercado de Renda Variável, como o próprio nome já indica, pode variar a rentabilidade de acordo com a dinâmica de mercado.

Além disso, você também também pode ganhar com os dividendos pagos pelas empresas, uma vez que se torna sócio delas.

Confira um vídeo abaixo sobre como encontrar as melhores pagadoras de dividendos do mercado:

Por fim, é importante saber bem o que está fazendo. O primeiro passo, inclusive, é aprender com profissionais capacitados e contar com a ajuda deles para aproveitar o melhor da Bolsa na hora certa.

Como viver de renda com R$1 milhão investidos?

Além disso, quem possui patrimônio de R$1 milhão ou mais imagina se esse montante é capaz de gerar renda passiva suficiente para manter o seu padrão de vida. Para descobrir isso, a conta é muito simples.

Com seus investimentos, o resultado da renda passiva virá do dividend yield, que é a remuneração em juros, dividendos e outros proventos que o capital principal gera. Lembrando, a fórmula do DY é:

Então, faça um cálculo médio para estimar quando a sua carteira gerou de DY em um ano. O resultado sempre será um valor percentual, por exemplo: 3%, 5%, 7%, 10% etc.

Com esse número, você descobrirá quanto o seu capital de R$1 milhão vai gerar por ano em renda passiva. Lembre-se de que esse valor será variável, de acordo com as características de sua carteira.

Confira um exemplo abaixo:

Fórmula: como viver de renda passiva com R$1 milhão

Inicialmente, é preciso calcular o DY anual médio da sua carteira. Para isso, some todos os valores que você recebeu em dividendos, juros sobre o capital próprio e outros proventos nos seus investimentos. Logo:

➡️ Dividend yield = total de proventos recebidos por ano ÷ patrimônio investido

Então, basta multiplicar esse valor por R$ 1 milhão, considerando a mesma carteira:

➡️ Renda passiva anual = dividend yield anual × 1.000.000 

Por exemplo, digamos que sua carteira gere 7,5% em proventos, dividendos e juros por ano. Portanto:

➡️ Renda passiva anual = 0,075 × 1.000.000 = R$ 75 mil

Logo, em uma carteira com retorno anual em proventos de 7,5%, R$ 1 milhão vai gerar R$ 75 mil por ano ou R$ 6.250 por mês.

Importante: isto é apenas um exemplo hipotético para entender o dividend yield, que varia de investimento para investimento. Não há como garantir qual será o DY no momento em que se investe e o os valores do passado podem não se repetir no futuro.

Os investimentos tem retornos variados no mercado financeiro, por isso, avalie qual é a remuneração que aumenta o seu dividend yield, considerando seu perfil de risco.

Além disso, é importante diversificar o portfólio para reduzir o risco geral das aplicações. No nosso exemplo, usamos um DY de 7,5%.

Porém, como você vai notar, há ações, Fundos Imobiliários, BDRs, títulos públicos e privados podem trazer uma remuneração maior do que isso, gerando renda passiva maior.

Veja outro exemplo na prática para viver de rendimentos dos seus investimentos.

Quanto rende R$1 milhão em Fundos Imobiliários (FIIs)?

Um dos principais mecanismos de geração de renda passiva do mercado são os Fundos Imobiliários (FIIs).

Para descobrir quanto rende R$ 1 milhão aplicados em FIIs, basta seguir o mesmo raciocínio que aprendemos no tópico anterior.

Primeiro, a fim descobrir o dividend yield da carteira de FIIs como um todo, basta somar todos os proventos e dividir pelo valor total da carteira de FIIs. Então, esse percentual multiplicado por R$ 1 milhão vai lhe dizer qual é a remuneração anual esperada considerando o DY atual dos FIIs.

A boa notícia é que os proventos dos FIIs são isentos de Imposto de Renda.

Lembre-se de que as remunerações mais altas também estão atreladas a riscos maiores no mercado.

Assim sendo, entenda as características high yield e high grade dos FIIs para decidir se eles estão coerentes com o seu perfil.

Confira, no gráfico abaixo, a rentabilidade dos dividendos pagos pelos Fundos Imobiliários que compõem o IFIX.

Como investir 1 milhão de reais do jeito mais fácil para poder render mais?

A essa altura do texto você já pode estar se perguntando como faz para investir em algum desses produtos que mostramos.

Para começar, você precisa ter conta aberta em alguma corretora de valores, bem parecido como você tem no seu banco para investir em Poupança.

Independentemente de quanto você possui para investir hoje, seja R$1 milhão ou não, saiba que existem oportunidades que cabem no seu bolso e podem render bem mais que a Poupança.

Outra dica essencial para quem quer ver seu dinheiro com muito mais chances de se multiplicar é construir uma carteira de investimentos vencedora.

Uma boa carteira, criada com ativos diversos como ações, Fundos de Investimento, e até mesmo ativos do exterior, vai te permitir ter mais chances de sucesso nos seus resultados e ainda suavizar os riscos ao longo do caminho, pois sabemos que o mercado é bastante dinâmico.

No entanto, entendemos que nem todas as pessoas possuem a expertise necessária para construir uma carteira bem equilibrada. Por isso, nós aqui da Toro liberamos essa facilidade para você gratuitamente.

Veja a seguir como é fácil ter a sua carteira e começar a investir com a ajuda de especialistas:

Que tal começar agora mesmo? Nosso time de experts já está te aguardando. Abra sua conta e aproveite esta e muito mais vantagens para explorar as melhores oportunidades do mercado.

Em quais ativos devo investir este ano?

Agora que você sabe quanto rende 1 milhão por mês na Poupança, quer descobrir em quais ativos investir neste ano?

Então confira um conteúdo especial que nosso time de Analistas preparou para você com as recomendações de BDRs, ações, Fundos de Investimentos, Renda Fixa e outros ativos para investir nos próximos 365 dias.

Desse modo, com a ajuda dos nossos experts, você pode investir nos melhores ativos do mercado, contar com análises aprofundadas e fazer tudo com Corretagem Zero. Se você ainda não tem conta na Toro, aproveite e faça o seu cadastro agora mesmo.

Deixe um comentário

Gostou do artigo? Deixe um comentário sobre o que achou do conteúdo!